Entrevista - Autora Bruna Camporezi

Pessoal, estou tão feliz por ter conhecido a Bruna, mesmo que virtualmente. Ela é uma fofa, gente. Essa é apenas umas das vantagens de lermos livros nacionais, não é.. Imagina você poder se relacionar, se tornar amigo, do seu autor favorito??!! Não é o máximo? Eu tô adorando.. kkk

Bom, aproveitei para fazer uma entrevista com a Bruna para vocês poderem conhecê-la melhor, e vale a pena viu, porque amei as respostas que ela deu e me identifiquei com ela ainda mais.

Para quem não conhece a Bruna, ela é a autora do livro Os Segredos de Landara. Nesse link vocês encontram maiores informações sobre a autora, sobre o livro e os links das redes sociais dela.

Leiam!!

*** 

Legenda: MC (Mirelle Candeloro), BC (Bruna Camporezi).


MC: Quando você começou a escrever?
BC: Comecei a escrever em 2009. Sempre tive várias ideias para livros e tudo mais, então resolvi começar a escrevê-las, foi meio de repente, e quando o fiz, achei fantástico. Desde então nunca parei. E pretendo nunca parar.

MC: De onde surgiu a ideia para escrever Os Segredos de Landara?
BC: É até engraçado falar que nem eu sei direito! Tive um sonho uma vez de uma garota que tinha poderes, mas o sonho era muito confuso. Então comecei a pensar e imaginar uma estória para ela. Quando sentei para escrever, as ideias começaram a surgir e tudo fazia muito sentido. Tenho costume de escrever à noite, e me lembro de que naquele dia quase não consegui dormir, porque era só eu deitar que vinha outra ideia, então eu levantava de novo e escrevia no meu caderno de ideias, e no dia seguinte passei tudo para o computador, já criando esse novo “mundo”. Foi incrível. Os personagens nasceram e se relacionaram facilmente. Amo cada um deles. Espero que os leitores também se apaixonem.

MC: Você se inspirou em alguém em específico para criar os personagens?
BC: Na verdade, preciso confessar que usei muito de minha própria personalidade para descrever a personagem principal. Mas, depois de um tempo, ela mesma ganhou vida e agora a considero alguém diferente, alguém único. Meus outros personagens se criaram facilmente. Todos eles são muito especiais para mim, muito reais. Não me baseei em ninguém muito especifico, porém algumas falas e o jeito de alguns personagens remetem a amigos meus. É um pouco impossível não misturar isso quando escrevo. Mas acho que os leitores vão gostar bastante deles.

MC: Soube que o livro será uma trilogia. Você já está escrevendo os próximos volumes?
BC: Sim. O segundo livro já está pronto e estou escrevendo o terceiro. Já tenho toda estória em mente, aposto que vão se surpreender.

MC: Tem previsão de lançamento para os próximos volumes?
BC: Infelizmente não. Mas acredito que assim que o primeiro criar seu público, começaremos a editar o segundo.

MC: Você é uma autora muito jovem. Por causa da sua idade sofreu algum tipo de preconceito ou falta de credibilidade?
BC: Não diretamente. As pessoas em geral são muito simpáticas e carinhosas comigo, principalmente o pessoal da Editora Novo Século. Acho incrível o trabalho e a cofiança que eles oferecem a nós. Mas, é claro que essa falta de credibilidade pelos leitores às vezes ocorre. É normal, principalmente para quem é novo no mercado, como é o meu caso. Porém espero poder provar a todos que imaginação e capacidade de colocar isso no papel não tem idade. É só uma questão de amor ao que se faz. E eu amo escrever.

MC: Conte-nos um pouco sobre sua jornada para ter seu livro publicado.
BC: Nossa, e que jornada! Foi bem difícil. A maioria das editoras nem responde aos e-mails. Elas estão mais interessadas em autores estrangeiros, então foi muito complicado. Por isso falo com tanto carinho da Editora Novo Século. Eles realmente avaliam a obra e respondem com muito profissionalismo aos e-mails e formulários. Confesso que quase tive um ataque quando recebi a resposta dizendo que eles tinham gostado muito do livro e que queriam publicar. Foi um dos dias mais emocionantes da minha vida.

MC: Você já tem projetos para futuros livros?
BC: Com certeza! Tenho várias ideias. Assim que terminar de escrever o último livro da trilogia, já pretendo começar a criar essas novas estórias. Espero, com meus livros, sempre poder colocar um sorriso no rosto de alguém que não conseguiria fazê-lo pessoalmente. É o meu maior objetivo.

MC: Você tem alguma mania quando escreve (um local, uma música, uma comida, etc.)?
BC: Tenho! Preciso estar sempre com meu caderninho de ideias ao lado. Já tenho três deles! Às vezes desenho os mapas e os personagens para poder descrevê-los melhor. Principalmente no segundo livro, precisei desenhar praticamente todo o cenário! Além disso, gosto de escutar música lenta, daquelas bem calminhas, com o volume quase no mínimo. Como Enya, Ed Sheeran e as antigas da Britney Spears. E preciso escrever à noite! De preferência de madrugada! É uma paz... hahaha.

