Top 12 - Autores que conheci em 2012

Oi pessoal, estou na onda de fazer as retrospectivas de 2012, de refletir sobre o ano que passou, as coisas que fiz, que li, etc.. Então aproveitei para fazer uma lista de 12 autores que conheci esse ano através das leituras que fiz dos livros deles.

Nessa lista não terão somente autores que gostei. Botei todos e tentei colocar numa ordem de preferência mesmo.

Para fazer essa lista me inspirei num post da Pam, do Blog Garota It que amo!!

Bom, venham comigo conhecer os autores!!
1. E.L. James
Autora da minha trilogia favorita do ano, o famoso Cinquenta Tons de Cinza. Sei que foram livros que criaram muita polêmica e muito divergência de opinião. Mas eu amei demais por diversos motivos. Primeiro por se tratar de uma fanfic do Crepúsculo. Segundo, porque foi a história de amor mais linda que já li, mais intensa e mais cheia de obstáculos. Terceiro, porque ela conseguiu criar um personagem extremamente amado pelas mulheres, seja pelo seu romantismo, ou pelo seu sadismo, ele é cativante. Bom, poderia listar infinitamente os motivos que me levaram a gostar dos livros. Um dia quero fazer um post especial sobre isso.

2. Chico Anes
Autor brasileiro do meu livro queridíssimo O sonho de Eva. Um livro cheio de mistérios, assassinatos, conspirações, com uma pitada de romance. Perfeito e na medida certa. Eletrizante do início ao fim!!

3. Josephine Angelini
Autora do livro Predestinados, que amei de paixão. Um livro que fala sobre mitologia grega de uma forma muito original. Cheio de ação e com um romance proibido maravilhoso que faz a gente se arrepiar com a intensidade e eletricidade que existe entre Helen e Lucas.

4. Jessica Brody
Autora do livro Minha vida indecisa. Um chick lit infanto-juvenil, leve, divertido, romântico com ótimas lições de morais, com uma história original e atual abordando os vícios que os jovens têm hoje em dia na internet e nos blogs.

5. Sara Gruen
Para mim, ela foi uma agradável surpresa. Não tive interesse em ler ou ver o Água para Elefantes. Mas acabei ganhando de presente da minha mãe o livro A casa dos Macados. Ele meio que ficou parado na minha estante por um século até que me rendi a ele e me apaixonei. A autora consegue relatar com uma propriedade e uma intensidade a história dos Bonobos que mexeu comigo. Fiquei grudada no livro do início ao fim, apaixonada e ao mesmo tempo revoltada com as atrocidades pelas quais os macacos acabaram passando.

6. Susane Colasanti
Autora do livro Bem mais perto. Mais um chick-lit infanto-juvenil muito divertido e maluquinho. A protagonista se muda de cidade para ir atrás de um menino por quem é apaixonada, e acaba mudando toda a sua vida para tentar ficar com ele. Mas no meio de tudo isso ela acaba percebendo que ela estava atrás de uma ilusão e começa a enxergar as coisas e pessoas que realmente importam na sua vida.

7. Jonathan Tropper
Autor do livro Tudo pode mudar. Primeiro chick-lit masculino que eu leio. Achei meio chatinho no início, tava preparada para escrever uma resenha negativa sobre ele, mas acabei me rendendo e dando boas risadas.

8. Madeleine Wickham
Para quem não sabe, esse é o verdadeiro nome da Diva Sophie Kinsella. Quem vai dormir com quem? foi o primeiro livro que li da autora, publicado com seu nome verdadeiro. Vi que ela tem vários e, provavelmente assim como Meg Cabot e Patrícia Cabot, que são a mesma pessoa, deve escrever gêneros diferentes com cada um dos seus nomes, porque confesso, esse livro que li dela em nada lembra os livros publicados como Sophie Kinsella.

9. Karyn Bosnak
Comprei o livro Qual seu número? em abril, quando voltava do RJ. A intenção era lê-lo na viagem. Já tinha ouvido falar maravilhas do livro e estava muito curiosa. Infelizmente ele está parado até hoje. Não consegui terminar de ler e não achei nenhuma graça. Em compensação, adorei o filme.

10. Siobhan Vivian
Autora de Conselho de amiga. Este livro foi uma grande decepção para mim. Achei chato e entediante. Mas o que me chamou a atenção foram as resenhas que li sobre ele depois que li e escrevi minha própria resenha. Todas as resenhas brasileiras foram unânimes ao dizer que não gostaram do livro. Já as resenhas lá de fora amaram o livro. Disseram que era delicioso e muito divertido. O que me fez pensar no seguinte: a única explicação é que a tradutora foi infeliz ao trazer para o livro brasileiro toda a essência do original. Uma pena.

11. Maria Fernanda Guerreiro
Autora brasileira do livro A filha da minha mãe e eu. Infelizmente outra decepção. Não gostei da escrita e não gostei da história.

12. Lily Blake
Autora do livro Branca de Neve e o Caçador. Para mim esse foi o pior livro que li esse ano. Já tinha detestado o filme. Tentei dar uma chance ao livro e simplesmente foi um partoooo lê-lo.

E vocês pessoal? Quais foram os autores que conheceram esse ano? Quais gostaram? Quais detestaram?? Deixem seus comentários :o)

Bjokas e ótimo final de ano.

2 comentários

  1. Susane Colasanti fez um livro bem maluquinho, eu tbm conheci a autora, só que achei o livro bem sem noção e não gostei muito.
    O resto não conheço nenhum, peninha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Eu gostei bastante, virei fã dela! Beijos

      Excluir