Resenha - Belo Desastre

"Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura."
Oi pessoal, trago pra vocês a resenha do livro Belo Desastre. Tentei diversas vezes fazer o breve relato da história, mas não consegui :o( Nunca estava bom o suficiente para mim, ou eu soltava spoilers demais e quando percebia acabava contando o livro todo.. kkkk

Então decidi deixá-los apenas com a sinopse do livro que retirei do Skoob e as impressões que tive sobre a história. E confesso que até acho melhor. Eu li o livro sem saber praticamente nada do enredo e foi muito mais interessante, porque o fator surpresa esteve presente o tempo todo.

Fazia séculos que estava para ler esse livro. Vejo todo mundo comentando, todas as meninas apaixonadas por Travis Maddox, mas acabava deixando ele de lado. Ganhei no final de 2012 da minha querida amiga Thaty Borges e, essa semana finalmente resolvi me render a maluca história de amor de Abby e Travis.

Bem, o que posso dizer? Esse foi o primeiro livro pelo qual tive um grande sentimento de amor e ódio. Nunca tive sentimentos tão contraditórios por um livro e que, pior, iam oscilando praticamente a cada capítulo.

Não é segredo pra ninguém que amooo bad boys, então claro que fiquei seduzida de cara por Travis. Mas lá pela metade da história fui ficando muito irritada com ele. Detestei o sujeito paspalho e submisso que ele acabou se tornando por causa de Abby. Ele simplesmente mudou da água para o vinho mas, não de um jeito que eu achei apropriado.

A Abby, nossa, detestei ela em quase todos os momentos do livro. Que guria irritante, meu Deus!! Que vontade que tinha de dizer umas verdades para ela e resgatar o Travis dela.. kkkkk Só fui gostar dela mais no final da história. E nunca, em mil anos, poderia ter acertado qual era o mistério que ela carregava nas costas. Achei bem original e interessante, deu uma bela apimentada no livro.. hehe

E que final foi aquele? Quase roí todas as minhas unhas. Estava apavorada pensando que a autora pudesse finalizar o enredo de uma forma que me fizesse ir a loucura.. kkkk Fiquei torcendo muito pra que tivesse uma continuação, e fiquei muito feliz em saber que o segundo livro, Walking Disaster, será lançado em abril de 2013 e contará a história de Belo Desastre na versão do próprio Travis (coisa que a Meyer deveria fazer urgente com Crepúsculo né gente.. tinha que acabar aquele livro do Edward.. aff.. hehe). A autora também confirmou que irá escrever outros dois livros sobre os irmãos de Travis, legal né?!

Seguinte, eu ter me irritado com os personagens não é um ponto negativo, pelo contrário. Por serem tão reais e tão bem construídos é que eles me causaram esse turbilhão de sentimentos.

Novamente não posso deixar de comparar Belo Desastre com a saga Crepúsculo e ao Cinquenta Tons (levando em consideração as cenas picantes que aparecem no livro). Digo "novamente" porque a maioria dos romances adolescentes que tenho lido me rementem direto ao amor vivido por Edward e Bela. Também achei o Travis uma cópia do Grey quando adolescente: brigão, bêbado, impulsivo, dominador, o que, claro, me fez gostar ainda mais dele.. kkkkk

O que não curti na história (por causa de traumas particulares meus), foi a relação possessiva-doentia entre Travis e Abby. Já fui adolescente, sei o quanto é natural nessa idade termos paixões avassaladores que beiram a doença e que nos fazem cometer loucuras. Acho que todo mundo um dia vai, ou deve passar por isso, faz parte do nosso crescimento. Mas também sei o quanto esse tipo de paixão é devastadora e pode arrasar com as nossas vidas, nos deixando marcas profundas de muita dor, e na verdade é o que acontece em boa parte do livro.

De qualquer forma, acho que a autora foi muito feliz no desfecho e apaziguou, um pouquinho, o furacão que é o relacionamento de Abby e Travis, e isso me deixou um pouco mais tranquila, com esperança de um futuro melhor pra eles, se é que haverá (torcendo pra autora lançar outros livros dando continuidade a história deles..ehehe).
 

Recomendo!! Para quem curte um romance intenso, beirando o limite da sanidade mental e, de ação, que nos faz perder o fôlego, LEIA Belo Desastre e se entregue ao charme irresistível de Travis Maddox.. kkkkk

Gostaram da resenha? Então não esqueçam de me seguir pelo GFC, assinar meu feed de notícias, curtir minha fan page no face, se inscrever no meu canal do youtube, me seguir pelo twitter e pelo skoob.

