Resenha - A Faca Sutil

Sinopse: "Perdida em um mundo novo, Lyra Belacqua encontra Will Parry — um fugitivo que logo se torna um aliado mais que necessário. Pois este novo mundo é povoado por Espectros sugadores de alma, e no céu as feiticeiras disputam espaço com anjos. Will procura pelo pai, um explorador desaparecido há anos, e Lyra busca a origem do Pó. No entanto, o que os dois encontram é um segredo mortal e uma arma de poder absoluto, capaz de decidir o resultado na guerra que se forma ao redor deles. O que nenhum dos dois suspeita é do quanto suas vidas, seus objetivos e seus destinos estão conectados... até que precisam se separar. A faca sutil é a viciante sequência de A bússola de ouro, um clássico da fantasia considerado pela Entertainment Weekly “o melhor livro de todos os tempos”. A fantástica aventura de Lyra continua, levando o leitor a novos mundos, rumo a uma descoberta devastadora."
Will Parry tem doze anos e está mais uma vez tentando fugir dos homens que já invadiram sua casa outras vezes. Ele não sabe o que os homens querem, só sente que deve proteger sua mãe o quanto puder. Assim, o jovem resolve deixá-la com sua antiga professora de piano para voltar em casa e pegar as cartas que seu pai enviara, o maior tesouro da mãe.

Contudo, as coisas não saem como planejado. Will precisa lutar por sua vida e, no meio da confusão, acaba matando um dos homens que o perseguia. Agora, além de ser caçado por essas pessoas, a polícia também está atrás dele. Na fuga, ele encontra uma espécie de portal, que o leva para outra dimensão, onde ele poderá se esconder e ficar seguro. Ou não.

E é nesse novo mundo, chamado de Cittàgaze que o destino dele vai se cruzar com o de Lyra Belacqua. A menina, após os acontecimentos de A Bússola de Ouro, cruzou para esse novo mundo em sua caça pela origem do . Com Will ao seu lado, Lyra resolve por seguir com sua investigação e vai parar no mundo do garoto, que é muito parecido com o dela, mas ao mesmo tempo muito diferente.

Resenha - Fera

Sinopse: "Dylan não é como a maior parte dos garotos de quinze anos. Ele é corpulento, tem quase dois metros de altura e tantos pelos no corpo que acabou ganhando o apelido de Fera na escola. Quando ele conhece Jamie, em uma sessão de terapia em grupo para adolescentes, se apaixona quase instantaneamente. Ela é linda, engraçada, inteligente e, ao contrário de todas as pessoas de sua idade, parece não se importar nem um pouco com a aparência dele. O que Dylan não sabe de início, porém, é que Jamie também não é como a maioria das garotas de quinze anos: ela é transgênera, ou seja, se identifica com o gênero feminino, mas foi designada com o sexo masculino ao nascer. Agora Dylan vai ter que decidir entre esconder seus sentimentos por medo do que os outros podem pensar, ou enfrentar seus preconceitos e seguir seu coração."
E aí pessoal, aqui é a Barb e hoje trago para vocês mais uma resenha dupla, dessa vez com o Leo, que estará representando o Blog Segredos Entre Amigas. O legal dessas resenhas é que, na parte da crítica, vocês podem encontrar a opinião de nós dois sobre o que achamos do livro. Espero que gostem!

Fera é o primeiro YA escrito pela autora Brie Spangler que traz uma releitura moderna de A Bela e Fera e aborda a importância de não julgarmos as pessoas pela aparência.

Narrado pelo ponto de vista de Dylan, um garoto de 15 anos que vive em conflito com seu próprio corpo, conhecemos a história de um garoto que possui uma aparência diferente dos demais rapazes de sua idade. Medindo quase dois metros de altura e com o corpo coberto de pelos, ele é motivo de piada na escola e coleciona muitos apelidos, sendo mais conhecido como Fera.

