Resenha - O Diário de Suzana para Nicolas

"Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”. Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou."
Oi pessoal, finalmente hoje trago para vocês a resenha do livro O Diário de Suzana para Nicolas, de James Patterson. Acho que desde que criei o blog essa foi a resenha que mais me deu trabalho. Ela simplesmente não saía. Passei por um período negro de estafa mental e não conseguia ler nem escrever nada. Ainda bem que passou!! hehe

Este é o primeiro livro que leio do autor. Me recordo de já ter escutado e visto o nome dele várias vezes por aí, mas confesso que não sei nada sobre ele nem sobre que estilo de livros ele escreve.

Cheguei até essa história por causa de uma resenha que li no blog Diário da Alvorada. Como a Greice tem um gosto parecido com o meu e curtiu muito o livro, fiquei curiosa e resolvi conferir.

De início tive a impressão de que o livro giraria apenas em torno de Katie, uma jovem editora de livros que vive em Nova York e é abandonada por seu grande amor Matt. Mas na verdade a história vai muito além. Katie não entende como um relacionamento tão perfeito como o que tinha com Matt podia acabar. Era a primeira vez que ela se entregava a um homem de corpo e alma e tinha certeza de que Matt a amava e de que eles iam se casar e construir uma família juntos. Mas as coisas não eram tão simples como ela supunha.

Logo depois de Matt romper o namoro sem dar maiores explicações e sumir do mapa, Katie recebeu dele um presente que prometia conter todas as respostas que ela buscava. Ao desembrulhar o pacote Katie percebeu que se tratava de um diário escrito por Suzana, ex-esposa de Matt, para Nicolas, filho do casal. 

Por que ele havia lhe dado um presente tão peculiar e íntimo como esse? O que ele queria que ela descobrisse? Será que Matt estava traindo a esposa esse tempo todo e não teve coragem de dizer a Katie, e por isso deixou o diário com ela para que descobrisse por si própria? Com tantas dúvidas e ninguém para respondê-las, Katie começou a ler o diário, mas ela não estava preparada para o que ia encontrar.

Na medida em que Katie vai lendo, paralelamente vamos conhecendo Suzana e sua história de vida. Suzana era uma médica bem sucedida e apaixonada pela sua profissão. Morava em Boston com seu fiel cachorro Gus e tinha uma vida atribulada de cidade grande. Até que um dia Suzana teve um ataque cardíaco e quase morreu. Chocada com o desenrolar dos fatos, decidiu largar tudo e se mudar para a pequena ilha de Martha's Vineyard.

Lá ela redescobriu os pequenos prazeres da vida, como caminhar na praia, levar o cachorro para passear, fazer verdadeiras amizades e de brinde, teve a sorte de conhecer o grande amor da sua vida: Matt. Suzana e Matt foram feitos um para o outro. Eles se davam tão bem e tinham uma química tão perfeita que pareciam ter nascido para ficarem juntos. Impossível não se apaixonar por ambos e não torcer para que tudo desse certo para eles, e justamente por isso, ficamos intrigados do início ao fim nos perguntando, "por que será que Matt largou Suzana e ficou com Katie?" E agora, será que ele voltou para a ex-esposa? Leiam e descubram!!

***

Gente, esse livro tocou meu coração!! Para mim não tem nada pior do que falar de um livro que não pode ser "falado". Esse é um livro para ser lido e sentido por cada um de vocês. Ele é tão profundo e emocionante, mas ao mesmo tempo tão simples e trivial que não tenho como resumi-lo apenas a fatos e descrições quando a sua importância está nos sentimentos.

A narrativa do James é leve e fluída e ficamos ávidos querendo descobrir os mistérios por trás desse triângulo amoroso. Como o livro é muito curtinho, simplesmente o devorei em poucas horas e chorei muito!! Acho que nunca poderia imaginar o que de fato aconteceu! O final é triste demais, tocante demais, revelador demais!

Os capítulos são intercalados, ora narrados em primeira pessoa por Suzana, ora narrados em terceira pessoa contando um pouco sobre a vida de Katie. Adorei essa peculiaridade porque torna a história mais dinâmica. Me apaixonei tanto por Suzana e Matt que para mim a Katie nem precisava existir, ainda bem que o foco não foi nela, mas ao mesmo tempo ela teve um papel fundamental na história porque foi por causa dela que conhecemos Suzana e descobrimos como a história de todos se conecta.