Além disso, vocês podem clicar nos botões abaixo da postagem e compartilhar ela nas redes sociais. Isso ajuda muito pessoal!! Valeu 

Belo Desastre - Jamie McGuire
Editora Verus
389 páginas 

Compre aqui: Saraiva
  

21 comentários

  1. Olá, Mi!
    Uau! Estou louca para ler este livro! Mas confesso que fiquei um tanto desanimada quando comparou à Crepúsculo. Infelizmente, eu detesto a saga de Stephenie. Bela é uma protagonista chata e Edward não é nem de longe o namorado dos sonhos. Mas enfim... Sempre tive um tombo por bad boys, por isso, me animei para essa leitura.
    Espero que goste e seja mais uma apaixonada por Travis Maddox!
    Beijos,
    Duda - http://dudaoliveira10.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Duda, mto obrigada pela visita.
      Bom, deixa tentar explicar, comparei ao Crepúsculo por causa do tipo de amor que a Bela e o Edward tem sabe.. aquela coisa de super proteção, de levar tudo ao extremo, de ser um amor extremamente apaixonado e intenso, possessivo-obsessivo. Acho que foi na saga Crepúsculo que li pela primeira vez esse tipo de amor, então tudo que é livro que leio depois e que abordam esse amor intenso não consigo deixar de comparar com o Crepúsculo.. hehe Mas fique tranquila, pq é mtooo melhor do que as chatices do Edward e da Bela, apesar de eu achar que a Abby é tão irritante qto a Bela.. kkkk
      Olha que amo Crepúsculo por diversos motivos, mas mesmo assim, tem mtas coisas nele que não curto e me irritam.. kkkk
      Mas leia Belo Desastre que com certeza vc irá curtir ;o)
      Bjss

      Excluir
  2. Aiii você já sabe a minha opinião né? Eu adorei os "altos e baixos" da relação deles, mas também achei a Abby muito cabeça dura, só achei o final "forçado".
    TODO MUNDO compara com 50 tons, eu ainda não li, mas me parece bem mais "apimentado " que Belo Desastre.
    Ah, eu sai da adolescencia não tem nem 2 anos direito e posso garantir que a possessividade doentia continua presente em minha vida HASUHAUHUSHUA
    Claro, óbvio, que não da mesma forma como Travis com Abby, eu não bateria em alguém por OLHAR pro meu namorado...(ta eu bateria sim D:) SHAUHUSHUAHUHSUAHUSA
    Adorei a resenha! No geral, me senti como você!!!
    http://minhametadeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, sim, eu sei.. kkk e foi justamente o que eu não curti, esses altos e baixos. Sério, acho que sou realmente mto traumatizada com esse tipo de relacionamento pq penei poucas e boas nas mãos de um ex-namorado enquanto estava na adolescência.. nossa relação foi evoluindo até chegar na de Travis e Abby mas de formas bem violentas e agressivas, com passagens psicóticas.. afff.. quero tudo menos isso na vida.. hoje gosto de um amor bem tranquilo. Então esse livro meio que acabou mexendo mto comigo.. hehe
      Fico feliz que tenha gostado da resenha. Valeu. Bjuss

      Excluir
  3. Esse livro me deu uma baita dor de cabeça... Abandonei-o duas vezes, mas quando peguei no tranco não larguei mais. Sou super fã dos vilões, então adorei o Travis, haha.
    Sua resenha ficou ótima, exatamente meus sentimentos quanto a leitura. Eu não vi àquela tensão sexual dos livros eróticos, não sei porque muitas pessoas o estavam tachando como tal. Enfim...

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk eu li numa sentada só pq tava curiosa para saber o que ia acontecer.. mas em vários momentos tive vontade de jogar longe por causa da raiva que sentia de Abby.. hehe talvez o livro narrado pelo Travis seja mto mais legal e não tão enjoativo como foi a narrativa de Abby. Que guria chata.. hehe
      Bom, não concordo mto com o comparativo que fizeram entre Belo Desastre e outros livros eróticos. Talvez tenham o feito em função de aparecerem cenas de sexo, como um alerta para as adolescentes, já que é um livro Jovem Adulto. Não recomendaria pra meninas de 12/15 anos, por ex. Mas me lembrou mto 50 tons mesmo, não pela questão sexual existente, mas pela relação romântica e possessiva entre eles, e tb por Travis ser mto parecido com o Grey qdo era jovem.. hehe Bjss

      Excluir
  4. Adorei a dica *-*
    Sou apaixonada por histórias assim, também acabo sempre preferindo os bad boys >.<
    Realmente também acho que devia ser lançado o livro com a versão do Edward!

