Semana Bling Ring - Resenha do livro Bling Ring: A Gangue de Hollywood - Dia 1


"Entre 2008 e 2009, as residências de Lindsay Lohan, Orlando Bloom, Paris Hilton e diversas outras celebridades foram invadidas e saqueadas. Os ladrões, um grupo de jovens criados em um endinheirado subúrbio de Los Angeles, levaram o equivalente a 3 milhões de dólares em joias, dinheiro e artigos de grife, como relógios Rolex, bolsas Louis Vuitton, perfumes Chanel e jaquetas Diane von Furstenberg. As notícias surpreendentes sobre o caso chocaram Hollywood e intrigaram o mundo. Por que esses garotos, que em nada correspondiam à tradicional imagem dos bandidos, realizaram crimes tão ousados? A jornalista Nancy Jo Sales entrevistou todos os envolvidos, incluindo os pais e os advogados dos jovens, e até mesmo as celebridades que sofreram os assaltos. Em Bling Ring: a gangue de Hollywood, ela apresenta todos os detalhes de uma das quadrilhas mais audaciosas de nossos tempos. A história real também inspirou o filme de Sofia Coppola, estrelado por Emma Watson."

Oi gente, hoje se inicia mais uma Semana Especial aqui no Blog, dessa vez sobre o livro do momento: "Bling Ring: A Gangue de Hollywood", escrito pela jornalista Nancy Jo Sales e publicado no Brasil pela Editora Intrínseca

Fiquem de olhos, pois durante essa semana trarei posts bem interessantes para vocês sobre a gangue, o livro e o filme. Assuntos que com certeza darão pano para manga e serão interessantíssimos para debatermos a respeito.

Vamos a resenha:

Diana Tamayo, Jonathan Ajar, Alexis Neiers, Rachel Lee, Nick Prugo, Courtney Ames e Roy Lopez - O que esses jovens têm em comum? O mesmo desejo: invadir e roubar casas de celebridades em Los Angeles.

Tudo começou quando Nick foi expulso da escola em que estudava e passou a frequentar a escola alternativa de Indian Hills. Nick era um menino tímido, introvertido, com tendência a ser depressivo e extremamente complexado. Lá ele conheceu Rachel, por quem se apaixonou quase que imediatamente. Rachel era tudo o que Nick sempre quis ser, era o seu lado feminino aflorado.

Quase como que por um passe de mágica, Nick, o patinho feio e excluído, se tornou popular por começar a andar com Rachel e seu grupinho de amigas que o acolheram prontamente. Nick que antes nunca se drogara ou cometera ato ilícito, começou a ir frequentemente a festas, a ficar bêbado e a abusar das drogas. Estava adorando se sentir poderoso e amado, finalmente incluído e cheio de amigos.

Rachel era uma menina fútil e extremamente obcecada por moda e por celebridades. O seu sonho: ser rica, famosa e ter uma linha de produtos com o seu nome. Totalmente alheia aos valores morais e ao que era tido como certo ou errado, Rachel viu em Nick a chance de realizar seus planos mais ousados: ir às compras, nas casas dos famosos que mais idolatrava. E assim surgiu uma das gangues mais famosas de Hollywood, a Bling Ring, assim denominada pelo jornal Los Angeles Times.

Aos poucos, as façanhas (vulgo crimes) realizadas pelos dois amigos começaram a se espalhar e outros adolescentes quiseram fazer parte da gangue e tirar o seu proveito da história. O que inicialmente era para ser algo "divertido", atos inconsequentes cometidos por adolescentes rebeldes e encrenqueiros, se transformou em algo mais sério quando Nick planejou com Roy Lopez e Courtney Ames um roubo milionário em joias da Paris Hilton.

Mas não foi somente a ousadia desse bando de garotos que chocou o mundo e que ruiu o abismo que separava os famosos dos reles mortais, e sim a seguinte pergunta: Por que jovens de classe alta, que sempre tiveram tudo na vida, cometeram esses crimes? Leiam e descubram!! 

***

Ao contrário do que muita gente pensa, este livro não é romantizado, muito menos escrito como se ficção fosse. Bling Ring é praticamente um diário de bordo feito pela jornalista Nancy, em que relata a sua jornada para cobrir os fatos relacionados aos crimes cometidos pela gangue.