Resenha - Caminho das Sombras

Sinopse: "Para Durzo Blint, matar é uma arte... e ele é o artista mais talentoso da cidade. Temido por muitos, Durzo é uma lenda viva com as mãos manchadas de sangue e nenhuma culpa pelas vítimas que deixa pelo caminho. Esse mundo sombrio também não é novidade para o jovem Azoth. Sobrevivendo entre becos sujos, ele aprendeu que a esperança é uma piada. Pelas regras das guildas, crianças são agredidas e surradas todos os dias. Tentar contestar essa realidade seria um risco alto demais. Mas quando a morte se torna questão de tempo para ele e seus amigos, Azoth se vê forçado a vencer o medo e agarrar a chance de virar um derramador, um assassino. Ele precisa se tornar discípulo de Durzo Blint. Para ser aceito, o garoto abandona sua antiga vida e abraça uma nova identidade. Ao se tornar Kylar Stern, ele aprenderá a transitar no mundo dos nobres, sobreviver às magias de seus inimigos e cultivar uma amizade muito especial: a da escuridão."
Em um mundo sombrio, para sobreviver é preciso ser esperto, rápido e possuir o coração frio. Vivendo na rua entre becos imundos, Azoth está bem familiarizado com essa realidade. Ele passa por dificuldades e é maltratado por Rato, um garoto mais velho e segundo no comando de sua guilda.

Contudo, o jovem Azoth está disposto a mudar de vida, acabar com a tirania de seu opressor e libertar seus amigos, e para isso ele decide que quer se tornar aprendiz de Durzo Blint, o melhor e mais conhecido derramador que existe.

Só há um pequeno problema, Durzo não toma aprendizes, ele segue em suas missões e não possui vínculos e nem interesse em constituir um sucessor. A ideia, no entanto, parece se tornar interessante devido à insistência de Azoth, que será desafiado pelo derramador a mostrar que realmente quer se tornar como ele. O garoto só não imaginava o quão difícil seria essa tarefa, e nem as consequências que ela traria àqueles próximos a ele.

Querem saber o que acontece? Então corram para ler o livro!

Resenha - Todas as Garotas Desaparecidas

Sinopse: "Ninguém simplesmente some. Faz dez anos que Nicolette Farrell deixou Cooley Ridge, sua cidadezinha natal, depois que sua melhor amiga, Corinne, desapareceu sem deixar rastros. De volta para resolver assuntos pendentes, Nic logo se vê imersa em um drama chocante que faz o caso de Corinne ser reaberto e remexe em antigas feridas. Logo ao chegar, Nic descobre que seu namorado da época está envolvido com Annaleise Carter, a jovem vizinha que foi o álibi do grupo de suspeitos para a noite do sumiço de Corinne. E então, poucos dias após a volta de Nic, Annaleise desaparece. Agora Nic precisa desvendar o desaparecimento de sua vizinha e, no processo, vai descobrir verdades chocantes sobre seus amigos, sua família e o que realmente aconteceu com Corinne naquela noite, dez anos atrás. Todas as garotas desaparecidas é um suspense psicológico impactante — contado de trás para frente. Quando você pensa que está seguindo por um caminho conhecido, Megan Miranda — autora revelação no gênero do suspense — vira tudo de cabeça para baixo e nos faz questionar até onde estaríamos dispostos a ir para proteger aqueles que amamos.
E aí pessoal, aqui é o Leo e hoje trago para vocês mais uma resenha dupla, dessa vez com a Gláucia, que estará representando o Blog Mais que Livros. O legal dessas resenhas é que, na parte da crítica, vocês podem encontrar a opinião de nós dois sobre o que achamos do livro. Espero que gostem!

Aos 28 anos, Nicolette Farrell é uma mulher comum e até que bem resolvida. Ela está noiva de um advogado renomado, mora em um loft, tem um bom emprego como assistente social e quase não tem preocupações. Ela é o tipo de pessoa que prefere evitar qualquer tipo de conflito, tudo para ela está bom. Mas na verdade, Nic só quer viver sua vida, esquecendo feridas de seu passado.

Quando o irmão de Nic liga para ela, requisitando sua ajuda na reforma da propriedade da família, a jovem nem imagina como está prestes a ter uma reviravolta em seu caminho. A moça achou que só precisaria voltar e convencer seu pai a assinar os documentos para venda da casa, mas junto com ela, seu passado também voltou a assombrar a pequena cidade.