Resumidamente, o diário nada mais trata de relatos do cotidiano escritos por Suzana e dedicados ao pequeno Nicolas. Suzana quis que seu filho a conhecesse por inteiro, como mulher, esposa, profissional e não somente como mãe. Ela quis dividir a sua vida com uma das pessoas que ela mais amava. Então, no decorrer dos textos, encontramos descrições de sua rotina, histórias sobre como ela conheceu Matt, sobre o nascimento de Nicolas e seu crescimento, lições de vida, etc. Mas tudo é escrito com tanto amor, mas tanto amor, que é impossível ficar imune.

Achei a ideia da Suzana tão linda, de escrever um diário para seu filho, que não resisti e comecei a fazer o meu também, e olha que no meu caso meu filho ainda nem foi gerado, mas mesmo assim já o amo. Ok, podem me chamar de louca, mas adorei a premissa.. hehe.

Não sei até que ponto todos irão gostar da história. Talvez faça mais sentido para quem já é mãe, ou para quem tem um extinto materno muito forte (como eu), ou para quem já viveu uma grande história de amor. De qualquer forma é um livro que recomendo muito. Se ele não mudar sua vida (como de certa forma fez comigo), pelo menos vai te proporcionar algumas horas de entretenimento e um turbilhão de emoções. Deixem a caixa de lenços perto e preparem-se!!

O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson
Editora Arqueiro
224 páginas
Comprar: Submarino / Saraiva

60 comentários

  1. É maravilhoso esse livro mesmo, que bom que você gostou, fico feliz com isso.
    O seu pequeno Junior vai ficar tão feliz e maravilhado quando puder ler seu diário, isso é lindo!
    Estava esperando ansiosamente por essa resenha sua, e adorei, simples e objetiva, é difícil falar desse livro que tocou tanto nossos corações.

    Beijos, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho querida :o) Para mim esse livro é de leitura obrigatória, principalmente para quem já é mãe ou quer ser.. hehe Beijos

      Excluir
  2. Olá, Mirelle! Tudo bem?
    Eu vivo falando do James Patterson, rs. Você precisa conferir os livros de mistério, principalmente "Eu, Alex Cross"! :)
    Ainda não tinha lido esse livro, mas fiquei interessada pela trama ao ler a sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca, pois é, esse foi meu primeiro livro dele. Tenho sim curiosidade de ler os livros de mistério, porque adoro suspense. Um dia lerei com certeza :o) Beijos e espero que goste desse!

      Excluir
  3. Own *-* Mi! Não pude deixar de vir comentar!
    Esse é um dos melhores livros que eu já li!
    E como sou uma manteiga chorei muito! rs
    Eu definitivamente não sabia o que esperar de Patterson, um autor versátil que vai de suspense, thriller policial, fantasia até um romance lindo como esse, escrito em voz feminina! Me surpreendi demais! =)

    Beijo ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Mari, só de lembrar da história já me emociono.. hehe Nunca li nenhum outro livro do James, não sei como ele se sai em outros tipos de história, mas adoro autores versáteis. Beijos

      Excluir
  4. Eu já queria ler esse livro, ele esta na minha lista de livros para ler a um tempinho, e depois dessa resenha... como nao querer lê-lo?! a premissa de escrever um livro para o filho é muito legal *-*
    acho que daqui a uns bons anos começo o meu rs pelo menos quando já estiver casada ne rsrs
    Mi amei a sua resenha. foi dificil de escrever mas o resultado foi incrivel!
    instiga, mas sem contar nada! rs um dia consigo essa proeza! rsrs

    Beeijinho. Dreeh
    Livros e tudo o que há de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que fofa, obrigada, fico feliz que tenha gostado. É muito difícil realmente falar sem "falar nada". Mas é questão de exercício. Suas resenhas já são muito boas!! Espero que goste e se emocione com o livro tanto quanto eu! Beijos

      Excluir
    2. Eu sempre solto alguma coisa do livro rs mas todo cuidado para não falar nada que va impactar na leitura! ah, obrigado mi <3 eu sempre tento fazer o meu melhor.
      =D o livro já estava na minha lista, agora ele eh prioridade rsrs
      beijos

      Excluir
    3. É muito difícil escolher o que "soltar" e não "soltar" do livro, né?! Eu também solto algumas coisas em algumas resenhas, principalmente quando acho a sinopse fraca e pouco atrativa.. hehe Beijos e boa leitura.