Praticamente um texto jornalístico, o livro reúne dados históricos e estatísticos a respeito da cultura americana, resultados de pesquisas feitas com os jovens em geral, transcrições de entrevistas realizadas com os integrantes da gangue, seus pais, advogados e vítimas, bastidores desse mega acontecimento, curiosidades e indagações feitas pela própria autora a respeito do ocorrido. Tudo numa tentativa de desvendar os motivos por trás das invasões e roubos cometidos pelos membros da Bling Ring.
 
A estrutura do livro é bem interessante. O prefácio se inicia com conversas que a Nancy teve com a Sofia Coppola, diretora do filme de mesmo nome. Adorei os debates por elas elaborados a respeito da supervalorização da fama e do glamour nos dias de hoje. Depois, no primeiro capítulo, o texto é narrado em terceira pessoa, com o objetivo de termos um vislumbre de como as invasões às residências dos famosos ocorriam. Posteriormente e na maior parte da obra, a história é contada em primeira pessoa, na visão da própria Nancy, que descreve o seu ponto de vista sobre o caso e apresenta os materiais compilados em sua pesquisa.

Não posso deixar de elogiar a diagramação feita pela Editora Intrínseca. Extremamente impecável como sempre. A capa é belíssima e no interior do texto temos várias fotinhos reais dos integrantes da gangue e de algumas de suas vítimas para ilustrar a história.

Bling Ring não é só um livro tremendamente bem escrito, Bling Ring é um livro extremamente essencial e que deve ser lido e amplamente debatido pela sociedade. No livro Nancy não só narra todos os pormenores ocorridos por detrás de uma das gangues de maior evidência nos Estados Unidos, como nos faz um precioso alerta e nos convida a refletir sobre o estilo de vida que buscamos. Leitura obrigatória!!

Bling Ring: A Gangue de Hollywood - Nancy Jo Sales
Editora Intrínseca
272 páginas
Comprar: Submarino / Saraiva

88 comentários

  1. Ah Mi, que bom que você gostou do livro! Mesmo tendo demorado um pouco a ler, valeu a pena ne?
    Eu estou curiosa com essa história.. Só de pensar que isso é real.. Uau! Eu preciso entender esses jovens.
    Então já sei que vou adorar acompanhar a semana especial =)
    Confesso que pensei em fazer uma um tempo atrás, mas em um primeira pesquisa rápida não achei muita coisa então fiquei com preguiça de procurar mais rsrs e como eu não tinha lido o livro e nem visto o filme deixei para lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Dreeh, eu demorei primeiro pela falta de tempo, e segundo, porque na real é um livro meio jornalístico e meio diário, e tem tantos dados e base história que o tempo todo parava de ler para pensar em algo, procurar algo na internet ou escrever ideias que tive sobre o assunto. Então isso também fez com que a leitura se arrastasse, mas amei demais. Verdade, acho que assusta pensar que tudo foi real. E o maior sentimento que tive era esse, de tentar entender esses jovens. Beijos

      Excluir
  2. Eu adorei esse livro. Super bem escrito, bem embasado e tal. E fiquei chocada durante a leitura, porque os adolescentes eram bem ousados nas ações. Especialmente a Rachel!

    Resenhei o livro lá no Pipoca Musical :)

    Beijo!

    Raquel
    www.pipocamusical.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, incrível pensar em como a juventude está cada vez mais perdida né?! #medo
      Beijos

      Excluir
  3. Oi! Bom, meu irmão comprou o livro (e ele nem é leitor! o_o), começou a ler mas acabou abandonando e me deu. Não sei quando vou ler, pois não consigo me interessar tanto por ele.
    Boa resenha! Vou tentar acompanhar essa semana.
    Beijo!

    http://docesabordoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que engraçado, e por que será que ele comprou? Espero que você goste do livro. Beijos

      Excluir
  4. Olha, eu quero ler, mas sem pressa. Está muito visado e prefiro esperar a poeira baixar. O tema, sem dúvida, é muito bom. Abordar um assunto tão em alta na sociedade e, ainda, meio inexplicável, é algo para se refletir. :)

    ssentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camilla, a intenção da autora creio eu que seja justamente essa. Fazer a gente debater e refletir sobre o assunto. Por isso que acho essa leitura extremamente necessária, principalmente nos dias de hoje. Te recomendo ir lendo aos poucos.. alguns capítulos por dia para não cansar. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  5. Nossa, eu fico em dúvida se vejo o filme ou se leio o livro, apesar de saber que o livro sempre traz muitos mais detalhes. E que loucuragem eles fizeram, hein? Deve ter sido uma delícia.

