Vem aí - Quando a noite cai

E aí pessoal, adivinhem quem em breve lançará um novo livro? A Carina Rissi, autora brasileira muito querida pelos leitores. Eu fiquei simplesmente apaixonada pela capa de Quando a noite cai, que parece tão mágica! E o mais legal é que quem adquirir a obra em pré-venda, vai ganhar um exemplar autografado e ainda por cima uma máscara de dormir personalizada.

Quando a noite cai estará em todas as livrarias no dia 23 de maio.

Confiram abaixo a capa, o brinde, a sinopse e o link de pré-venda:


Compre na pré-venda aqui: Saraiva

Sinopse: "Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos... e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar..."

Resenha - Uma noite com Grace Kelly

Sinopse: "O terceiro de uma trilogia sobre a vida e os amores de Libby Lomax durante sua ascenção na sociedade, com uma ajudinha de algumas amigas muito especiais. Desta vez, Libby conta com os conselhos de magnífica Grace Kelly, atriz de Hollywood e princesa de Mônaco. Demais títulos da trilogia: A Night With Marilyn Monroe e A Night With Marilyn Monroe."
ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série. Leiam por sua conta e risco! 

Finalmente a carreira de Libby como designer de joias pareceu decolar. Depois de conseguir um financiamento polpudo por parte de Ben - que se tornou seu sócio - para investir no negócio, Lib se mudou para Notting Hill, um dos bairros mais fabulosos de Londres, para morar praticamente de graça no apartamento de Elvira - headhunter de Ben - com o intuito de abrir o seu próprio showroom.

Mas o mesmo não se pode falar de sua vida amorosa. Praticamente um ano atrás, Libby finalmente percebeu o quanto era apaixonada por Olly e que, milagrosamente, seu amor era correspondido. Entretanto, deixou a oportunidade de se declarar passar e teve que amargar ao assistir de camarote Ol pedindo Tash em namoro.

Agora, ela tenta sobreviver ao seu coração partido, enquanto se foca nos negócios. Todavia, para a sua surpresa e felicidade, seu sofá mágico Chesterfield parece ter voltado à vida, trazendo consigo como aparição da vez a glamourosa Grace Kelly.

Grace está a um dia do seu casamento. Vestida em seu suntuoso e de dar inveja, vestido de noiva, e tem certeza de que Libby se trata de seu alter ego e de que ambas estão em um sonho, muito maluco por sinal. Em meio a divagações e confissões, Libby será inspirada pela futura Princesa de Mônaco a seguir em frente e alcançar o seu felizes para sempre em seu próprio conto de fadas. Será que ela vai conseguir?

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

Vem aí - A melodia feroz

E aí pessoal, fiquem de olho nesta obra de fantasia que muito me lembrou Feita de fumaça e osso, e que tem como pano central uma disputa entre humanos e monstros. Pelo que vi da sinopse, A melodia feroz, de Victoria Schwab, aparenta igualmente trazer em seu texto reflexões e críticas a respeito da humanidade, ou da falta dela.

Victoria Schwab também é autora de A Guardiã de Histórias, que foi muito elogiado pela Glaucia aqui no Blog.

A melodia feroz tem previsão de lançamento para o dia 24 de maio e a capa foi recentemente revelada pela Editora Seguinte.

Confiram abaixo:


Compre na pré-venda aqui: Amazon

Sinopse: "Muitos humanos são monstros. E muitos monstros sabem se passar por humanos. Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver."