      Excluir
  5. Também já tinha ouvido falar de James Patterson, mas nunca parei para saber dos livros deles nem sobre o gênero que ele escrevia, que eu jurava que passaria longe de um livro como esse. A história do livro é bem diferente, o que me deixou mais curiosa foi como isso termina, claro, e como é a Suzana contando sua vida para o filho, o que eu acho que não seja tão simples. Espero lê-lo em breve, vai para a minha lista :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Duda, esse livro é emocionante. Achei tão linda essa ideia do diário. É tão lindo ver o amor sincero de uma mãe pelo seu filho, a premissa da história. É um livro bem fininho e super rápido de ler. Espero que goste, depois me conte o que achou. Beijos

      Excluir
    2. SPOILER SPOILER

      Terminei hoje! Simplesmente amei. Além de todo amor de Suzana por Nicolas, a curiosidade de saber quando Matt tinha tido a coragem de trair aquela família linda, quando na verdade não era nada disso. A parte que ele conta o acidente provavelmente foi a que mais fez eu amar esse livro, não sei como é sentir a dor de perder pessoas tão amadas na vida, me considero sortuda por isso, seja amigos ou família, isso nunca aconteceu comigo. O final feliz e até clichê de Matt e Katie foi lindo. Depois do que Matt passou, não poderia ter sido mais lindo! Amei, amei, amei. Obrigada pela dica!

      Excluir
    3. Verdade Duda, concordo com tudo o que você disse! Fico feliz que tenha gostado do livro. Beijos

      Excluir
  6. Olá Mi!! Quando vi esse livro na livraria da minha cidade, fiquei curiosa e falei para minha mãe:"Vou compra-lo porque ele tem o meu nome no título, e a sinopse é interessante"...Simplesmente me apaixonei, chorei horrores, fiquei totalmente envolvida na história. É um livro especial, justamente pelo carinho passado ao longo de toda trama.

    Parabéns, sua resenha ficou ótima! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su, fico feliz que tenha gostado da resenha. Realmente, esse livro é mega especial e super tocante, né?! Impossível não chorarmos com a história e com a intensidade dos sentimentos ali presentes. Beijos

      Excluir
  7. Esse foi um dos livros que eu mais chorei na minha vida. Não tem como não se emocionar. Faz um ano mais ou menos que eu li e ele ainda está forte na minha memória. Eu simplesmente não conseguia acreditar que o Matt era má pessoa, depois que descobri o que era quero um Matt pra mim.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, confesso, fiquei desconfiando do Matt a história toda.. fiquei pensando "Gente, será que esse cara tem dupla personalidade ou algum distúrbio, por ser um marido tão bom para Suzana e por ter sido crápula ao largar a Katie do nada?".. Eu devorei o livro porque queria descobrir o mistério por trás, e meu chão abriu no final. Meudeus!! Me arrepio só de lembrar. Beijos

      Excluir
  8. Olá
    Gostei muito da sua resenha, ficou maravilhosa.
    Uma vez quase comprei esse livro, não sabe como estou arrependida de não ter feito isso agora.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seja por isso Bruna.. compre assim que possível porque você vai se envolver com a história.. impossível não amar.. hehe Beijos

      Excluir
  9. Eu li esse livro na época do lançamento e gostei muito até chorei rsrsr

    ResponderExcluir
  10. livro tem uma linda estória, que me surpreendeu bastante, pois li esse livro as cegas, sem saber realmente do que se tratava. Me emocionei bastante e ate acho que não consegui transmitir tudo que o livro nos faz sentir, esse daquele tipo de livros que você tem que ler e sentir, pois não da para colocar tudo que ele nos transmite em palavras.