    Beijos!

    Greice Negrini

    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a dúvida que não quer calar né?! hehe Eu vi o filme primeiro e acho que foi uma escolha acertada.. hehe Beijos

      Excluir
  6. Ah, quero ler!!
    Estou vendo as pessoas dando ótimas recomendações dele. Fiquei curiosa :)

    Beijocas,
    www.segredosentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade.. ele está dando o que falar.. hehe Espero que goste. Beijos

      Excluir
  7. Esse livro parece ser muito bom
    Começando por esse capa que remete a uma boa história
    Tenho muita vontade de ler

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é realmente linda demais! Espero que goste. Beijos

      Excluir
  8. Oi Mi,

    Eu acho que a própria escrita, por ser mais jornalista do que romântica, deixa a leitura mais "enroladinha" né? Mesmo assim, bom saber que o livro é bom. Estou bastante curiosa em lê-lo, mas acho que vou ficar só no filme mesmo, haha

    Beijos

    Pah, Livros & Fuxicoa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, não diria mais enroladinha por ser chato ou cansativo.. mas se for enroladinha por nos fazer parar mil vezes para ficar pensando em tudo que a autora disse.. aí sim.. hehe Espero que goste. Beijos

      Excluir
  9. Uauuuu, que isso minha amiga?
    Caramba quero muito esse livro, torcendo que esteja bem baratinho na bienal ai eu compro, caso não esteja eu aceito de presente #ficaDica, rsrrss, ou se colocar sorteio, tipo eu poderia ganhar #Shiuuuuu. rsrrss
    Olha eu aqui já tendo pensamento como o Nick. rsrsrs
    " Rachel era seu lado feminino aflorado." Rsrs
    Beliscões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk Que bom que gostou Maria.. fica de olho na promo que terá semana que vem ;o) Beijos

      Excluir
  10. Finalmente tempo pra vir ler essa resenha! Quando você mencionou que era um texto mais jornalístico perdi um pouco a vontade de ler porque acho chato às vezes mas mais uma vez sua resenha me fez mudar de ideia e achei o assunto super interessante, sendo que fiquei com muita vontade de ler. Provavelmente vou ver o filme antes porque não sei quando vou ler o livro. Bora conferir o resto da semana especial <3

    Beijos, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho melhor você conferir o filme antes mesmo.. daí já fica tendo uma noção da história e complementa com o livro depois. Beijos

      Excluir
  11. Sabe eu to super curiosa para ler o livro e ver ao filme, essas garotas na minha opinião são genias só que se precisa tomar cuidado para não ser pegas né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, não dá para não dizermos que eles não foram ousados e talvez até astutos no que fizeram. E se você ler o livro verá que eles nem seriam pegos se "algo" não tivesse acontecido. O problema é que não podemos vangloriar o comportamento criminoso deles, algo que muitos jovens têm feito. Beijos

      Excluir
  12. Sabe que o enredo me lembrou Ladrões de Elite? Eu não vi o filme e provavelmente será um que eu não vou ver no cinema porque com filha pequena só consigo ver um ou outro filme muito desejado, não dá pra ir sempre. E também prefiro ler o livro antes de ver o filme mas me pareceu um enredo interessante e não sabia que era baseado em fatos reais. Turminha audaciosa essa, hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanilda, turminha audaciosa e cara de pau né?! hehe Espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  13. Olá Mi

    O que me chamou atenção é que a história desse livro, realmente aconteceu. O mais interessante ainda é que o livro é jornalistico e não baseado em fatos reais!

