Resenha - Dizem por aí...

"O namorado de Tilly Cole acaba de se mudar do flat deles com metade de suas coisas. Sem nada para prendê-la, Tilly decide rapidamente morar mais perto de sua melhor amiga, Erin, em um vilarejo minúsculo em Cotswolds. Lá, Tilly é contratada no mesmo momento como faz-tudo em uma empresa de design de interiores. Para sua surpresa, a cidade pequena transborda escândalo, sexo, fofoqueiros e boatos, focados basicamente em Jack Lucas, o homem lindo de muita classe e melhor amigo de seu chefe. Todos falam para Tilly ignorar o encanto por Jack, que ela será apenas outra em sua cama se ela se deixar levar; mas Tilly, que trabalha ao lado de Jack, enxerga uma parte carinhosa e cuidadosa dele que não é revelada à cidade. É impossível que ele seja a mesma pessoa de quem todos falam. Ou é possível? Tilly deve separar os fatos da ficção e seguir seu instinto neste divertido romance moderno."
Tilly é uma jovem de 28 anos que mora em Londres e divide um apartamento com o namorado. Mas num belo dia, ao chegar em casa, encontra várias "peças faltando", a começar pelo tapete da frente, todas coincidentemente pertencentes a Gavin. Isso só poderia ter uma explicação, Gavin havia ido embora sem ao menos dar tchau.

O curioso é que Tilly não se sentiu arrasada nem se debulhou em lágrimas, como era de se esperar de qualquer mulher apaixonada que leva um pé na bunda. Ao contrário, Tilly decide ir até Roxborough, uma antiga e pequena cidade que fica no centro das colinas Cotswolds, visitar sua melhor amiga Erin e espairecer um pouco.

Chegando lá é convencida pela amiga a se mudar para a cidade e começar uma vida nova, já que nada mais a prendia em Londres. Rapidamente Tilly é contratada para trabalhar para a peculiar família de Max e Lou e conhece o tão famoso Jack Lucas, o solteiro mais cobiçado da cidade com a pior fama possível de conquistador e arrasador dos corações femininos alheios.

Todos na cidade alertam Tilly sobre Jack e a aconselham a não se deixar envolver pelo seu charme irresistível, mas Tilly é carne nova no pedaço e Jack não consegue conter suas investidas. Mas será que Jack enxerga Tilly apenas como mais um de seus flertes? Ou Tilly tem algo de especial que irá despertar sentimentos há muito tempo esquecidos por Jack? Leiam e descubram!!

Parece que a história do livro acaba por aí, né? Errado! Quando li a sinopse tive essa mesma impressão, achava que o enredo se resumia ao romance platônico vivido por Tilly e Jack, mas vai muito mais além. Na verdade o livro praticamente conta diversas histórias paralelas com um ponto em comum, os habitantes de Roxborough. E a meu ver são essas histórias que deixam a trama mais rica e gostosa de ler.

Portanto, não posso deixar de dar destaque aos outros personagens da história que chegam por vezes a ofuscar o casal protagonista. Simplesmente amei a família Dineen, composta por Max, sua filha de 13 anos Lou e sua ex-mulher e atriz de Hollywood, Kaye.

Max e Kaye foram casados por 10 anos e tiveram Lou, até que Kaye descobriu que Max era gay. Max não suportava mais viver numa mentira e se separou. Kaye se mudou para Los Angeles para se dedicar exclusivamente a sua carreira. Porém, por ironia do destino, Kaye se mete numa grande confusão ao atropelar o cachorro da esposa do seu Diretor e passa a ser odiada nos Estados Unidos tendo que fugir às pressas para a Inglaterra vindo a se refugiar na casa do ex-marido. Mas a vida não é sempre tão má e reserva grandes surpresas para Kaye.

Erin, melhor amiga de Tilly, havia se acostumado com a vida pacata do interior. Impedida de viver a vida dos seus sonhos por causa da doença de sua mãe, ficou em Roxborough e se tornou dona de um brechó. Pelas forças do destino Erin acaba se apaixonando perdidamente por Fergus, recém separado da famosa Assustadora Stella. Stella não admite ter sido trocada por outra e transforma a vida de Erin num inferno, mas a vida sabe nos pregar peças e irá unir as duas da pior forma possível.

Ficaram curiosos para saberem o que vai acontecer com a vida de todos eles? Então leiam!!

***

Este é o primeiro livro que leio da Jill Mansell. Cheguei nesse livro através de uma resenha feita no blog Hello Star que me deixou mega curiosa para lê-lo, afinal, adoro uma comédia romântica.