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Angela, concordo com você. Esse livro é para ser sentido por cada um.. não tem como descrevê-lo.. qualquer tentativa de "explicá-lo" fará com que ele perca a sua essência. Leiam pessoal! Beijos

      Excluir
  11. Laís Souza05/07/2013 19:25

    Ai, meu Deus do Céu! Eu não sei o que faço dessa minha vida...Sabe quando você está sem livro nenhum e, de repente, eles chegam ao mesmo tempo e sua vontade é se dividir para ler todos? Prazer, essa sou eu. Nesse momento, tenho que escolher entre vários títulos que eu estava cobiçando e chegaram finalmente em minha casa. Estou completamente indecisa entre (A) A Travessia, de William P. Young (B) Questões do Coração, de Emily Giffin (C) Mini Becky Bloom, de Sophie Kinsella e (D) O Diário de Suzana para Nicolas. E nem dá para pausar a vida e ler cada um em um dia porque o sindicato dos leitores ainda não conseguiu regularizar nossa profissão e essa querida atividade continua não-remunerada. Ou seja, tem que cuidar da vida também. Pra completar, ganhei o kit de "A Pousada Rose Harbor" e ele já está viajando por aí (segundo a editora). Enfim, não sei o que faço. Adquiri o livro de James Patterson com um certo receio, sabe? Vou ser bem franca aqui e espero que isso não te decepcione: não curto muito histórias em que o marido deixa a esposa para ficar com a amante. Pronto, falei. Não estou julgando ninguém e prefiro mil vezes um divórcio a um casamento infeliz. Na verdade, em um dos meus livros favoritos, o homem se divorcia e fica com quem sempre quis de verdade. Mas, no geral, eu prefiro matrimônios restaurados na literatura. Acho bonito. Sempre torço pela esposa nesses livros com triângulos. Fiquei com medo de "O diário de Suzana para Nicolas" seguir um caminho que não me agradaria, mas a Ceile (do Este Já Li) garantiu que é uma experiência maravilhosa, que não é um livro sobre o homem escolher quem ele quer e que tudo vai se encaixar bem direitinho. Pretendo ler ele, sim. Engraçado que ela é mãe e disse que poucas obras traduzem tão bem o sentimento maternal. Isso mexeu muito comigo porque sou como você: tenho um instinto materno enorme. Pra se ter uma ideia, estava passando numa feirinha de livros e encontrei o exemplar de uma velha história que eu amava quando pequenininha. O livro saiu de circulação e nunca achei pela internet. Comprei na hora. Minha mãe ficou maluca e perguntou porque raios eu estava caçando livro infantil e trazendo para uma casa sem criança. Virou meu ritual. Quando vejo um muito, muito especial, compro e junto com a coleção da minha infância. Interessante que no meu aniversário, meus amigos se juntaram e trouxeram um livrinho também, haha. Sei que parece bobagem, mas, para mim, significa muito. E espero que signifique algo para o meu filho quando ele entender que algo foi construído especialmente pra ele antes sequer da sua vida ser gerada. Enfim, me perdi aqui. Pretendo ler esse livro em breve e espero gostar. Beeijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prazer, essa também sou eu!! kkkkk Dá uma raiva quando isso acontece.. porque não sei ler mais de um livro ao mesmo tempo e fico na vontade de ler todos.. daí começo lendo o 1º capítulo de cada um e passo para o seguinte, só para dar um "gostinho".. kkk #alouca. Quanto aos livros que você tá em dúvida, só li esse mesmo do James para opinar, os outros não conheço. Mas eu ficaria entre o do James e o da Emily, porque amo demais os livros dela. O bom é que esse do James é tão curtinho que dá para ler em poucas horas, então acho que começaria por ele.. kkkk
      Amei, amei, amei.. realmente ia ser um máximo se tivesse uma profissão para "leitora de livros". Ué, não tem uma para "testadores de jogos"? Poxa, eu podia trabalhar com isso, ah, se podia!! Ia aliar o prazer com o $$.. Nossa, que sonho!!
      Já adianto, não quero soltar spoilers, mas não se preocupe. Esse livro do James não vai enveredar para um caminho que você se decepcione, pelo contrário. Para mim foi uma das histórias de amor mais lindas que já li!! Vai sem medo!!
      Nossa, me emocionei com o que você escreveu e te entendo perfeitamente.. kkk acho que somos mais parecidas do que imaginamos, porque faz um tempo eu estive fazendo uma baita busca na internet sobre vários livros infantis que li quando criança e amei e achei vários em sebo e coloquei no carrinho.. para quem, se também não tem criança em casa? Para meu futuro filho, espero, porque tenho vontade de desde já criar a bibliotequinha dele. Que fofo! hehe Beijos e boa leitura.