Resenha - Sobre a Escrita

Sinopse: "Eleito pela Time Magazine um dos 100 melhores livros de não ficção de todos os tempos e vencedor dos prêmios BRAM STOKER e LOCUS na categoria Melhor Não Ficção, Sobre a escrita — A arte em memórias é uma obra extraordinária de um dos autores mais bem-sucedidos de todos os tempos, uma verdadeira aula sobre a arte das letras. O livro também não deixa de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação. Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King. Ao mesmo tempo um álbum de memórias e uma aula apaixonante, Sobre a escrita irradia energia e emoção no assunto predileto de King: literatura. A leitura perfeita para fãs, escritores e qualquer um que goste de uma história bem-contada."
Stephen King trilhou um árduo caminho até se tornar o mestre do terror e suspense que conhecemos hoje. Tendo começado a escrever ainda criança, por incentivo de sua mãe - que o mandou criar as suas próprias histórias ao invés de copiar as dos outros -, Stevie enfrentou muitos percalços.

Por sua escrita desenfreada, em que ele considerava natural expor as piadas que os alunos faziam sobre os professores da escola, e por gostar de escrever um gênero não muito bem aceito na época, Stephen chegou a ser enviado para a diretoria para ser repreendido por seu trabalho.

Terminado o período escolar, ele ainda não era um escritor reconhecido, precisou trabalhar em uma lavanderia e como professor - após se graduar em Letras - por anos para que pudesse sustentar a casa e os filhos, com a ajuda de sua esposa Tabby, enquanto enviava seus contos para avaliação nas revistas, torcendo para conseguir publicar alguma coisa.

Foi quando ele escreveu Carrie, a Estranha, se aventurando em um universo que não lhe era comum e mergulhando em uma trama que era grande demais para ser considerada um conto - e que ele sofreu bastante para concluir -, que Stephen King finalmente alçou voos altos, construindo uma carreira de sucesso sobre a qual fala nesse livro.

Querem saber mais? Então corram para ler o livro!

Livros com desconto na Amazon!


E aí pessoal, hoje trago para vocês alguns anúncios de promoções que estão rolando na Amazon. Não percam tempo, pois a maioria termina hoje às 23h.

Livros da Intrínseca com até 70% de desconto AQUI.

Na compra de dois livros do link acima, vocês ganham um livro da coleção Como Lidar.

***

Livros com até 90% de desconto em comemoração ao Dia Mundial do Livro AQUI.

Ebook Gratuito - Excesso de Luz

E aí pessoal, hoje trago uma dica bem legal para vocês. Quem acompanha os lançamentos da Editora Intrínseca sabe que no dia 24 de abril eles irão publicar Bem vindo à vida real, de Christian McKay Heidicker.


Nele, o autor conta a história de Jaxon, um viciado em videogame que é levado para uma clínica de reabilitação. Nessa obra, Christian aborda uma temática delicada e super atual que merece ser lida por todos nós.

E para termos a oportunidade de conhecer melhor a sua escrita, a Intrínseca preparou um super presente, um ebook gratuito de um dos contos de McKay, chamado Excesso de Luz.

Confiram abaixo a capa, a sinopse o os links para fazerem o download do livro:


Baixe gratuitamente aqui: Amazon / Kobo

Sinopse: "Três crianças na faixa de 10 anos – a aventureira Jo e os gêmeos Isaac e Liza – decidem investigar uma casa misteriosa no fim da rua onde moram. Os moradores são conhecidos apenas por “sr. e sra. C.”, pois a letra é a única identificação na caixa de correio. Eles nunca foram vistos pelos outros moradores da rua. A casa tem andado estranha, está sendo revestida com materiais esquisitos, feito mantas de isolamento térmico, e olhando de fora mais parece uma embarcação pronta para zarpar pelo mar. Quando, certa noite, os três amigos tomam coragem e entram na casa, eles conhecem a sra. C. e acabam desvendando todo o mistério, mas precisarão tomar uma decisão muito, muito importante. Remetendo ao clima da série de sucesso Stranger Things, esse e-book gratuito é um presente da Intrínseca para os leitores, uma prévia da criatividade do autor de Bem-vindo à vida real, que estará nas livrarias a partir de 24 de abril."

Resenha - O Ceifador

Sinopse: "A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria… Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador — um papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a “arte” da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão — ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais —, podem colocar a própria vida em risco."
Era uma vez um mundo perfeito, em que não havia corrupção, violência, desigualdade social e agressão ao meio ambiente e no qual a morte havia sido vencida.