Quem me conhece sabe que não curto narrativa em terceira pessoa, mas aqui veio a calhar, porque pudemos ter uma visão completa sobre a história e sobre todos os personagens. Já esperava pelo final, mas imaginava que ele aconteceria muito antes, lá pela metade do livro, e fiquei louca porque fiquei sem saber o que aconteceu "depois". Não ia ficar triste se tivesse uma continuação.. hehe 

Achei o livro grandinho demais e acabei me enrolando na leitura, mas lá pela metade engrenou e devorei-o rapidinho. Por vezes achei um pouco cansativo e enrolado, mas me rendi à trama e criei enorme empatia e conexão com os personagens.

Impossível apontar meu personagem favorito. Torci por cada um deles e me encantei com cada uma de suas personalidades e histórias de vida. Ri de suas maluquices, sofri com seus dramas e vibrei para que tudo acabasse bem no final.

Apesar de ser um pouco clichê, no fim eu gostei dele! E muito!! E isso ficou bem claro depois que a história terminou e eu fiquei sentindo falta dos personagens. Talvez seja pela fase melosa e bobona em que eu me encontro, em que acho tudo fofo e me emociono com tudo.. kkk Enfim, uma leitura leve e divertida, perfeita para nos entreter e passar o tempo

Super Recomendo!

Dizem por aí... - Jill Mansell
Editora Novo Conceito
416 páginas
Comprar: Submarino / Saraiva
 

Gostaram da resenha? Então concorram ao livro Dizem por aí... na Promoção Top Comentarista do Mês de Junho!!

Beijos e boa sorte.

43 comentários

  1. Olá Mi, é a minha primeira vez no seu blog e gostei muito (:

    Adorei a resenha, o livro parece ser muito legal!

    http://likelivros.blogspot.com.br/

    Estou te seguindo, OK? Se possível me segue de volta porque estou na luta pelos 100 seguidores. Não leve isso como uma ordem, só me siga se você quiser, ok? ^^

    Bjão, sucesso pra você sempre, tanto no seu blog/vlog como na sua vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érick, obrigada pela visita. Fico feliz que tenha gostado da resenha. Beijos e volte sempre.

      Excluir
  2. Amei a resenha espero ganhar dessa vez.
    Fiquei muito curiosa pra ler deve ser um livro bem gostoso.

    Beijos
    http://amantedaleiturabydrika.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri, fico feliz que tenha gostado. Beijos e boa sorte.

      Excluir
  3. Tenho esse livro aqui em casa, mas ainda não li. Eu li o outro livro da autora publicado pela mesma editora e amei. O que gostei foi que ela não focou apenas no personagem principal, mas contou a história das pessoas em volta também. E já me disseram que esse é assim também.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, interessante saber que o outro (que você leu) segue a mesma linha desse.. porque gostei muito disso também, dela ter dado vez a todos os personagens e não somente aos protagonistas. Descobri que gosto desse estilo de narrativa depois que li Morte Súbita. Um livro com muitos personagens principais fica muito mais interessante e cheio de histórias do que um livro em que foca em apenas 1 ou 2 protagonistas. Beijos e espero que goste deste também.

      Excluir
  4. Laís Souza08/06/2013 14:58

    Haha, hoje eu vou tirar o meu atraso aqui. Já li uma "Proposta irrecusável" que também é dessa autora. Amei. Era o tipo de livro que você matava o final antes da metade, mas era uma narrativa tão bacana com personagens tão cativantes que acaba te ganhando. Acho que essa coisa de histórias paralelas é uma característica dela mesmo, porque nesse livro também é assim. Recomendo muito pra quem ainda não leu, até porque a protagonista é bem diferente e ao mesmo tempo parecida conosco. Posso concorrer no top comentarista mesmo sendo nova? Fiquei curiosa! Só espero que ele não tenha o mesmo final rápido desse livro que mencionei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laís, pois é, já ouvi dizer que Proposta Irrecusável segue a mesma linha de Dizem por aí... Quero muito ler porque é bem provável que goste. Em Dizem por aí... achei que o final fosse acontecer muito antes, mas a gente já prevê todos os desfechos de todos os personagens. Apesar disso é uma leitura bem gostosa. Claro que pode concorrer ao top comentarista querida. Qualquer leitor pode!! Beijocas