      Excluir
    2. Laís Souza05/07/2013 20:41

      PERAÍ...Esse James Patterson é o de Bruxos e Bruxas?? Choquei. A premissa desse livro tinha me chamado demais a atenção, mas ele tem sido tão DETONADO por todo mundo! Acho que o pessoal esperava algo bem único como o Diário parece ser e acabou vindo a decepção. =(

      Excluir
    3. Sim, é dele mesmo.. e sim, ele está sendo muito detonado, e sim, acho que foi porque rolou comparação com outras obras do James e principalmente pela Editora ter investido pesado numa divulgação que elevou as expectativas do pessoal a estratosfera. Mas... já ouvi algumas "más" línguas dizerem que o grande problema foi a Maxine, porque Bruxos e Bruxas é escrito a 4 mãos.. já ouvi dizer que ele teria "emprestado" o nome dele para tornar o livro famoso, mas quem teria escrito seria ela. Mas sinceramente, não tenho a mínima ideia se essa especulação tem algum fundo de verdade. Talvez o pessoal esteja procurando "um culpado" ou alguma desculpa plausível pelo livro ser tão fraco. Mas o curioso é que isso me deixou com ainda mais vontade de lê-lo. Sou muito do contra.. se escuto muita crítica positiva sobre um livro, esses que estouram a boca do balão, não tenho vontade de ler.. mas se é um livro rechaçado pela maioria, fico louca querendo ler e descobrir se eles têm razão e tirar minhas próprias conclusões.. kkk Vai entender.. kkk Beijos

      Excluir
    4. Meu comentário merece uma errata, confundi o nome das autoras. A autora que escreveu junto com James o livro Bruxo e Bruxas foi a Gabrielle Charbonnet, e não a Maxine Paetro, que é sua outra parceira em outras obras.

      Excluir
    5. Quando eu vi o comentário da Laís, fiquei louca. Não faz isso!!! É uma história maravilhosa, só não pode soltar spoiler, você vai amar! Concordo com a Mirelle, você lê o livro num instante de tão pequeno que é. Depois lê Questões do Coração, ainda não li, mas sempre vejo vários elogios em relação à autora. Eu um dia desses tentei ler Bruxos e Bruxas e não consegui. Depois de ler O Diário de Suzana para Nicolas, não acreditei ser do mesmo autor, mas como foi escrito por dois autores, já me deixa doidinha pensando se foi a outro autor que deixou o livro... enfim. Leia mesmo! Super recomendo. :)

      Excluir
    6. Sério Duda, você não conseguiu? Nossa, tô tão curiosa para ler Bruxos e Bruxas de tanto que o povo fala mal que preciso tirar as minhas próprias conclusões sobre o livro. Mas é uma pena que o povo esteja estranhando tanto a escrita do James. O pessoal lá fora gostou um pouco. Disseram que é um livro bem simples e bem para adolescente, que não dá para se esperar tanto dele. Vamos ver. Beijos

      Excluir
    7. Superficial, um pouco vazio até, era o que eu ficava pensando enquanto ia lendo. Faz tempo que eu não leio um livro de fantasia, de adolescente. Mas nunca foram daquele jeito não. Mas eu pretendo ler até o final desse mês, ver se mudo de ideia.

      Excluir
    8. Hum, entendi.. esse livro realmente está dando o que falar.. cada vez mais fico curiosa.. hehe Beijos

      Excluir
  12. Sou fã de James Patterson descobri a pouco tempo e já quero comprar todos os livros do autor .. este já foi para wishlist .. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  13. Oi Mi! Foi o primeiro livro do autor que li, e amei, acho que foi até por isso que fiquei tão decepcionada com Bruxos, depois de O diário, outros livros até perdem o brilho. Uma história de amor, não um amor qualquer,mas o maior de todos, o de uma mãe. Lindo demais.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida, hum, entendi a sua decepção com Bruxos e Bruxas, provavelmente eu vá sentir o mesmo, porque depois de um livro tão intenso e profundo como esse, difícil outro do autor chegar aos pés. Mas de certa forma, os estilos literários dos livros são muito diferentes né?! É até injusto compararmos. Vou ler para ver o que acho. Beijos

