Resenha - Minha vida indecisa

"Por favor, por favor, leia este livro! Minha vida depende disso! Ok, talvez isso tenha soado um pouco melodramático demais, mas me desculpe: eu estou me sentindo um pouco melodramática no momento. É o seguinte... Meu nome é Brooklyn Pierce, tenho 15 anos e tenho um problema sério com “decisões”. Sério, eu não consigo nem me lembrar da última boa decisão que eu tomei na vida, mas me lembro de um monte de péssimas escolhas que eu fiz. Incluindo aquela festa que eu resolvi dar quando meus pais estavam viajando, aquela em que eu acidentalmente coloquei fogo em nossa casa. É este não foi um dia legal... Mas olha só, acabei tendo uma ideia: criei um blog. Nele, os leitores podem tomar minhas decisões por mim. Sim, é isso mesmo, eu desisti, joguei a toalha. Agora, deixo que uma outra pessoa decida que livro eu vou ler pras aulas de inglês, ou se eu devo ou não aceitar o convite para participar do grupo de debates, o convite que recebi daquele carinha bonitinho-mas-estranho que me salvou de morrer engasgada na cafeteria (nota mental: mastigar o melão antes de engolir). Eu deixo até que outra pessoa decida com quem eu devo sair! Bem, acontece que algumas coisas na vida não dependem das escolhas que você faz (ou que fazem por você), e o amor é uma delas. E agora tudo parece pior que antes... Mas você não precisa acreditar em mim. Leia o livro e decida por si mesmo. Você vai rir, chorar, gritar de agonia. Ou talvez só eu seja assim. Afinal de contas, esta é a minha vida!"
Olá pessoal, hoje vou falar sobre o livro que ganhei da minha amiga secreta Luiza Garay, Minha Vida Indecisa, de Jessica Brody. Eu conheci esse livro através do Skoob e me apaixonei pela sinopse. E meu feeling estava certo, porque não me decepcionei com a história, pelo contrário, amei de mais e o livro se tornou um dos meus queridinhos de 2012. Foi uma agradável surpresa!!

Dei uma procurada depois por outros livros da autora (que até então não conhecia), porque me apaixonei pelo estilo de escrita dela, e vi que no Brasil a Editora Novo Século só lançou o Karma Club. Vou ver se compro depois.

Minha vida indecisa
conta a história de Brooklyn Pierce, ou Brooks para os íntimos. Ela é uma típica adolescente americana, de 15 anos, que vive se metendo em confusão.

O problema é que Brooks já nasceu com o dom de transformar tudo o que toca em desastre. Ela é péssima para tomar decisões, se ela decidiu algo, espontaneamente, estejam certos de que ela decidiu errado. Coitadinha, dá até um nervoso de vê-la sempre se dando mal no decorrer da história.

Sua vida vira de ponta cabeça quando ela acaba, sem querer, colocando fogo numa casa durante uma festa e, com isso, vai presa.

Depois de ser condenada a prestar serviços comunitários num asilo, e de ficar de castigo até os 40 anos, além de perder todas as regalias de um adolescente, como computador, internet, celular e permissão para sair à noite, Brooks joga a toalha.

Ela percebe que não tem mais condições de continuar decidindo o rumo da sua vida, portanto, cria um blog e nele começa a contar toda a sua rotina e a abrir votações públicas sobre o que deve ou não fazer. Compromete-se com os leitores a fazer tudo o que for decidido por eles, doa a quem doer.

Só que ao longo da história ela vai percebendo que, por mais que os outros tenham boas intenções, não tem como você por a sua vida na mão de outras pessoas. A vida é só sua, e se vive apenas uma vez. É preferível errar e continuar errando até um dia acertar, porque os erros também fazem parte do nosso crescimento.

Você colocaria a sua vida na mão dos seus leitores?? Você abdicaria da sua vontade e do seu livre-arbítrio? E se fizesse, tem idéia do que aconteceria?? Não, pois bem, leia o livro e tenha um vislumbre das possibilidades.