De volta à cidade, Nic se vê presa entre o passado e o presente, relembrando a situação que vivenciou dez anos atrás, quando sua melhor amiga, Corinne, desapareceu misteriosamente. Os principais suspeitos do crime tinham um álibi e, após algumas investigações, o caso foi encerrado. Essa é a maior dor de Nic e retornar para Cooley Ridge só piora isso.

Resenha - Confesse


Sinopse: "Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado."
Confesse inicia nos mostrando Auburn no passado, aos 15 anos em um relacionamento com seu primeiro namorado, Adam, que marcou e deu rumo aos anos seguintes de sua vida.

Adam foi o primeiro namorado e grande amor de Auburn. O relacionamento deles foi breve, porém intenso, marcado pela perda trágica da vida do garoto, que morreu aos 15 anos vítima de câncer.


"-Eu te amo tanto... - Sua voz está ofegante e cheia de medo. - Vou te amar para sempre. Mesmo quando eu não puder mais.Minhas lágrimas aumentam ao ouvir suas palavras.-E eu vou te amar para sempre. Mesmo quando eu não dever mais."Auburn e Adam."

Depois disso pulamos o presente. Auburn hoje com seus 20 anos, sendo obrigada a recomeçar do zero, incluindo uma mudança de Portland para Dallas no Texas. Trabalhando em um salão de beleza, a garota busca um outro emprego que possa complementar sua renda, para que assim possa pagar um advogado que resolva seus muitos problemas.

Resenha - A Bússola de Ouro

Sinopse: "Lyra Belacqua e seu daemon, Pantalaimon, vivem felizes e soltos entre os catedráticos da Faculdade Jordan, em Oxford. Até que rumores invadem a cidade – são boatos sobre os Papões, sequestradores de crianças que estão espalhando o medo pelo país. Quando seu melhor amigo, Roger, desaparece, Lyra entra em uma perigosa jornada para reencontrá-lo. O que ela não desconfia é que muitas outras forças influenciam seu destino e que sua aventura a levará às terras congeladas do Norte, onde feiticeiras e ursos de armadura se preparam para uma guerra. Embora tenha a ajuda do aletiômetro – um poderoso instrumento que responde a qualquer pergunta –, nada a prepara para os mistérios e a crueldade que encontra durante a viagem. E, mesmo que ainda não saiba, Lyra tem uma profecia a cumprir, e as consequências afetarão muitos mundos além do dela."
Lyra Belacqua é uma órfã de 11 anos que vive na Universidade de Oxford. Ela e seu daemon, Pantalaimon, aprontam diversas confusões por lá, o que deixa o tio da menina, o Lorde Asriel, de cabelo em pé. Mas no fundo, Lyra é uma menina corajosa e com sede de conhecimento.

A vida da garota começa a se agitar ainda mais quando ela descobre que crianças estão desaparecendo por toda a região. Ninguém sabe quando ou quem os Gobblers - nome dado aos sequestradores - vão atacar da próxima vez, tampouco qual o seu objetivo para com as vítimas. 

Quando o melhor amigo de Lyra, Roger, desaparece, ela quer sair de Oxford e ir atrás dele, mas sua vida dá mais uma guinada quando a Sra. Coulter lhe convida para ser sua assistente. A jovem se encanta com os trejeitos da Sra. Coulter e fica ainda mais animada ao saber que a mulher pretende ir para o Norte estudar o , uma substância que, como muitos acreditam, está no centro de tudo.