      Excluir
  5. Já li uma resenha desse livro e que eu lembre foi a mesma coisa: é um pouco grande, um pouco clichê, mas muito bom. Tenho tantos outros livros pra ler, que esse vai demorar um pouco, com certeza. Só sou contra clichê quando é ao extremo, é clichê, porque é o que a gente mais gosta, mas também não precisa exagerar! Gosto de narrativa tanto em primeira pessoa como em terceira, tem vezes que você sabe que se tivesse sido em primeira/terceira pessoa, não seria a mesma coisa.
    Você está lendo O Futuro de Nós Dois *-* Tenho muitas expectativas nesse livro, mas não posso ler agora :(
    Espero resenha! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Duda, eu fiquei na dúvida se estava gostando ou não quando lia justamente por causa dessas questões. Mas depois fui tão seduzida pelos personagens que meio que fechei os olhos para esses "detalhes" sabe.. o que eu mais tenho curtido no momento são as narrativas intercaladas e que misturam os tempos verbais ou que possuem diversas vozes, por ex. quando cada capítulo é narrado por um personagem diferente. Estou realmente apaixonada por esse estilo de livro.
      Aiiii Duda, sim, estou lendo O Futuro de Nós Dois e estou amando!! É incrível por o livro é tão simples, mas tem me causado uma repercussão tão grande.. me entreguei de tal forma que tô meio que repensando toda a minha vida por causa da história.. kkk Espero que essa minha opinião continue e que o final não estrague tudo. Acho que hoje acabo de ler. Em breve resenha. Beijos

      Excluir
    2. Também estou apaixonada por esse estilo de livro, quando você fica louca pra saber o que passa na cabeça do personagem, mas você não poderia saber porque o livro é em primeira pessoa, é ótimo nessas ocasiões!
      Não resisti, sempre tenho um ebook pra ler e nesse momento não tinha nenhum, veio O Futuro de Nós Dois pra preencher o espaço! Ainda estou nas primeiras páginas, mas já me cativou, espero não me decepcionar também! Beijos!

      Excluir
  6. Oi..
    Bom, a história parece ser bem legal. Mas as vezes a descrição nos mostra entusiasmo e acaba não dando muito..
    416 páginas é um pouco longuinho mesmo. As vezes acontece da gente se enrolar mesmo na leitura..rs sei como é.

    Ficou boa a resenha..
    Beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticia, pois é, não tenho nada contra livros grandes, mas quando eles realmente têm muita história para preencher cada página, o que sinceramente não achei que foi o caso deste. Talvez alguns autores tentem prolongar a trama apenas para ter um livro grande, não sei.. mas é o que parece. De qualquer forma a leitura é muito agradável e recomendo. Beijos

      Excluir
  7. Então vc saiu na economia não é?Um livro e várias histórias!!!Ele parece ser completo e se fez vc rir,sofrer e vibrar é por que realmente o livro deve ser uma maravilha.Gostei da resenha,me deixou curioza,mesmo eu já prevendo o final(rs) mas o mais interessante destes tipos de livros não é o final,que todos já sabem,mas os meios!

    eueminhacultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, você fez uma consideração perfeita que nunca tinha pensado.. nesse tipo de livro em que os finais são previsíveis, o que se torna importante é o desenvolvimento da história mesmo, do qual não me decepcionei :o) Beijos

      Excluir
  8. Tenho muita vontade de ler esse livro, muito mesmo. Você disse que é meio clichê a história, mas às vezes até que isso não é tão ruim. :D

    Você disse que o livro é meio grandinho, vc quer dizer que a história não se desenvolve bem???

    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri, não diria isso.. só acho que ele é grandinho demais.. numa dessas a autora poderia ter sido mais concisa, mais objetiva, sabe?! Tem algumas partes que achei desnecessária, mas essa é minha opinião.. hehe Beijos

      Excluir
  9. aah, ele parece ser super legal Mi!
    Comedias romanticas são leves e divertidas, otimas para passar o tempo.
    E qual o mal de ser cliche? Quase tudo que é bom acaba tendo algum rsrs

    Nunca li nada da autora, e espero ter a oportunidade de ler e me encantar como voce *-*

    Beeijinho. Dreeh
    Livros e tudo o que há de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho Dreeh.. acho que existem livros para diversas ocasiões.. livros que nos emocionam, que mudam a nossa forma de ver a vida, que nos fazem refletir, mas existem aqueles que servem para nos divertir, nos entreter, e eles não são menos importantes que os outros.. as vezes é gostoso ler um livro leve, sem grandes pretensões que com bastante clichê.. hehe Beijos e espero que goste do livro e da autora :)

      Excluir
  10. Eu ainda não li este livro, mas sempre que olho para ele imagino um filme estilo sessão da tarde. Gosto de mesclar livros mais densos com estes mais fofinhos. Bom domingo.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Cida, ótimo comparativo.. penso no livro e imagino aquele domingo à tarde chuvoso sabe, ótimo para ficar embaixo das cobertas, comendo pipoca e lendo um livro leve e divertido :o) Beijos

      Excluir
  11. Olá, Mir!