O livro nos apresenta uma história leve e divertida, mas que é cheia de lições de moral que nos faz refletir sobre as nossas escolhas. Brooks não só tem que passar pelo perrengue de encarar seus pais depois da besteira que fez como reconquistar a melhor amiga que perdeu, dar o melhor de si no colégio para poder se formar e ir para uma faculdade e decidir quem é o menino que realmente mexe com seu coração.

Convenhamos, são decisões difíceis para uma menina de 15 anos tomar. Eu já tive 15 anos, lembro muito bem como foi e confesso que já fiz muita m... Por isso mesmo me identifiquei totalmente com a Brooks e com o livro. Talvez, se naquela época já existisse toda essa onda de blogs, eu tivesse feito o mesmo que ela, porque é muito mais confortável deixar que os outros decidam a sua vida por você do que arcar com as consequências das suas próprias decisões.

Fiquei um pouco temerosa pelo final do livro. A autora foi levando para um lado que estava me decepcionando, pensei, ela não pode deixar a Brooks, depois de ter passado por tudo isso, voltar para o mesmo lugar. Mas graças a Deus ela deu uma guinada no final e terminou exatamente como eu queria que terminasse.. hehe

O livro é bem fininho e rápido de ler, me prendeu do início ao fim e me fez rir muito com a Brooks, me emocionar com as experiências vividas por ela (principalmente as cenas em que ela conviveu com a Sra Moody no asilo, amei demais, tocaram meu coração) e torcer muito para que tudo desse certo ao final.

Como disse, a leitura é infanto-juvenil. Se você gosta, leia sem medo e divirta-se. Se não curte mto, leia assim mesmo porque tenho certeza de que irá se render e se apaixonar. Superrr recomendo!!!

Minha vida indecisa - Jessica Brody
Editora Novo Século
240 páginas
Comprar: Submarino / Saraiva


7 comentários

  1. Olá, Mirelle! Tudo bem?
    Não conhecia essa autora e fiquei bastante interessada pelo livro ao ler a sua resenha. A capa é muito fofa! :D
    Feliz Natal!
    Beijos!

    Biih
    http://hellostar.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Biih, obrigada pela visitinha.
      Então, tb nunca tinha ouvido falar da Jessica Brody. Conheci o livro no Skoob e meio que me apaixonei pela capa, mto fofa mesmo.. hehe E depois que li a sinopse fiquei mega curiosa. Apesar do livro tratar de alguns clichês da adolescência, ele consegue ser original no seu enredo e ainda mto atual, ao abordar do assunto blogs e a repercussão que eles podem ter na vida das pessoas.
      Espero que goste do livro. Depois que ler me fala o que achou.
      Bjokas e um abençoado natal, cheio de alegrias e livrinhos de presente.. hehhe

      Excluir
  2. Oii ! Aceita Parceria ?? Já estou seguindo segue de volta OK !! Beijinhos !! Adorei aqui !!

    http://ffashiiion.blogspot.com.br/
    Obg desde jáa ..

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler esse livro! E também não sabia que Karma Club era da mesma autora. Todo mundo fala muito bem de Karma Club, porém a capa não me agrada, por isso ainda não li (haha shame on me)
    Gostei da resenha, parabéns! Sucesso com o blog =)
    Gabriela xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, pois é, sou igual a vc. Não costumo ler livros em que a capa não me agradam, é tão engraçado. E a recíproca é verdadeira. Já cansei de comprar livros só pq amei a capa e no fim nem eram tão bons.. hehe

      Obrigada pelo carinho.
      Bjs

      Excluir
  4. A capa desse livro é muito linda, sempre quis ler, até porque parece ser leve e divertido na medida certa. A premissa da história é muito interessente e diferente de tudo o que tem aparecido.
    Depois da sua resenha então, fiquei com mais vontade de ler ainda.........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei demais. Ele é super fofo e divertido.. hehe Beijos

      Excluir