XVI Bienal do RJ - Eu escrevi e participei do Concurso Cultural de Fan Fiction

Genteee!! Eu preciso dividir minha alegria com vocês. Pela primeira vez na vida tive coragem de inscrever um texto escrito por mim em um concurso. Desde quando soube desse concurso cultural de fanfiction que a Bienal estava promovendo fiquei me coçando para participar. Já tinha até bolado sobre o que ia escrever, mas deixei de lado, sabem.. com medo de passar vergonha, do meu texto não ser selecionado.

O prazo para o envio do conto era dia 25/08 às 23h59, e quando deu por volta das 21h me bateu um desespero e resolvi sentar e tentar escrever. E quem disse que a inspiração vinha?? Mas quando o primeiro parágrafo ficou pronto, a história fluiu!! Meu segundo desafio foi ser concisa, todos aqui sabem da minha dificuldade em ser sucinta. Pois bem, como conseguir escrever uma história com limitação de caracteres?? Argh!! No fim até que deu!! E agora estou participando e concorrendo a duas premiações. Os 20 melhores contos serão publicados numa Fanzine que circulará na Bienal, e os 3 melhores contos ganharão muitosss livros autografados de graça de autores que a comissão irá escolher! Iupi!! Os contos serão votados pelo público lá no Acampamento na Bienal. Os contos mais votados serão os vencedores. Depois conto para vocês se estarei ou não entre os 20 melhores. Torcendo os dedos, vai!

Sinceramente, óbvio que ia amar ser uma das contempladas, mas só por ter conseguido escrever já me sinto vitoriosa. Por mais que eu já escreva há algum tempo, essa foi minha primeira fanfiction e achei mega difícil de fazer. Não basta bolarmos uma ideia sobre um livro que gostamos e que achamos que deveria ser melhor desenvolvida. Temos que tentar entrar na mente da autora e pensar em como ela escreveria essa história. Como dar voz aos personagens que tanto amamos? Este foi meu terceiro desafio.

Bom, dito isso, aqui está o meu conto, inspirado, naturalmente, no livro Como Salvar um Vampiro Apaixonado da Beth Fantaskey. Vocês também podem lê-lo diretamente no site do Acampamento na Bienal. Se puderem, vão lá também e cliquem no botão de curtir e compartilhar no twitter ;o)

Leiam AQUI a resenha do livro Como se livrar de um vampiro apaixonado - Livro 01.

Leiam AQUI a resenha do conto O Casamento de Jessica e Lucius - Spin off - Livro 1,5.

Leiam AQUI a resenha do livro Como salvar um vampiro apaixonado - Livro 02. 

ALERTA! Este conto pode conter spoilers do três livros. Leiam por sua conta e risco! 

NOSSO FINAL FELIZ, por Mirelle Candeloro
Escrito em 25/08/2013

- Raniero, sou eu. Escute bem, pegue Mindy e venham já para cá! - Lucius exasperou ao telefone enquanto ia de um ponto ao outro do quarto arrumando nossas malas nervosamente. - Não, não estou brincando e não, não é uma ordem, é um pedido desesperado de um irmão. Flaviu descobriu, não sei como, e está reunindo uma turba para nos atacar e prender Jessica na masmorra. Preciso de você. - Ele implorou ao final, antes de encerrar a ligação. E Lucius não implora. Confesso que isso me deixou ainda mais apavorada do que a situação em si. As coisas estavam realmente ficando negras, por mais que Lucius estivesse tentando disfarçar ou minimizar nossos riscos. "Meus riscos".

Fui em sua direção com urgência e agarrei seu pulso, paralisando-o. Não conseguia dizer nada, meu coração parecia que ia explodir. Lucius me olhou, com aqueles olhos de ônix, sombrios e profundos. Mas desta vez via medo dentro deles, coisa que nunca imaginei que pudesse existir. Isso embrulhou meu estômago ainda mais. Aquele minuto de silêncio, enquanto nos olhávamos e dividíamos todas aquelas emoções, pareceu durar uma eternidade, até ser quebrado por seus fortes braços que me envolveram e me puxaram para si. Senti uma mão em minha barriga que me acarinhou docemente.

- Não vou deixar que nada aconteça com vocês Jessica. Nunca! Nem que para isso custe a minha existência. - ele sussurrou ao pé do meu ouvido firmemente.

