Resenha - A Garota do Outro Lado da Rua

"Enzo é um menino intelectual e aplicado nos estudos que não se importa em ser ridicularizado pela maioria dos colegas de turma. Ao lado de seu amigo Leandro, entra e sai do colégio com uma vida monótona e sem grandes emoções. Entretanto, há alguém que sempre balança a serenidade de Enzo: Rafaela, sua vizinha de frente, por quem Enzo é apaixonado desde a infância e é sua colega de turma. Porém, linda e popular entre os estudantes, Rafaela não se dá conta da sua existência até que um dia, em uma excursão do colégio, ambos se perdem juntos na mata. Rafaela e Enzo começarão a se conhecer melhor e perceberão o quanto estavam enganados a respeito um do outro. Mas será que esse conhecimento resultará em uma grande amizade? Será que o amor de Enzo sobreviverá além das aparências? Afinal, quem é verdadeiramente a garota do outro lado da rua?"
Quem nunca se apaixonou por alguém que existe somente na nossa cabeça? Temos o costume tão grande de idealizar as pessoas ao nosso redor que quando as nossas expectativas não correspondem à realidade, ficamos totalmente frustrados e decepcionados.

Pode-se dizer que foi exatamente isto que aconteceu com Enzo.

Enzo e Rafaela estudavam no mesmo colégio além de serem vizinhos de porta, porém, nunca haviam se falado ou sequer trocado um cumprimento cordial. Enzo era apaixonado por Rafaela desde criança e endeusava a adolescente. Rafaela, por sua vez, nem sequer sabia da existência de Enzo, afinal, ambos eram completamente diferentes e viviam praticamente em universos paralelos.

Enquanto Enzo era o CDF da turma, vulgo impopular e mal quisto pelo grupinho de Rafaela, a menina era desejada e invejada por todos. Mimada, egoísta, fútil e mesquinha, Rafaela sentia-se a dona do mundo.

Um dia, Enzo e Rafaela são obrigados a conviver, depois de ficarem perdidos na Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro, enquanto faziam uma excursão com a turma de colégio. Ali, no meio da mata, lutando pela sobrevivência, em uma situação excepcional, Enzo e Rafaela perceberão que as coisas não são como parecem ser. Será que pessoas tão diferentes como eles serão capazes de se tornar amigos? Ou a convivência forçada só reforçará a distância que já existe entre Enzo e Rafaela? Leiam e descubram.

***

Este é o primeiro livro que leio da autora brasileira Lycia Barros, e posso dizer que gostei bastante. O livro é infanto-juvenil, uma típica história de adolescentes para adolescentes, portanto, se vocês não gostam desse gênero, não se arrisquem, mas se forem como eu, uma eterna adolescente, leiam, pois vocês irão achar muito fofo!

O livro é finíssimo e muito rápido de ler, fiquei ansiando para saber mais e mais, porque criei uma empatia grande com os personagens. A leitura é super fluída e os capítulos têm um ritmo gostoso e rápido, além de serem narrados de forma alternada por ambos protagonistas. Amo quando os autores fazem isso porque nos dá a possibilidade de ver e sentir através da ótica de cada um dos personagens.

Apesar de Rafaela ser uma menina extremamente irritante, me identifiquei demais com ela. Todos temos um pouco de Rafaela dentro de nós. Eu particularmente tenho muito, e diversas vezes tive a impressão de ver a mim mesma quando adolescente. Tá certo que mesmo depois de adulta o Junior pagou seus pecados comigo, assim como o Enzo sofreu nas mãos de Rafaela.

De igual modo, gostei demais do Enzo. Ele é um menino muito querido, muito preocupado com os outros, inteligente e romântico. Todos também temos um pouco do Enzo no nosso ser. Mas o que mais gostei é que a Lycia não transformou o garoto num personagem perfeito, todo certinho, pelo contrário, Enzo tem tantos defeitos quanto Rafaela, o que o torna ainda mais real.