    Assim que puder espero ter a oportunidade de ler e ver como eles conseguiram isso!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Miche, e isso nos choca ainda mais enquanto lemos.. e ficamos pensando: "Nossa, isso realmente aconteceu". É surreal. Beijos

      Excluir
  14. Não acho que seja vantagem comprar o livro não, até porque eu posso achar a história deles toda na internet, então seria meio que uma perda de dinheiro né, não acho que compense :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriela, essa é uma forma de pensar.. cada um tem a sua opinião.. eu também pesquisei pela gangue na internet, mas além de encontrar muitas coisas em inglês, achei um milhão de pedacinhos da história espalhados por aí. E a não ser que você queira ficar horas na internet buscando todos os fatos, abrindo mil e uma janelas, sugiro que compre o livro sim. O livro nos traz uma linha cronológica sobre os eventos, a opinião e depoimento de todos os envolvidos além de conter pesquisas e dados históricos a respeito do tema, porque o livro não foca especificamente na história da gangue, ele vai muito além. Beijos

      Excluir
  15. Caramba todo mundo está falando desse livro, já me falaram muito bem dele, quando estiver com tempo ele vai ser o primeiro da minha lista de leitura, até por que ele parece ser muito bom! Eu amooooo livro com personagens jovem, e agora que li a resenha eu criei uma expectativa gigantesca, espero lê-lo logo. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  16. Eu li o livro e adorei, principalmente o jeito que é escrito, com as reportagens e os relatos das entrevistas, sempre tive muita curiosidade sobre essa história, quando vi o filme de 2011 isso aumentou ainda mais, e agora com esse livro descobri relatos que ainda não sabia, mesmo fuçando sobre a história na internet, simplesmente amei esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei a escrita da Nancy e fiquei chocada com tudo que descobri ao ler a história. Muito bom mesmo, né?! Fico feliz que também tenha gostado. Beijos

      Excluir
  17. agora fiquei confuso, ainda nao vi o filme e nem li o livro, mas eu vi que quem faz o papel do Nick é Emma Watson...
    mas então, quando lançou o livro, pela capa e pelo nome achei que era comédia, mas agora vi que eu estava completamente errado...
    antes de ler a resenha confesso que nao tinha interesse de ler, mas o final da resenha me deu muita vontade pra descobrir "Por que jovens de classe alta, que sempre tiveram tudo na vida, cometeram esses crimes?"
    agora fiquei curiosos....haahahhahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas, então, na vida real, Nick é o nome de um dos integrantes da gangue, interpretado por Marc no cinema. Já no filme, Nikki é o nome da personagem de Emma, que foi inspirada na Alexis, outra partícipe do bando. Espero ter conseguido explicar. Não, nem o filme nem o livro são de comédia. Muito pelo contrário. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  18. O livro é completamente diferente do que eu imaginava... mas fiquei curiosa por ser um texto jornalístico, e jornalismo é algo que eu amo de paixão!
    Sem contar que a proposta do filme também é colocada de outra maneira.
    Achei interessante uma gangue de jovens ricos, fiquei com muita vontade de descobrir os motivos que os levaram a cometerem os crimes, rs
    Parabéns pela resenha!

    http://missthay.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thais, obrigada pela visita e pelos comentários. A temática abordada no livro é fantástica e nos deixa atônitos. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  19. Tenho bastante interesse em ler esse livro, acredito que mais por causa de a emma estar na capa, e de a capa ser bonita, pois não é um estilo de leitura que normalmente leio portanto creio que não chamaria minha atenção. Entretanto, lendo sua resenha, achei o tema retratado muito interessante. Sinceramente, acho essas atitudes de rebeldia dos riquinhos, não só lá fora como aqui no brasil também, efeito de má criação, falta de imposição de limites, e excesso de ter tudo o que quer na hora que quer, não sabendo ouvir não e não sabem medir as consequências, ou nem mesmo se importam com elas. Acho lastimável. Mas enfim, adoraria ler o livro em um futuro próximo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lorena, fico feliz em saber que mesmo sendo jovem você já tem uma percepção bem madura sobre a vida. Espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  20. Oh meu Deus!Esse livro parece ser a perfeição pura,eu não assisti o filme nem nada mas me interessei MUITO em ler ele,sério,está pergunta final me deixou confusa pois quero saber o mesmo.
    E parabéns pela resenha,está fantástica!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rapha, fico feliz que tenha gostado da resenha. Beijos

