Curiosidade - Orgulho e Preconceito

Olá pessoal, hoje resolvi fazer um post especial e comemorativo. Exatamente hoje faz 200 anos que o livro Orgulho e Preconceito de Jane Austen foi publicado pela primeira vez. Ele é um dos clássicos literários que não pode deixar de ser lido, principalmente para os fãs de romance. 

Mesmo depois de 200 anos, ele continua no topo da lista dos livros preferidos e exerce um grande fascínio nos leitores modernos. Prova disso são as milhares de adaptações que a obra teve, tanto nos cinemas, como nas peças de teatro, televisão, e em diversas outras obras literárias inspiradas nele e em seus riquíssimos personagens.

"Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu."
Em suma, o livro aborda "a maneira como a personagem Elizabeth Bennet lida com os problemas relacionados à educação, cultura, moral e casamento na sociedade aristocrática do início do século XIX." (Fonte)

Confesso que nesse último mês tenho ouvido falar muitooo da Jane Austen e de suas obras. Tenho amigas fãs da autora (né Ana Paula..hehe) e tenho certeza de que um dia me renderei aos romances dela. Particularmente nunca fui fã de romance de época, mas meu preconceito está indo ladeira abaixo com a ajuda de A Linhagem, da Camila Dornas.

Quem sabe esse ano ainda não consigo ler Orgulho e Preconceito? Com certeza seria um desafio para mim, mas, adoro desafios.. hehe

E vocês, já leram? Gostaram?

Seguem abaixo algumas das capas do livro, publicadas ao longo dos 200 anos. Eu já tenho minha preferida, e vocês?

10 comentários

  1. hahahah ai guriaaaaaaaa, renda-se a Jane Austen!!!!! tu so tem a ganhar!!! mas sou fanatica, tu sabe ne hahha - bjusssss!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk sei bem.. fiz esse post especialmente pensando em vc e no seu amor pelo livro.. hehe ainda vou ler, prometo!! kkk Bjs

      Excluir
  2. Awn, eu nunca li nada da Jane Austen. Porém, espero ler logo *o* Parece que não tem como se arrepender da leitura haha
    E minha capa favorita foi a última, a que é toda rosinha e tals, realmente gostei <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayara, pois é, com certeza minha amiga Ana Paula não me deixará impune. Terei que ler o livro por bem ou por mal.. kkkk fico fazendo drama mas sei que vou gostar. E sim, minha capa preferida tb foi a última, achei tão delicada <3 Não quis dizer no post pra não induzir ninguém.. kkk Bjs

      Excluir
  3. Oi ^^

    O excelente de ler livros desse gênero, é que aprendemos muito sobre outras pessoas, culturas e tempos diferentes.

    Aguardo sua visita. Estou seguindo =)

    Beijos =*

    http://www.girlsupimpa.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érika, tudo bem? Sim, concordo, através desses livros somos transportados para uma outra época. Com exceção da Jane, que viveu em 1800 e pôde retratar fielmente o cenário da obra, admiro as pessoas de hoje em dia que conseguem escrever com propriedade sobre o século XIX, sobre os costumes e culturas daquele tempo.
      Bjs e volte sempre.

      Excluir
  4. Eu gosto muito de romance de época e principalmente os da Jane Austen. Eu sou fascinada por sua escrita, acredito que ela seja muito detalhista e consegue nos mostrar muito de como era na sua época. Sabe o que eu queria? Uma edição brasileira com uma capa super linda, eu não gosto muito das que tem, ao contrário das edições em inglês.
    Beijinhos
    Segredo de um Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, concordo com vc. Acho que podiam investir numa capa super linda para as edições brasileiras, ainda mais agora, no ano comemorativo dos 200 anos. Eu particularmente não me sinto atraída pelas capas que estão circulando por aí. A que mais achei delicada e fofinha foi a última da direita, de baixo, que coloquei no post.. pq o restante.. hehe
      Estou mto curiosa para saber se ia gostar dos romances dela. Um dia terei que descobrir.. kkk
      Bjuss

      Excluir
  5. Outro clássico que eu nunca e li e não quero ler.
    Essa coisa de romance de época não é minha praia, eu sei que todo mundo que lê gosta, porém eu não tenho paciência, só gosto de coisas atuais, exceto Pollyanna que foi uma total excessão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é.. também ainda não tenho certeza de se é a minha praia, mas um dia eu tento lê-lo.. hehe Beijos

      Excluir