Adorei a criatividade da autora em criar uma história num ambiente não inóspito e pouco explorado como a Floresta da Tijuca. Ela foi tão bem descrita que foi possível me situar em cada local percorrido pelos personagens, bem como sentir a angústia e os temores que eles sentiram. Não sei o que seria de mim se me perdesse por lá, acho que teria reagido de forma muito pior que Rafaela.. hehe.

Ri diversas vezes durante o texto e adorei o linguajar jovem e descolado utilizado por Lycia. Só preciso dizer que torci para que o final fosse diferente, mas de qualquer forma, gostei de como as coisas terminaram. O que posso dizer é que A Garota do Outro Lado da Rua é um livro leve, gostoso e divertido, principalmente para ler numa tarde fria e chuvosa como foi a de hoje em Porto Alegre. 

Se precisasse resumir o livro em uma única palavra, diria que ele é "fofíssimo". Fiquei bem curiosa para ler os outros livros da Lycia, porque pelo que conheci da autora, ela é dotada de uma criatividade absurda. É incrível como ela consegue criar uma história interessante a partir de situações aparentemente irrelevantes ou clichês. Super recomendo!

A Garota do Outro Lado da Rua - Lycia Barros
Editora Novo Século
120 páginas
Comprar: Submarino / Saraiva

30 comentários

  1. AI Mi, muito a minha cara.
    Adoro esse tipo de história e a capa é belíssima.
    Amei a resenha :)

    Beijocas,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, pelo pouquinho que te conheço acho que você vai adorar, assim como eu.. hehe Beijos

      Excluir
  2. Eu fiquei super curiosa com o livro quando vi a fotinho dele ali na lateral. A capa dele é tão fofinha *-* Mas é muito mais que isso; a autora é brasileira, e ele se passa no rio!! É a primeira vez que vejo um livro ambientado por aqui!
    Só posso dizer que quero ele pra ontem. Já pesquisei até o preço rsrs
    O livro tem muitas das características que eu gosto - personagens reais, alternação dos capítulos entre os personagens e uma história adolescente - e as que eu estou precisando no momento - leve e curto. Impossível não gostar =)
    Gostei muito da indicação Mi!

    Beeijos, Dreeh.
    Livros e tudo que há de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo Dreeh, então leia que você vai curtir. Adoro esses livros leves, rápidos e divertidos para intercalar leituras e aproveitar uma boa tarde chuvosa e fria.. eles são essenciais para desopilarmos e nos desligarmos da correria. Como a autora é carioca, tudo se passa aí no RJ. Você vai se identificar.. hehe Beijos e depois me conta, tá?

      Excluir
  3. Ai Mi, adorei a resenha!
    Fiquei super curiosa para ler. Adoro livros teens, também sou uma eterna adolescente!
    E sempre tive uma quedinha por nerds, então os personagens nerds sempre ganham o meu coração!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laura, e esse nerd é ainda mais especial, porque ele traz no texto diversas reflexões interessantes que nos convidam a pensar. Adorei o Enzo. Espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  4. Já adorei o personagem só pelo nome... Enzo rssss. Preciso ler :)
    Obrigada pela dica e a resenha, lindona.
    Bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk Verdade Yara, esqueci que seu pitoco se chama Enzo. Tomara que goste da história, achei uma fofura! Beijos

      Excluir
  5. Oiee ^^
    Acredite ou não, não curto muito histórias onde o garoto impopular gosta da rainha da escola e ela nem sabe da existência dele, aí alguma coisa acontece e eles se apaixonam. Descobri isso vendo os filmes americanos, que sempre tem uma história assim. Prefiro mais livros "adultos" com ficção e tals...
    MilkMilks
    DM
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dryh, só te digo uma coisa, não julgue o livro pela sinopse, ou pela resenha.. a história pode até aparentar ser isso, mas na verdade não é.. pode até ser um clichêzinho adolescente, mas a Lycia colocou um pouco mais de profundidade nos personagens e no final nos fez pensar sobre tudo isso que você falou. De qualquer forma, gosto é gosto e se tu prefere livros de outros gêneros, investe neles mesmo, é melhor.. assim evita decepções.. hehe Beijos