      Excluir
  21. Eu estou morrendo de vontade de ler este livro desde que saiu. Não só porque tem a Emma Divando na capa, mas principalmente porque gosto de livros assim, que retratam algo real. Tenho muita curiosidade de saber como aconteceu e tal. Espero gostar, já que futilidade nem sempre é um tema fácil de se abordar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yasmin, espero que goste, o livro é fantástico. Beijos

      Excluir
  22. Oi Mi!
    Confesso que esse livro não me conquistou, ainda mais depois do seu vídeo, dizendo como o filme é chato!
    Mas como vc gostou do livro, fiquei um pouco mais animada, vou tentar a sorte, vai que eu ganhe neh hehe.
    bjus flor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, eu não gostei do filme pelo jeito que ele abordou o assunto, que achei que podia ter sido diferente. Mas o livro é precioso. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  23. Esse livro me chamou a atenção, primeiramente, por causa da capa que é realmente linda. Depois pela história que a sua resenha fez eu ficar curiosa para conhecer mais os bastidores dessa gangue e causa desses jovens cometerem esse crime . Quanto ao texto mais jornalístico contou mais pontos para eu colocá-lo na minha lista de próximas leituras. Espero gostar dele.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Natali, a capa é realmente linda e a diagramação da Intrínseca está impecável como sempre. Espero que você goste do livro tanto quanto eu. Beijos e obrigada pelo carinho.

      Excluir
  24. Laís Souza05/09/2013 12:57

    Ainda não tinha lido tua resenha e fiquei aliviada em ver que o livro não te decepcionou como o filme. A capa realmente ficou linda, mas eu não sei se esse é um mérito da editora porque achava que essa já era a imagem promocional do filme. Tenho vontade ler pelo debate que realmente é essencial nos dias de hoje. Tanto ele quanto "Extraordinário" deveriam ser adotados e debatidos nas escolas. Existem umas instituições de educação que perdem excelentes oportunidades de criar gosto pela leitura e promover o senso crítico entre os alunos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a capa é lindíssima e a foto usada é a mesma do filme, mas mesmo assim, na capa tem algumas letras que são em relevo e o papel utilizado é lindíssimo. Acho que você, que gosta de debater e refletir como eu, vai gostar de ler o livro. Concordo plenamente, este e Extraordinário deveriam obrigatoriamente ser adotados nos colégios e discutidos nas salas de aula. Tomara que isso aconteça né?! Enquanto não chegarmos a isso, devemos tentar disseminar esses assuntos o máximo que conseguirmos para conscientizar as pessoas, principalmente os jovens. Beijos

      Excluir
  25. Até hoje não tinha parado para ler nenhuma resenha do livro, mas ele parece bem legal! invadir casa de celebridades? interessante, bem interessante, embora eu ache que iria invadir poucas =P Acho que minhas celebridades até moram na Inglaterra =P

    miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  26. Estou bem ansioso para a leitura deste livro...
    Sei que ele traz uma versão menos romantizada dos fatos (em relação ao filme) e isso me dá ainda mais vontade de ler, pois adoro filosofia, debates e temáticas polêmicas.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você vai adorar André! Leia assim que puder. Beijos

      Excluir
  27. Eu assisti a algum tempo atrás um filme que se baseia nesta história. Mas, eu já tinha me interessado em assistir ao filme da Sofia Coppola antes de ver o então filme. É claro que ler o livro é algo que quero. Uma história real. Quero saber o que aconteceu com esses jovens.
    Sua resenha me fez querer ver este livro, pois não me lembro ter lido algo neste sentido de texto jornalístico. Espero poder ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Regilene, sei que existe um filme mais antigo sobre o mesmo assunto, mas escutei críticas negativas sobre ele, então nem me interessei. Espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  28. Eu não sabia que essa história da gangue era real e conheci o filme por causa da Emma mas até hoje não assisti e nem li, apesar de estar curiosa, não me interessa tanto assim. :c

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Letícia. E se tornou muito polêmica justamente pelas vítimas serem celebridades. Espero que goste da história. Beijos

