1º Capítulo - Wedding Night

"Lottie está cansada dos namorados de longa data que não querem se comprometer e se casar. Quando seu antigo namorado Ben reaparece e a lembra do pacto firmado entre ambos de que eles deveriam se casar caso ainda estivessem solteiros aos 30 anos, ela não pensa duas vezes e agarra a chance. Não haverá data marcada e nem noivado, apenas um casamento direto para o altar! Em seguida, virá a lua de mel na ilha Grega onde se conheceram. Mas nem todo mundo está entusiasmado com o casamento apressado de Lotitie e Ben, e a família e os amigos estão determinados a intervir. Será que Lottie e Ben terão uma noite de núpcias para ser lembrada ou esquecida?" (Tradução feita por mim).
Terminei de ler o primeiro capítulo do novo livro da Sophie Kinsella, Wedding Night, que foi disponibilizado no site dela (vocês podem ler aqui). O lançamento do livro está previsto para o dia 23/04 nos EUA e em outubro no Brasil, de acordo com a Editora Record.

Nunca tinha lido nada da Sophie em inglês e resolvi me arriscar. Não entendi 100% porque me falta vocabulário, mas fui capaz de entender o contexto e de rir muito. Ela na verdade disponibilizou dois capítulos do livro, mas confesso que só consegui terminar o primeiro, porque achei bem cansativo ler em inglês. Sempre tive curiosidade em saber como era de fato a escrita de Sophie e se a tradução de seus livros era fiel à sua essência, e posso dizer que são.

Pelo trecho que li em inglês pude reparar que seus livros em português são exatamente como ela escreve. Ufa, que alívio e que beleza podermos contar com boas traduções.

Quanto ao livro Wedding Night, minha nossa, como a Sophie conseguiu criar uma personagem tão maluquinha quanto à Poppy, de Fiquei com seu Número? Pois é, mas ela conseguiu, com a Lottie!! hehe

Nos primeiros capítulos somos apresentados à Lottie, uma mulher de trinta e poucos anos aficionada por casamento. Ela já teve inúmeros relacionamentos mais sérios e aprendeu que a palavra casamento pode ser mortal. Basta mencioná-la para seu  parceiro pedir um tempo.
"Um tempo de quê? Até este momento nós estávamos ótimos. Ficou óbvio que ele precisava de um tempo para evitar o risco de ouvir a palavra casamento de novo. Claramente esta era uma preocupação tão grande que ele não conseguia mais nem me olhar, com medo que minha boca começasse a formular essa palavra novamente."
Mas Lottie havia aprendido a sua lição. Com Richard, seu atual namorado, foi diferente. Em momento algum ela mencionou a palavra casamento, ou filhos, ou sofá, ou morar juntos. Ficou pacientemente esperando até o momento em que Richard a pediria em casamento. E agora ela tinha certeza, tinha chegado a hora.

Richard tinha marcado um almoço e o chamado de "almoço especial". Depois ele mencionou que queria fazer uma pergunta importante para Lottie. Além disso, ficou implicando com ela, perguntando o que ela achava do seu sobrenome, Finch. Lottie deduziu que essas seriam pistas suficientes para dizer que seu amor estava pronto para pedi-la em casamento e colocar um lindo anel em seu dedo no restaurante que eles almoçavam.