      Excluir
  6. Olá Mi!!!Quanto tempo que eu não passava por aqui,hei!!!
    Nossa a Lycia é uma autora muito bem contemplada pelos seus livros,bom ao menos é o que percebo ao ler uma resenha dos seus livros.
    Bom eu não havia ouvido falar deste livro,e é aqui no seu blog que estou conhecendo.Confesso que não muito fã deste gênero para adolescentes.Mas lendo sua resenha acho que ele deve ser interessante,pelo simples fato de mostrar personagens diferentes,e isto é uma realidade entre esta época.E eu acho que um romance vai surgi(hahahahahahahahaha)e talvez seja por isso que estou curiosa para ler(agora) este livro.Viu o que você fez comigo(hahahaha).
    Fico feliz em ver que você gostou bastante da leitura.E realmente nos somos mesmo eternos adolescentes.

    Parabéns pela resenha Mi!!!!!Ela esta como sempre magnifica!!!!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, bom te ter por aqui! Pois é, nunca tinha lido nada da Lycia, mas pelo que vejo ela é uma autora bem popular e o pessoal gosta dos livros dela. Este livro é bem teen e muito rápido, até acho que a autora podia ter desenvolvido mais a história, mas entendo a necessidade de fazer um livro curto e objetivo já que nem todos os jovens curtem muito ler hoje em dia. Não posso dizer que o foque da história seja o romance, na verdade acho que a Lycia desenvolve outros aspectos que fizeram a trama ficar interessante. Mas leia e veja o que acha. Beijos

      Excluir
  7. Eu já estava de olho nesse livro, agora que li sobre ele me empolguei mais ainda para ler... obrigada Mi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, que bom amiga, espero que goste. Beijos

      Excluir
  8. Tenho muita vontade de ler um dos livros da Lycia, gosto muito da dicas que ela dá a novos escritores, ela é uma fofa e só pelo que já vi ela falar a criatividade dela é de outro mundo!


    eueminhacultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karina, também amo as dicas que a Lycia dá no youtube. Ela é uma pessoa super inteligente e com tino para os negócios e aprendi muito com ela, além de claro, ser realmente uma fofa. Leia os livros dela assim que puderes, você vai gostar. Beijos

      Excluir
  9. Oieee Mi *.*
    Tenho gostado muito dos livros nacionais que tenho lido, ainda não li nada dessa autora em quetstão espero ter oportunidade em breve.
    Gostei da tua resenha. E de sabe que apesar da pessonagem ser irritante vc se intpdentificou com ela rsrrs isso é bom, e faz lembrar como agiamos antes :p kkk
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Máh, adoro me identificar com os personagens, principalmente os femininos, que costumo odiar. Nesse caso, por mais que a Rafaela seja irritante e fútil, conseguiu me fazer gostar dela e até torcer por ela, além de, claro, me fazer lembrar de mim quando adolescente. Serviu o chapéu totalmente.. kkk Beijos

      Excluir
  10. Estava com uma vontade louca para ler esse livro, mas quando finalmente consegui, aquela desejo tinha passado. Mas agora você fez voltar aquela curiosidade falando que eles podem se apaixonar ou perceber que não são um para o outro, que torcia por um final diferente... Acho que pode ser a minha próxima leitura, já que é rápido de ler, e de tão indecisa e sem tempo que estou.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você ficou afim de ler Duda.. pois é, eu jurava que a história ia rumar para um lado, mas foi para o outro. Só você lendo mesmo. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  11. Amo lycia e adoro esse livro...ela e fantastica...faltam dois para a coleçao e o novo dela....o plano perfeito...ai meu padinho padi cicero..:P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Michele.. nunca tinha lido nada dela, agora fiquei com vontade de conferir todos os livros que ela escreveu. Beijos