      Excluir
  29. Todo mundo ficou ansioso para estréia deste filme no cinema simplesmente por causa de uma única pessoa, Emma. Confesso que sou uma delas rs. Porém, o que me chamou mais atenção no filme e no livro é o fato do mesmo ser um relato verdadeiro, transmitindo a ideia do livro ser algo relacionado a expectativas policiais e algo do gênero. Um detalhe que me chama a atenção na resenha é o fato de você informar que o livro não é bem escrito e isso o que me deixa um pouco com o pé atrás sobre compra-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, eu acho que também fui uma delas.. hehe estava tão ansiosa que vibrei quando pude ir assistir na pré-estreia, mas infelizmente não era o que eu imaginava.

      Débora, acho que você entendeu errado. Não sei onde você leu que eu disse que o livro não é bem escrito porque eu disse totalmente o oposto.. hehe

      Leia aqui de novo:

      "Bling Ring não é só um livro tremendamente bem escrito, Bling Ring é um livro extremamente essencial e que deve ser lido e amplamente debatido pela sociedade. No livro Nancy não só narra todos os pormenores ocorridos por detrás de uma das gangues de maior evidência nos Estados Unidos, como nos faz um precioso alerta e nos convida a refletir sobre o estilo de vida que buscamos. Leitura obrigatória!!"

      Estou justamente dizendo que o livro é fabuloso, super bem escrito e de leitura obrigatória.. kkk Talvez você pode ter se confundido e lido errado.. hehe Mas recomendo ele demais!

      Beijos

      Excluir
  30. Pelo que li, o livro parece abordar um mundo juvenil totalmente desestabilizado composto por playboys e patricinhas que insatisfeitos com sua vida, já perfeita, buscam algo a mais. Na minha opinião já estariam errados mesmo se fossem de classe baixa pois nada justifica a realização de um roubo. No caso deste livro o perfil dos jovens demonstra uma certa necessidade de auto-afirmação dentro de uma sociedade que cada vez mais aumenta seus padrões de vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego, é exatamente isso. E para piorar a situação, é uma história real, e por isso que ao meu ver, deve ser amplamente debatido, por relata condutas que cada vez mais temos visto nos jovens de hoje. Beijos

      Excluir
  31. Como quero este livro!
    Acho que o assunto abordado é muito relevante em uma sociedade que SUPER valoriza o glamour e dinheiro. Até onde iríamos para alcançar estes bens?
    A estrutura da história também me pareceu interessante.
    Como sempre, sua resenha está impecável!
    Beijos!
    http://vanille-vie.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Júlia, obrigada pelo carinho. Feliz que tenha gostado da resenha, e espero que curta o livro também. Beijos

      Excluir
  32. Os livros da editora Intríseca são realmente incríveis! Ontem mesmo comprei Corações de Papel do John Green e vi Bling Ring do ladinho dele na livraria. Fiquei louca pra comprar, mas apenas podia comprar 1.
    Aliás, sempre que vou à livraria quero comprar todos. A lista é enorme!
    Enfim, a sua resenha me deu mais vontade de ler esse e acho que ele subiu de posição na lista de qual próximo livro comprar. Ainda mais que acabo fazendo críticas de livros que viram filmes (veremos como vai ser com A Culpa é das Estrelas!)
    Beijos, Mi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, fico feliz que tenha gostado. A Intrínseca sempre arrasa mesmo! É difícil ter um livro deles que não goste.. são todos sempre escolhidos a dedo. Espero que goste desse também. Beijos

      Excluir
  33. Mi, Adorei o livro!
    A capa é super linda, e a história é bem diferente do que eu costumo ler, mas achei muito interessante sua citação de que o livro é um diário de bordo feito pela jornalista Nancy, enfim adorei o livro e estou louca para lê-lo!
    Beijos..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thais, espero que goste. Beijos e obrigada pela visita.