Abracei-o ainda mais forte, certa de que o que ele dizia era verdade, mas temerosa quanto ao seu destino.

- Eles virão? - perguntei desconfiada.

- Sim, Raniero não me deixaria na mão. Tenho certeza disso. - afirmou.

- Coitada da Mindy, já não basta o que passou no último verão, pelo visto não terá descanso tão cedo. - disse num muxoxo.

- Pelo menos agora ela não correrá tantos riscos, sendo uma de nós. - ele ponderou.

- Não sei. Confesso que tenho medo. Ela é ainda muito inexperiente, não está acostumada com o mundo violento no qual vivemos. - disse incerta.

- Não se preocupe Jessica, a Mindy não é nenhuma garota ingênua. Ela sabia muito bem onde estava se metendo quando aceitou ser mordida pelo Raniero. Ela escolheu o seu destino e o selou com aquele beijo.

Nunca vou esquecer daquela ligação, feita no dia do Halloween, quando Mindy me confessou estar preparada para pedir para que Raniero a mordesse. É óbvio que fiquei exultante, mas ao mesmo tempo preocupada com sua escolha, afinal, não sei se desejaria o fardo que carrego para mais ninguém, ainda mais uma mortal.

Mas Mindy estava tão feliz em seu casamento. Decidiram fazer um pequeno luau na praia e nos convidaram para sermos padrinhos. Essa viagem foi mais do que merecida para nós. Precisávamos de uns dias de descanso. Precisávamos fugir um pouco das nossas obrigações e dos papéis que ostentávamos como príncipe e princesa. Principalmente depois de tudo que havia acontecido. E foi exatamente isso o que fizemos. Lá, nos Estados Unidos, éramos apenas Jessica e Lucius, dois adolescentes enamorados pegando uma praia e lagarteando ao sol.

Não preciso nem dizer que aquele final de semana equivaleu-se a uma segunda lua de mel. Lucius não desgrudava de mim. Depois do período em que ele ficou preso, privado de sangue e quase perdeu a sanidade por causa do luat, Lucius se tornou insaciável pelo meu sangue. E um tempo depois descobrimos que eu estava grávida.

Impossível descrever a alegria que vi nos olhos do meu marido. Ele exultava. Fazia tempo em que ele divagava sobre a ideia de termos filhos, dizendo o quanto gostaria de ter príncipes herdeiros. Até fiz uma piada perguntando o que ele faria se fosse na verdade uma menina, e ele não poderia ter me dado melhor resposta. Sei que Lucius seria um excelente pai, apesar de ainda não ter pensado concretamente na ideia de termos filhos, já que somos muito novos. Mas muitas vezes o destino nos prega peças, como fez conosco agora. Porém, uma alegria nunca vem só, ainda mais para pessoas como a gente.

Em um mundo obscuro em que prepondera a violência e a traição, devíamos estar sempre preparados, e não confiar em absolutamente ninguém, como havia me ensinado Mihaela, minha mãe biológica. Era uma questão de tempo até Flaviu descobrir acerca da minha gravidez. E sabíamos que ele agiria. Afinal, não deixaria barato o assassinato de seus dois irmãos: Vasile e Cladiu. Agora, Flaviu era o último ancião do clã Vladescu descendente da linhagem real e viu em minha gravidez a oportunidade de retomar o poder, de nos tirar definitivamente do seu caminho e pegar para si nosso filho, governando os Dragomir e os Vladescu como seu regente.

Precisávamos mais do que tudo antecipar a votação que aconteceria nos próximos meses no congresso vampiro, em que provavelmente nos elevaria a condição de rei e rainha. Só assim estaríamos efetivamente protegidos. O primeiro passo havia sido dado. Eu caí nas graças do nosso povo depois de finalmente tomar o meu lugar de direito como governante. Agora, nos restava esperar pela afronta de Flaviu e lutar, porque a realeza nunca foge, nunca se esconde, é sempre a primeira a guerrear e agora eu não estava mais sozinha. Lucius e eu faríamos tudo que estivesse ao nosso alcance para conquistarmos o nosso final feliz.

** Proibida a reprodução parcial ou total da obra. Caso queiram se referir ao texto, por favor, deem os devidos créditos a mim e linkem para este post do blog. Obrigada.