Resenha - Mestre das Chamas


Sinopse: "Ninguém sabe exatamente como nem onde começou. Uma pandemia global de combustão espontânea está se espalhando como rastilho de pólvora, e nenhuma pessoa está a salvo. Todos os infectados apresentam marcas pretas e douradas na pele e a qualquer momento podem irromper em chamas. Nos Estados Unidos, uma cidade após outra cai em desgraça. O país está praticamente em ruínas, as autoridades parecem tão atônitas e confusas quanto a população e nada é capaz de controlar o surto. O caos leva ao surgimento dos impiedosos esquadrões de cremação, patrulhas autodesignadas que saem às ruas e florestas para exterminar qualquer um que acreditem ser portador do vírus. Em meio a esse filme de terror, a enfermeira Harper Grayson é abandonada pelo marido quando começa a apresentar os sintomas da doença e precisa fazer de tudo para proteger a si mesma e ao filho que espera. Agora, a única pessoa que poderá salvá-la é o Bombeiro – um misterioso estranho capaz de controlar as chamas e que caminha pelas ruas de New Hampshire como um anjo da vingança. Do aclamado autor de A estrada da noite , este livro é um retrato indelével de um mundo em colapso, uma análise sobre o efeito imprevisível do medo e as escolhas desesperadas que somos capazes de fazer para sobreviver."
Draco incendia trychophyton é o seu nome, ou simplesmente Escama de Dragão, uma doença causada por um esporo que deixa manchas douradas no corpo como tatuagens, tão belas que poderiam ser considerada motivo de ostentação, se elas não causassem a combustão das pessoas infectadas.

Sem que ninguém saiba como exatamente se iniciou, a Escama de Dragão vem contaminando cada vez mais pessoas. Não há uma cura, não sabem como impedir seu avanço, e todos que a contraem estão com os dias contados, pois após um determinado período a pessoa se incendeia como uma fogueira, sendo consumida pelo próprio fogo.

Harper Grayson está entre as pessoas infectadas, após se voluntariar para ajudar a tratar os doentes no hospital de sua cidade, tendo em vista que é enfermeira, ela acabou contraindo a Escama de Dragão. Não fosse suficiente, Harper descobre que está grávida, e saber que o filho que ela sempre quis corre perigo a amedronta mais do que perder a própria vida.

Em uma encruzilhada, Harper se desespera sem saber o que fazer. Seus dias estão contados. Não existe uma cura para o esporo. Não há como garantir que seu filho sobreviverá ou se ele irá cozinhar em seu ventre quando ela entrar em combustão. E, somado a tudo isso, seu marido, que sempre fora seu porto seguro, mudou de personalidade radicalmente e também ameaça a sua vida.

Querem saber o que acontece? Então corram para ler o livro!

Resenha - Olimpíadas da Biblioteca do Sr. Lemoncello

Sinopse: "Kyle e seus amigos estão de volta, e o mundialmente famoso criador de jogos, Luigi Lemoncello, também! Desta vez, o Sr. Lemoncello convidou equipes dos quatro cantos dos Estados Unidos para competir na primeira edição das Olimpíadas da sua biblioteca. Mas algo de errado está acontecendo: alguns livros desapareceram misteriosamente das prateleiras. Enquanto participam das mais variadas provas, as crianças terão que trabalhar juntas para chegar à raiz do problema. Agora que não é mais apenas um jogo, conseguirá o Sr. Lemoncello encontrar os verdadeiros campeões da biblioteca?"
Após ter vencido o jogo Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello, o time Kyle está colhendo os louros de seu feito. Os cinco amigos estrelam os comerciais de todos os novos jogos do inventor e estão cada vez mais famosos.

Porém, as crianças do restante do país não estão nada satisfeitas com isso. A internet não perdoa e todos dizem que seriam capazes de derrotar Kyle e seus amigos em um piscar de olhos, desmerecendo a vitória da equipe no jogo que os deu o estrelato.

Gostando da repercussão e sempre adorando uma boa disputa, o Sr. Lemoncello decide fazer as Olimpíadas da Biblioteca do Sr. Lemoncello, convidando equipes de cada canto do país para disputar o título de campeões com a equipe da casa. Só que essa nova atividade vai envolver muito mais sobre livros do que sobre jogos, o que deixa Kyle assustado. 

Aos poucos, as equipes vão se reunindo em Alexandriaville e a competição finalmente se inicia. A maior rival do time Kyle é a brilhante prodígio Marjory Muldauer, uma rata de biblioteca que conhece o sistema Dewey de trás pra frente.

Agora, será que Kyle, Sierra, Miguel e Akimi irão conseguir manter seu título e sair dessa disputa sem serem humilhados? Unidos, eles passarão por diversas provações, ainda mais quando um mistério aparece em suas mãos em plena competição.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!