      Excluir
  34. não conhecia o livro, me interessei peo que li na resenha... vou coloca-lo na minha listinha de compras

    ResponderExcluir
  35. Esse livro está sendo bastante comentado ultimamente! Eu particularmente ainda não tive muito interesse em lê-lo! Mas o tema abordado é muito interessante, porque é uma coisa que volta e meio me vem a cabeça, porque essas pessoas fazem isso? Tédio? Uma maneira de chamar atenção? Vai saber né, só como você mesmo disse, lendo o livro, rs Ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca, realmente é algo que pode nos fazer divagar por horas. É tão difícil conseguir entender a mente humana né?! Beijos

      Excluir
  36. Não tinha ouvido falar desse livro, mas ele parece ser bem legal, gosto de ler livros assim e você escreve muito bem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vitoria. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  37. Tenho muita vontade e ler este livro, principalmente pelo fato de ser uma história real. Adorei a sua resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  38. A primeira vez que vi esse livro achei que ele não prometia muito. Mas tenho visto resenhas por ai e principalmente essa que me deixou bem curiosa, confesso. Vou atrás do livro com certeza assim que tiver uma oportunidade e vou me segurar pra não ver o filme antes!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aninha, pode até ver o filme antes se quiser, porque é uma adaptação do livro.. fala só um pequeno pedaço da vastidão desse assunto. Eu na verdade primeiro vi o filme e depois li o livro porque fiquei curiosa para saber mais sobre a história. Beijos

      Excluir
  39. Já me atraía o fato de o livro ser um negócio mais jornalístico mesmo, e não uma "historinha" baseada no que aconteceu. Mas o que mais gostei na resenha foi ver que há essa "participação" da Sofia Coppola no prefácio. Adoro a diretora e é por causa dela que tenho vontade de ver o filme (nem acredito que ainda não fui vê-lo), e gostei demais de saber que há conversas entre a jornalista e a diretora no livro. Fiquei com mais curiosidade em relação ao livro, porém ainda não sei se o lerei de fato.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, essas conversas são fantásticas.. acho que se o livro fosse só assim, já ia ser maravilhoso. Adorei o prefácio. Espero que você goste. Beijos

      Excluir
  40. Oi Mi!!
    Well, 2 corações com esse livro. Vi ele na Bienal mas não conhecia muito da história então não entrou no meu carrinho (and that is a miracle!). Mas confesso que foi porque imaginei tratar-se de uma ficção teen meio "silly". Odeio quando tu me faz ficar curiosa pra ler um livro. kkkkkkkkkkk A culpa de minha futura miséria total terá nome e sobrenome: Mi Candeloro!! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dany.. nossa, ficção meio "silly"?! Posso te garantir que não é.. pelo contrário, é um livro super reflexivo e até meio surreal, por percebermos que os absurdos apresentados pela Nancy realmente existiram. Super recomendo. Se você quiser te empresto ele! Beijos

      Excluir
  41. Para ser sincera, é a primeira vez que leio algo a respeito do livro e fiquei boquiaberta por saber que é baseado em fatos reais. Não me recordo de ter lido um livro mais jornalístico, porém acredito que vou gostar. E é realmente difícil entender o que se passa na cabeça dos jovens, né?! Quando você pensa que está tudo bem, eles aprontam alguma sem motivo nenhum. Será que é rebeldia? Falta de palmadas quando eram crianças? Fiquei curiosa para ler! rs

    Beijos

    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayssa, te sugiro que leia e vá, juntamente com a Nancy, debatendo esse assunto que dá muito pano para manga. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  42. Ainda não tinha parado para ler nada sobre esse livro, mas ele parece ser muito legal. Invadir casa de celebridades? Hm... Interessante. Bem interessante! Mas acho que daqui do Brasil eu invadiria poucas casas hahaha. Fiquei curiosa para ler. Ótima resenha, gosto assim... Que aguce minha curiosidade HAHAHAH

    Beijos

    http://estantedarob.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta, espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  43. Estou louca para ler esse livro, ele já entrou na minha lista de prioridades! O problema é que até a lista de prioridades está gigante, rsrsrs... Excelente resenha, muito bem escrita!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala Isa, todos nós sempre passamos por isso né?! Nossas listas são sempre gigantes.. kkk Socorro! Mas leia assim que puder, porque Sal vale muito a pena. Beijos

      Excluir
  44. Só leio elogios desse livro, realmente parece ser muito bom! Estou suuuuper ansiosa pra ler Bling Ring.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é excelente. Leia assim que puder, pois vale a pena. Beijos

      Excluir