      Excluir
  14. ""por que será que Matt largou Suzana e ficou com Katie?" E agora, será que ele voltou para a ex-esposa? Leiam e descubram!!"
    Ai meu Deeeeussss! Que tortura para essa pobre estudante de engenharia sem tempo que sou eu essa sua frase! HUAHUHUAHA
    Minha lista de leitura já está enorme e leio uma resenha tão bem feita de um livro que parece ser tão bom...
    Acho que acabei de acrescentar um livro na minha listinha...
    Beiijos Mi!Ótima Resenha!

    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk é triste né?? Eu entendo, nossos bolsos reclamam, mas a gente não se aguenta, ainda mais quando tem um mistério desses para desvendarmos, aliados a uma linda história de amor! Esse livro é irresistível!! hehe Espero que goste. Obrigada pelo carinho. Beijos e boa leitura.

      Excluir
    2. Realmente é muito triste, mas minha curiosidade é taaanta!
      Espero ler o livro em breve!!
      obrigada *-*
      beeijos

      Excluir
    3. Depois me conta o que achou :o) hehe Beijos

      Excluir
  15. Oi, Mi!
    Nossa, essa resenha transmite tudo que o livro é.
    Fico triste e emocionado também de lembrar dessa história, ela me tocou muito tbm. Li ele em poucas horas e quase chorei, quase. A escrita é simples mesmo, mas toca, e o final surpreende mesmo. Só de lembrar já to começando a ficar melancolico aqui rsrsrs fico feliz que vc tenha gostado tanto tbm. O James tem o dom pra escrever, isso é fato!
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que legal saber que tantas pessoas já leram o livro e gostaram tanto quanto eu! Esse é um livro que recomendo para todos, de leitura obrigatória, de tão lindo que é.. mas poxa Lucas, não escapou nenhuma lágrima do seu olho não?! hehe Beijos

      Excluir
  16. Lembrei do livro/blog Para Francisco, você já viu?! A Cris perde o esposo quando está grávida, ai ela começa a escrever cartas pro filho contando lembranças sobre o pai dele. O livro/blog é muito emocionante, muito mesmo. Depois vou da uma procurada nesse tbm ;)
    Adorei a resenha *.*
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço não Neya, fiquei curiosa. Se souber me dizer onde acho, agradeço. Beijos