      Excluir
  12. Aih que raiva que eu to de mim! Digitei metade do comentário e fui tão vurra que apertei alguma coisa e agr não volta o que eu escrevi, e sabe que eu sempre escrevo um monte né?! Uish!
    Essa pessoa é que está te ajudando com aquilo, então se você gostou tanto do livro dela imagino como isso ajuda também naquilo kkkk. Que coisa, não dá pra falar sem falar o que não devo kkkk Acho que você entendeu! kkk
    Eu achava que a Lycia Barros era uma cantora evangélica e aí pensei que esse livro era sobre algo do tipo, mas pera, ela tem alguma coisa a ver com isso?? kkk
    Esses livros fofos eu adoro e fiquei com muita vontade de ler, acho que sou o Enzo edição mulher! Vou lá colocar na lista de leitura porque senão eu esqueço (sabe que essas listas são geralmente minúsculas né?!)

    Um beijo para a eterna adolescente \o/
    Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii odeio quando essas coisas acontecem :o( Sinto muito amiga!! Sim, ela que é a minha profª hehe Gostei bastante do jeito que ela escreve.. é engraçado que depois que a gente conhece a pessoa, parece que ouve ela lendo a história para você.. e o que gostei foi que ela contou como a história surgiu para ela. Ela viu um vídeo de uma trilha na floresta da Tijuca no youtube, então meio que acompanhou tudo que aconteceu no lugar e daí ficou fácil de imaginar e escrever sobre ele mesmo ela nunca tendo estado lá neh.. hehe
      Agora morri rindo!! kkkk Não, a Lycia Barros não é cantora evangélica e não, o livro não tem nada a ver com isso.. kkkk
      É um livro bem adolescente, bem fofinho! Ótimo para passar o tempo. Espero que goste.
      Beijos lindona!!

      Excluir
  13. Olá MiCandeloro! Adorei a resenha, estou louca pra ler esse livro!!! Parabéns pelo seu blog :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maria, fico feliz que tenha gostado. Espero que curta o livro também. Beijos

      Excluir
  14. Laís Souza23/08/2013 22:36

    Eu ri com o "Lycia Barros, cantora evangélica" kkkkkkkkkk

    Na verdade, ela é evangélica e tenta produzir uma literatura saudável para cristãos e não cristãos. Mas os livros não tentam doutrinar nem converter ninguém. Só li esse e A Bandeja. Tenho curiosidade para ler "Uma herança de amor" que já ganhou um box lindo de doer. Mas ela é uma fofa! Mandei um e-mail para perguntar sobre a venda no formato digital e a mulher foi um amor completo comigo. Amo escritores assim. E achei ela muito talentosa. Me decepcionei com a Rafaela, mas admirei a maturidade que a Lycia quis dar para a história, sem querer incentivar o adolescente a ficar construindo castelos no ar. Achei que foi uma boa lição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, eu me estourei rindo com a Greice.. Sério mesmo que ela é evangélica? Não tinha ideia, nunca ouvi falar sobre isso. A Bandeja é legal? Tenho curiosidade para ler. Também achei ótima a lição que a Lycia trouxe nesse livro para os jovens. Amei quando o castelo de contos de fada do Enzo se desmoronou, mas fiquei triste pela Rafa não ter crescido. Mas acredito que cada um tenha seu tempo e o que aconteceu com ela na mata prova que ela não é a menina tão alienada que ela mesma tenta acreditar. Beijos

      Excluir
  15. Eu adoraria ler esse livro desde a primeira vez que o vi, eu acho historias com personagens jovens muito legais, e eu to amando muito os livros nacionais de todos que li por enquanto não me decepcionei, imagino que com esse não será diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber. Temos que dar uma chance aos nossos autores e prestigiar os livros brasileiros. Espero que goste. Beijos

      Excluir