E aí, gostaram? Espero que sim!! Me digam o que acharam e aceito críticas construtivas :o) hehe

Beijos

14 comentários

  1. Oi Mi, tudo bom?
    Não acredito, ARRASOU! Tem que perder a vergonha sim, porque é assim que descobrimos novos talentos! Eu morria de vergonha dos meus textos, e ainda tenho aquela pontinha, mas, mesmo não sendo lá essas coisas, fico feliz em compartilhá-los com vocês!
    Espero que você arrase, apareça na Fanzine e ganhe o concurso e aí vou querer um livrinho de presente por ter incentivado ein hahaha!
    Tem promoção nova!
    Beijão
    Endless Poem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oin, obrigada querida!! Fico feliz que tenha gostado! Foi um grande desafio para mim "dar a cara ao tapa", escrever o conto e participar do concurso.. hehe vamos torcer para que eu apareça na Fanzine! Ia ficar muito feliz... kkkk Beijos

      Excluir
  2. Não estava sabendo do concurso, fiquei sabendo graças ao seu blog e MUITO OBRIGADA, porque foi sufoco pra escrever, mas fiquei bastante satisfeita! E meu Deus, o conto estava pronto e cheiroso e quando fui ver, estava passando muito do limite de palavras, tive que fazer uma adaptação de última hora, mas ainda assim fiquei bem feliz. Adorei dividir com as pessoas a continuação que eu queria para um dos meus romances NA favoritos, "Easy", da Tammara Webber. Boa sorte para nós, que sejamos selecionadas e você ARRASOU no seu conto! Ainda bem que não desistiu de participar!
    Se quiser conferir, aqui o link: http://aacampamentonabienal.com/index.php/alem-da-redencao/
    Beijos!
    http://umaleitorachamada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Aline, você não imagina o quanto fico feliz em saber que descobriu o concurso por aqui e que ainda deu tempo de participar dele!!! Acabei de ler o seu conto e adorei.. fiquei arrepiada.. hehe Pena que ainda não li Easy, mas lerei. Vamos torcer para pelo menos estarmos entre os 20, né?! hehe Beijos

      Excluir
  3. Fico muito feliz e orgulhosa de você ter mandado, sabe? Porque você escreve muito bem e é incrível que tenha vergonha! Enfim, eu também não conhecia o concurso, muito bom saber dele! Boa sorte com o concurso e participe sempre, viu? HAHAHA
    Boa semana!
    www.literallypitseleh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, muito obrigada pelo carinho e pelo elogio! Não vou esquecer do seu apoio.. hehe Beijos

      Excluir
  4. Queria muito ir a Bienal, mas infelizmente não será possível
    E ainda não li nenhum desses livros, mas tenho muita vontade

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena. Espero que goste dos livros. Beijos

      Excluir
  5. Ahh meu deus você não falou essa parte de o texto circular por lá e ainda concorrer a livros autografados! Eu ia lá só pra votar na sua fanfic kkkk
    Já disse que ficou fantástica de boa né?! Mas vou dizer de novo, ficou fantástica de boa kkk
    Estou torcendo pra que seja selecionada, já pensou sua carreira de escritora começando por causa de uma fanfic?? Uma nova Cassandra Clare e E.L.Smith nascendo no Brasil kkk
    Boa sorte!!!
    Beijocas, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que não falei? Achei que talvez você tivesse visto lá no site que te passei. To quase subindo as paredes até agora porque ainda não foi divulgada a lista com os 20 selecionados.. que organização de m... Isso me deixa louca.. kkk Imagina que tudo amiga?! Não ia ficar triste se isso acontecesse.. kkk Beijos

      Excluir
  6. Miiii, do céu, que conto, aaaah, que o teu vai ser publicado!
    Li por conta e risco já que não li nenhum dos livros.rsrs
    Parabéns, e perca esse medo da escrita, vá criar uma conta no wattpad e comece a escerer!
    Beliscões carinhosos da Máh :)
    Cantinho da Máh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Máh, infelizmente meu conto não foi um dos 20 selecionados.. que pena, mas mesmo assim fico feliz de ter escrito ;o) Ah, então, já tenho uma conta no wattpad, mas nunca usei. Valeu a dica, acho que vou por algumas coisas por lá sim.. quem sabe né?! Beijos

      Excluir
  7. Que bom que você participou te desejo sorte viu eu infelizmente não participei mas eu ia adorar, to feliz por você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, obrigada. Infelizmente não fui uma das 20 selecionadas, mas mesmo assim fiquei feliz em participar. Beijos

      Excluir