Mas será que ela estava certa?
"- Na verdade, Lottie... - Ele limpou a garganta - Eu tenho uma coisa para te perguntar.
Parecia que eu ia explodir por dentro. Meu rosto era um rito de antecipação enquanto meus pensamentos rodavam descontroladamente. Oh meu Deus, ele está fazendo isto... Minha vida inteira muda aqui... Concentre-se, Lottie, saboreie o momento... Merda! O que está acontecendo com a minha perna?"
Bem na hora H, Lottie teve um problema com uma de suas cintas-ligas que arrebentou e ela acabou colocando em pausa um momento tão precioso para correr para o banheiro tentar consertar o estrago. Minha nossa, é possível uma coisa dessas? Só Sophie para me fazer rir desse jeito lendo o capítulo. Bem coisa das personagens da Sophie mesmo.. kkkk
"Eu senti como se o tempo tivesse parado. Como se estivéssemos em um filme de ficção científica e Richard estivesse na animação suspensa e eu tivesse todo o tempo do mundo para pensar se eu quero mesmo me casar com ele. O que obviamente eu não preciso, porque a resposta é: sim."
Ohmeudeusss.. mas se não bastasse a confusão da cinta-liga, Lottie resolveu fazer uma reuniãozinha básica no banheiro com as mulheres que lá estavam. Ela estava tão eufórica com o "pedido de casamento" que contou à todas que por sua vez resolveram dar pitacos e ajudá-la a retocar a maquiagem. Uma delas até se ofereceu para filmar o momento e colocar o vídeo no youtube depois!!

Bom, não preciso nem dizer que mais confusão rolou solta. Quando Lottie voltou para mesa onde Richard a esperava pacientemente e eles retomaram o assunto, foram de imediato interrompidos pelo garçom. Será que Richard um dia conseguirá pedir a mão de Lottie em casamento?

Então Richard perguntou para Lottie se eles deviam pedir um champagne, e ela simplesmente entendeu essa pergunta como se fosse um pedido de casamento, e respondeu que sim, "de todo meu coração"! Preciso dizer que ela pirou na batatinha? Não, né? Pois é, quando o garçom se aproximou novamente e ela pediu um champagne explicando que era porque eles haviam ficado noivos, Richard quase caiu da cadeira de susto.

Lottie ficou arrasada. Ela finalmente se deu conta que Richard nunca teve a intenção de pedi-la em casamento, e ela já tinha até comprado uma aliança de noivado para ele! Então Lottie tentou dar uma virada de mesa. Ela não podia sair de lá derrotada. Já não bastava ter perdido seu namorado? Ela não daria o gostinho para ninguém ficar pisoteando em cima do seu sofrimento. Com lágrimas nos olhos e todos ao seu redor na expectativa querendo saber do pedido, ela se levantou e disse em alto e bom tom que sentia muito por magoar Richard, mas que sua resposta era "não", e depois disso Lottie nunca mais viu Richard na sua frente.

O que será da vida de Lottie dali em diante? Teremos que ler o livro todo para descobrir!

Amei demais o primeiro capítulo. Pena termos que esperar até outubro para ler o restante da história, mas pelo menos já sabemos que mais um chick-lit engraçadíssimo nos espera cheio de confusões e romance.

Wedding Nigh - Sophie Kinsella
Editora Record
    

4 comentários

  1. Mais uma resenha positiva que leio desse livro.
    Parece ser muito bom, espero poder le-lo antes do fim do ano!

    http://luadesangue1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou muito ansiosa para lê-lo. Não vejo a hora dele ser lançado. Beijos

      Excluir
  2. Laís Souza09/06/2013 21:48

    Sophie Kinsela (suspira, suspira, suspira, suspira...
    Sou meio cuidadosa com chick-lit porque ou a fórmula dá certo ou fica forçando a barra demais com situações de humor que não te conquistam. E eu fico me sentido como se estivesse assistindo "American Pie". Ainda bem que a Kinsella não decepciona. Li quase todos dela (Ó céus! o Mini Becky Bloom tá caro pra mim!), mas gosto da escrita que a mulher tem. Despojada, á vontade, com histórias bacanas e casais que convencem. Muita expectativa. E a Random House diva sorteou uns kits fofos com o livro em uma sacola de praia, junto com toalha e tudo, bem no clima da ilha! Amo a criatividade das editoras na hora de bolar esses kits. *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fala, a Sophie é uma Diva. Acho incrível como ela consegue escrever histórias deliciosamente engraçadas sem serem forçadas.. sim, também achei muito legal os kits que a Editora dela sorteou. Pena que não pudemos participar, né?! hehe Beijos

      Excluir