    Também achei esse livro muito engraçado! Li ele numa noite porque não conseguia dormir... toda vez que eu o largava para tentar dormir, ficava imaginando o que ia acontecer logo em seguida. -rs

    O resultado? Eu fui dormir as quatro da manhã, só depois de ter terminado a leitura. hahaha!

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag
    http://www.wordinmybag.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passei o mesmo que você Samantha. Depois que senti a leitura engrenar, não consegui largar a leitura porque também precisava saber o que ia acontecer em seguida.. e também porque me apeguei demais aos personagens.. hehe Beijos

      Excluir
  12. Oii Mi. Como imaginei é uma leitura leve e engraçada, a capa já mostra isso.
    E agora entendi o porque do título que por sinal adorei hehe.
    Também não sou fã de livros narrados em terceira pessoa mas as vezes o autor consegue nos colocar totalmente dentro da história e parece que foi assim com você. Legal de a autora não ter focado somente na personagem principal, lendo a resenha lembrei de Morte Súbita apesar de a história ser totalmente diferente.
    Enfim adorei a resenha e fiquei com vontade de ler. Vai para a lista.
    Beijos, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, lembrei exatamente de Morte Súbita enquanto lia o livro. Descobri que adoro esse tipo de narrativa que envolve diversos personagens, não somente os protagonistas. A trama fica sempre mais viva e mais completa desse jeito! Espero que goste do livro tanto quanto eu. Beijos

      Excluir
  13. Também não curto muito narrativa em terceira pessoa Mi, mas gosto da idéia de várias histórias rolando no mesmo livro, difícil não ser em terceira, sua resenha como sempre enriqueceu o livro...adorei, eu leria com certeza...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, também adoro essas propostas de livros narrados por várias vozes, vários personagens, independente do tempo verbal.. O que eu achei mais impressionante até hoje foi o Morte Súbita, que tem praticamente uns 20 protagonistas e cada capítulo conta um pouco a história de um deles. É fantástico!! Beijos

      Excluir
    2. Ai meu Deus...queria ler tudo de uma só vez...

      Excluir
    3. Sei bem como é.. hehe Beijos

      Excluir
  14. Oi Mi te indiquei em uma tag http://likelivros.blogspot.com.br/2013/06/selo-literario-este-blog-merece-um-beijo.html Lembrei de você e marquei seu blog, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érick, obrigada pela indicação. Adoro responder TAGs. Beijos

      Excluir
  15. Olá !
    o livro pareçe ser bem legal , so que é meio clichê , Mais é muito bom porque conta tudo o que está aconteçendo ao redor do personagem principal e ainda dá falas há outros personagens.. mais pareçe ser bem interessante e divertido (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula, realmente esse livro tem muito clichê, mas nem sempre o clichê é ruim, ainda mais quando é bem desenvolvido e tem um toque gostoso de humor. Espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  16. Nossa tudo indica que é um livro que você não consegue parar de ler.
    já quero comprar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leti, esse livro é muito fofo e engraçado. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  17. Adorei a resenha, o livro parece ser muito legal e ser do tipo que não consegue parar de ler!
    Só não gostei do fato de ser um livros narrados em terceira pessoa.. Mas mesmo assim fiquei com vontade de ler! Beijos (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, apesar de eu não ser fã de livros narrados em terceira pessoa, este não me incomodou, porque os diálogos suprem a necessidade e muitas vezes a gente esquece que não é narrado em primeira pessoa. Ele é muito fofo. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  18. Bem moderno este livro, adorei a resenha feita, é um dos principais livros que quero ler !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito fofo e divertido. Espero que goste. Beijos

      Excluir
  19. É sempre bom uma leitura mais leve para intercalar depois de ter lido uma coisa mais pesada. Parece ser um bom livro, leve e divertido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, acho super necessário.. A gente desopila um pouco e fica pronta para uma próxima leitura mais densa.. hehe Beijos

      Excluir
  20. Oi.
    Fui pesquisar resenhas desse livro para comprá-lo e foi aí que descobri seu blog. Parabéns pelo belíssimo trabalho que vc vem fazendo aqui.
    Fiiquei mega curiosa para ler este livro.
    Bjs ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafaela, fico feliz que tenha gostado. Beijos e volte sempre e boa leitura do livro! Espero que goste.

      Excluir