MC: Você busca inspirações onde?
BC: Por mais incrível que pareça, tenho muitas ideias quando deito para dormir. Mas também tenho inspirações em viagens e passeios. Sempre levo meu IPod para escrever nas notas as ideias que eventualmente me ocorrem. Não gosto muito de ficar andando por aí com meus caderninhos de anotações, tenho medo de perdê-los, então o IPod ajuda bastante nesse caso.

MC: Qual a parte que você mais gosta e menos gosta ao escrever um livro?
BC: Gosto muito dos diálogos. Acho que eles enriquecem por demais um livro. Também gosto de escrever cenas de romance. Elas simplesmente se escrevem sozinhas. O que eu menos gosto? Hmm... Não sei... Acho que não gosto muito de descrever construções e nem roupas. Tenho sempre que fazer muitas pesquisas e acaba sendo demorado. Mas no final vale a pena.

MC: Quais são seus autores favoritos? Por quê?
BC: Patrícia Cabot (pseudônimo de Meg Cabot). Gosto demais dela. Já li todos os livros que ela escreveu e me divirto com eles. Ela é sutilmente engraçada e muito criativa. Apesar de não ser ficção-fantasia (o que eu normalmente escrevo e gosto de ler) ela conseguiu me conquistar. Talvez por isso a considero especial.
Gosto de muitos outros, mas, minha favorita é ela. 

MC: Quais são seus livros favoritos? Por quê?
BC: Já li vários livros que foram muito especiais, que realmente marcaram bastante minha vida. Mas como mencionei a P.Cabot na pergunta anterior, vou falar dos meus favoritos dela. Que são: “A rosa do inverno” e “A dama da ilha”. São muito bons. São leituras mais adultas com estórias bem criativas.

Espero que tenham gostado!! Bjuss e até a próxima.

20 comentários

  1. Amei a entrevista, Mi! É assim que conhecemos nosso autores, né? :)

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    www.pronomeinterrogativo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, legal neh.. é tão bom conhecer um pouco mais os nossos autores favoritos neh.. hehe Bjuss

      Excluir
  2. Oi Mi, tudo bem com você? Nossa, primeira vez que visitei seu blog e já adorei demais. Parabéns pela dedicação. Adorei a entrevista, e achei super interessante o fato de que a autora se inspirou em sua própria personalidade para criar os personagens. Adoro isso. Bjs, Fê

    Conheça meu cantinho também: http://segredosemlivros.blogspot.com.br *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida, tudo bem? Obrigada pela visita. Fico feliz que tenha gostado do blog e da entrevista. Eu achei mto legal o fato da autora ter se inspirado nos sonhos dela para criar o livro. Adoraria ter essa criatividade, pq eu sonho cada coisa.. kkk
      Bjss

      Excluir
  3. Nossa...que legal! Eu adoro ler entreveistas ♥ é sempre bom saber mais da autora de nossos queridos livros né? E como a autora eu também amo a Meg ♥
    http://www.momentosassim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ellen, eu tb amo entrevistas <3 heheeh Adorei conhecer um pouco mais sobre a Bruna, ela é mto querida!! Agora não vejo a hora de ler o livro.. hehe Bjs

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar do livro dela , mas vou comprar , estou ansiosa para ler *0* Adorei a entrevista ! Beijão

    site : isastrondisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa, pois é, descobri a Bruna nos lançamentos da Novo Século para esse mês e tanto a capa qto a sinopse do livro me atraíram. Bjss

      Excluir
  5. Obrigada pela visita e pelo follow, espero que volte sempre!

    Uma ótima semana pra ti!

    Evelyn OLiveira
    /cupcakerock.blogspot.com
    @evelyncmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida, para você também!! Bjuss

      Excluir
  6. A Bruna é uma fofa, não é? u.u

    Tive contato com ela por causa do meu blog e tô super curiosa pra ler o seu livro.
    Parabens pela entrevista.

    Beijos

    Gabyh
    vidadebookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabyh, obrigada pela visita. Sim, a Bruna é uma querida, super fofa e atenciosa, adorei conhecê-la. Tb estou louca pra ler o livro :o) Bjs

      Excluir
  7. oow muito legal conhecer mais sobre essa autora.
    bjos.

    ResponderExcluir
  8. Antes já queria ler o livro, agora que sei mais sobre a autora quero mais ainda.
    Ótima entrevista. Parabéns.
    Bjs Cláudia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cláudia, obrigada pela visita. Eu li os primeiros capítulos do livro e amei. Estou mto curiosa.. hehe Que bom que gostou da entrevista. Bjão

      Excluir
  9. Antes já queria ler o livro, agora que sei mais sobre a autora quero mais ainda.
    Ótima entrevista. Parabéns.
    Bjs Cláudia.

    ResponderExcluir
  10. Muito bacana a entrevista.
    Achei a Bruna a maior fofa *o*
    Muito boa a entrevista, as perguntas tbm foram muito bem formuladas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é realmente uma super fofa. Sou super fã dela. Fico feliz que tenha curtido a entrevista. Beijão

      Excluir