      Excluir
  17. Laís Souza06/07/2013 17:57

    SPOILER, SPOILER, SPOILER
    Ok. Depois do seu argumento de que o “Diário de Suzana para Nicolas” era pequenininho e daria para ler rapidamente, decidi dar uma chance. Terminei exatamente às 2:30 cravadinhas da madrugada. Mas é que não dava para ir dormir mesmo. Esse é um daqueles livros que te amarram e te fazem querer dar um “pause” na vida para descobrir logo o final. A primeira coisa que me chamou a atenção foi a construção muito bem feita do tal diário. Gente, nas primeiras folhas o leitor já compartilha de uma ligação com a Suzana. E nem é só isso. A forma como ela consegue traduzir em palavras o sentimento pelo filho ficou muito tocante ao ponto da gente entender que o grande centro da nova vida dela é o Nicolas mesmo. O James foi muito competente em passar para nós aquela emoção gostosa do flerte, a estabilidade de um romance sólido e a forma como a maternidade se agrega a tudo isso e transforma para sempre a vida dos pais. Eu curti cada momento do Nick junto com eles e foi por isso que o final fez muito mais do que me chocar – fiquei devastada de verdade.
    Não consegui simpatizar com a Katie, mas acho que isso é até normal. Afinal de contas, a protagonista não é ela e só aceitei a personagem porque ela representava o recomeço merecido para o Matt. Achei muito doloroso o que aconteceu com esse homem e ...Meu Deus. Não dá para julgá-lo por ter tanta dificuldade para se entregar outra vez. Só não fiquei de ressaca literária porque o livro tem uma beleza excepcional. Acho que nunca vou esquecer as cinco bolas e amei a mensagem de amor, recomeço e saber desfrutar de quem está ao seu redor. Muito bacana mesmo.
    Beijos, Mi. Prometo que vou tentar me domesticar para criar respostas educadas de no máximo três linhas. Hahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nãooo, por favor, não tente ser sucinta nas suas respostas.. Tu, a Greice e a Duda me deleitam com as suas opiniões, adoroooo ler as coisas que vocês escrevem. Nossa Laís, cheguei a me arrepiar lembrando do livro e de todas as emoções que ele me causou por causa do que você escreveu. Concordo com tudo o que você disse. Você viu só que narrativa fantástica? Fico pensando em como um homem foi capaz de conseguir adentrar a alma feminina e escrever com tanta propriedade o diário de Suzana! Gente, e o que foi aquela parte do Matt escrevendo no final? O livro é simplesmente perfeito, é uma das histórias de amor mais lindas que já li, tanto de amor de marido e mulher, da Suzana e do Matt, quanto deles como pais em relação ao Nick. Também não consegui simpatizar com a Katie, mas ela foi necessária na história tanto para conhecermos a Suzana quanto para dar uma chance de recomeço ao Matt (ele merece coitado!!). Mas vai dizer, fiquei louca para saber qual era o mistério por trás de tudo. O tempo todo achei que ele era um cafajeste enganando as duas. E pensava, será que ele tinha dupla personalidade ou a Suzana era tão burra por se deixar enganar por ele? E no fim não era nada disso.. nossa, aff.. Que dó, que tristeza.. queria morrer junto.. Novamente concordo quando você diz que, apesar de ser um livro de certa forma triste, ele é sim de uma beleza excepcional. Uma grande lição de vida. Fico muito feliz que você tenha gostado tanto quanto eu!! Beijocas

      Excluir
  18. Nossa! Eu já tinha visto esse livro por ai, mas não sabia que era tão bom! =D
    Parece ser um daqueles livros pra chorar msm... Assim que é bom, rs.
    Também já ouvi muito falar do James Patterson, só que tbm não li nenhum de seus livros. Mas me parece que ele é do gênero policial.
    Awn, que lindo isso de escrever diário pro filho! *----*
    Preciso ler!
    beijos Mi.
    http://elastemalgumestilo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é realmente tocante Carol, espero que goste. Beijos

      Excluir
  19. Nossa que resenha linda Mi pelo jeito o livro é envolvente, tocante vou comprar pra ler parece um livro daqueles para sentir a cada pagina uma emoção abrasadora.

    Demorou mais ficou muito boa Parabéns.

    Beijos

    http://amantedaleiturabydrika.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Drika, fico feliz que tenha gostado. Depois que ler me conte o que achou. Beijos

      Excluir
  20. Djenifer Drzeniscki08/07/2013 15:17

    Oi Mirelle.
    Eu já li esse livro e adorei, a história é perfeita e tenho que admitir que eu chorei muito, mas acho que é quase impossível não chorar,né?
    Adorei sua resenha.
    Beijos,Djenifer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Djenifer, impossível não chorar com uma história linda dessas. Beijos e fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  21. Eu realmente quero ler esse livro, mesmo ainda não tendo tido a oportunidade!Me parece uma história que nos toca!
    Valeu a dica, Mi!
    Lerei sim!
    Beijos,
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, esse livro é divino, mexe demais com a gente. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  22. Li, sofri e me emocionei. Recomento muito. É lindo. É demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você também gostou! É realmente um livro que marca as nossas vidas. Beijos

      Excluir
  23. Simplesmente o livro mais perfeito que já li. Fiquei apaixonada pela família, e a Suzana, Ahhhh.. que mamãe maravilhosa, a própria Katie diz e eu repito: Nós poderíamos ser amigas, poderíamos mesmo.

    ResponderExcluir
  24. Mi , então descobri o seu blog e me apaixonei , maravilhosa sua resenha . Estou louca pra ler esse livro .

    ResponderExcluir
  25. Ameeeei a sua resenha moça!!
    Esse livro me fez chorar como se não houvesse amanhã, muito amor, muito intenso, muito muito, como você disse, só lendo para sentir, livro maravilhooooso!

    http://fu-xicando.blogspot.com

    ResponderExcluir