Agora, os humanos eram imortais e, caso falecessem, da causa que fosse, podiam ser revividos e ter a sua aparência rejuvenescida, se fosse de seu interesse. Eles também eram governados pela Nimbo-Cúmulo, uma nuvem virtual que havia adquirido consciência e, ao contrário do que todos previam, havia transformado o mundo em um lugar melhor.

O único porém é que com a imortalidade a população mundial não parava de crescer e simplesmente não havia lugar para todo mundo habitar o planeta. Por isso, a Ceifa foi criada logo após a Era da Mortalidade - como era chamada - acabar.

O trabalho dos ceifadores consistia em simplesmente coletar pessoas - ou matá-las - dependendo do ponto de vista; para manter o equilíbrio populacional da Terra. Os ceifadores eram vistos como senhores supremos e intocáveis, até pela Nimbo-Cúmulo. A maioria dos cidadãos os temia, outros os reverenciavam e os bajulavam, ansiando por receberem imunidade; os demais desejavam ser como eles.

Rowan e Citra não se encaixavam em nenhum desses perfis. Rowan era o garoto alface, aquele que não fedia e nem cheirava e que não fazia diferença alguma onde quer que fosse. Apesar de detestar sua posição, ela até que se tornava confortável por permitir que ele não se destacasse e não atraísse olhares demais para si.

Citra era uma garota exemplar, com ótimas notas e muito empenhada em tudo o que fazia. Nascida em uma pequena família que a amava muito, ela desejava um futuro glorioso para si.

Mas tudo mudou quando o destino de Rowan e de Citra cruzou com o ceifador Faraday, que decidiu treiná-los para serem um ceifador. De início, os jovens se horrorizaram com a ideia, pois nunca se imaginaram tirando vidas. Contudo, eles não podiam declinar da convocação. O máximo que podiam fazer era não darem o melhor de si, pois apenas um dos dois seria ordenado e receberia o anel de ceifador ao final.

Entretanto, Citra e Rowan não podiam imaginar que, mesmo sem querer, seriam enredados em artimanhas e intrigas políticas que poderiam custar as suas vidas e o futuro da nação.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler A MELHOR DISTOPIA DO ANO!

Dica de leitura - Melodia Mortal

Sinopse:  "Será que Mozart foi assassinado por Salieri? Tchaikovsky morreu de cólera ou envenenamento? Chopin morreu mesmo tuberculoso? E Beethoven, foi vítima do alcoolismo? A resposta, ou pelo menos algumas hipóteses plausíveis para essas perguntas, estão em Melodia mortal, estreia na ficção adulta de um dos maiores autores para o público juvenil do país. Escrito a quatro mãos por Pedro Bandeira com o médico Guido Levi, o livro examina, à luz dos conhecimentos da medicina contemporânea, os indícios possíveis sobre as mortes polêmicas de alguns grandes compositores da música clássica. E quem conduz a investigação é ninguém menos que Sherlock Holmes, auxiliado pelo seu fiel escudeiro, o doutor John H. Watson, que narra as aventuras do detetive na empreitada. Talvez não seja possível, tanto tempo depois, elucidar a causa dessas mortes que a medicina da época não foi capaz de precisar, mas a diversão é garantida neste romance cheio de teorias científicas e enigmas que formam um intricado quebra-cabeça, na tradição da melhor literatura policial."
Adicione ao Skoob AQUI.

Compre aqui: Saraiva / Amazon

E aí pessoal, hoje trago para vocês uma dica de leitura nacional perfeita para os fãs de livros policiais e investigativos. Conheçam Melodia Mortal, escrito por nada mais, nada menos, do que Pedro Bandeira, que depois de 20 milhões de obras vendidas estreia na ficção adulta em parceria com o médico Guido Carlos Levi.