    Tecido_Doce
    Sorteio
    Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor, que bom que gostou da dica ;o)
      Ai nem me fala, ela tinha que lançar sim o livro. Vc chegou a ler os capítulos vazados?? Nossa, são bons demais, a gente passa a entender um monte de coisas.. kkkk
      Bjs

      Excluir
  5. Olá, Mirelle! Tudo bem?
    Eu sou suspeita para falar desse livro, pois ele me conquistou logo nas primeiras páginas. Impossível não se apaixonar pelo personagem - suspiros - Travis! :)
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    Biih
    http://hellostar.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi florzinha, obrigada pela visita. Pois é, a autora criou um personagem cheio de charme hein.. vejo que todas as meninas caem de amor por ele.. kkkk
      Fico feliz que tenha gostado da minha resenha.
      Bjokas, Mi

      Excluir
  6. Adorei a resenha! Agora que estou com vontade de ler Belo Desastre mesmooooooooooo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, fico feliz que tenha gostado :) Então corra pra ler.. hehe e depois me conte o que achou ;o) Bjss

      Excluir
  7. Adorei a resenha! Agora que fiquei com vontade de ler Belo Desastre mesmooooo!

    ResponderExcluir
  8. Oii.
    Parece que o que mais conquista nos livros agora é o cara né. Pois é. Comprei e recebi essa semana esse livro e estou ansiosíssima pra ler. É o tipo de história que eu amo, vou devorar.
    Adorei a resenha Mi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o Travis é quem rouba a cena, até pq a Abby é uma chata de galocha.. kkkk O que salva a Abby é a amizade que ela tem com a America, que é linda. Adorei a America, uma personagem forte e ao mesmo tempo melosa, mas que faz de tudo pela a amiga. Um exemplo de amiga, queria ter uma amiga como ela.. hehe
      Que legal, leia logo e depois me fale o que achou.. hehe
      Fico feliz que tenha gostado da resenha :o)
      Bjss

      Excluir
    2. Oii Mi voltei pra dizer que devorei mesmo o livro. Quase não parei antes de terminar. Eu amei. Sim a Abby é uma patética, mas até que gostei dela no fim das contas. Me estressou o fato dos apelidos, que coisa mais melenta. Ah e o Travis, sem palavras. Que casal mais confuso e idiota também. Só faltou ela ficar grávida ainda porque o resto né.
      A America era uma fofa mesmo, adorei ela e queria muito ter alguém assim como amiga, isso é algo difícil de se conseguir hoje.

      Excluir
    3. Oi querida :o) Obrigada por voltar para dar sua opinião. Sim, tb fui gostar da Abby lá pro final. Acho que ela deixou de ser tão babaca e ficou mais legalzinha.. hehe Ah, sério? Achei tão fofo o apelido que ele deu pra ela, tão doce.. hehehe Sabe que jurei que ela fosse engravidar? kkkkkk Sim, já tava ficando louca com a relação pirada dos dois.. mas por incrível que pareça já estou louca de saudades deles, louca por uma continuação.
      Sim, a America infelizmente não existe. Nunca conheci alguém que abrisse mão de tudo por um amigo e que lhe fosse fiel sempre. Adorei a America, e me diverti mto com os surtos que ela teve naquele final sabe.. kkkk tadinha, ficou de fora.. kkkk
      Bjusss

      Excluir
  9. Nossa que bela resenha parabéns :D

    Belo Desastre está na minha lista já há um tempo não sei porque não comprei ainda .. Vou comprar em Fevereiro ler e acabar logo com minhas dúvidas beijos !

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta e segue :D )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel, obrigada pela visita. Fico feliz que tenha gostado :o)

      Então leia logo, tenho certeza de que vai gostar.

      Bjs e volte sempre.

      Excluir
  10. Taí um livro que eu NÃO tenho interesse em ler.
    Todo mundo super empolgado com ele e eu aqui sem a menor vontade. Digo mesmo e tbm não quero ler. Kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez você realmente não esteja perdendo grande coisa, apesar de que quem lê se vicia, e me incluo nessa lista.. kk Beijos

      Excluir