Resenha - Quando o amor bater à sua porta

Resenha - Quando o amor bater à sua porta
Sinopse: "Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu. Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso. Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade. O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja. Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer. A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego."
Malu Rocha era uma escritora de sucesso, nacionalmente conhecida pelas suas histórias de amor, cheias de finais felizes. O problema é que ela sabia que príncipes encantados só existiam na ficção, e estava saturada de enganar as suas leitoras que seguiam suspirando, ansiando por um amor verdadeiro.

Após ser questionada por uma jornalista, em uma entrevista, acerca do que era o amor, decidiu que o desfecho de sua nova obra, que ainda estava sendo escrita, seria muito diferente e mais condizente com a realidade. Malu queria dar um basta nos clichês românticos e concluiu que sua protagonista devia ficar sozinha, afinal, ela se bastava, pois o mais importante não era ter um namorado, mas sim, se sentir realizada e plena. Bem, isso era o que Malu pensava, mas seu editor não concordou e exigiu que ela reescrevesse o livro, para a sua total indignação.

Se isso não fosse o suficiente para tirar Malu do prumo, o destino ainda lhe aprontou uma pegadinha. Certo dia, um homem - lindo, diga-se de passagem - bateu à sua porta, dizendo ter sofrido um acidente de carro e ter perdido a memória. A única pista que ele tinha sobre si mesmo era um papel onde dizia que ele tinha uma reunião com Malu.

Assim, Luiz Otávio, depositou na garota todas as esperanças para retomar a sua vida. Mas mal sabiam os dois que as descobertas que fariam nessa jornada iniciada os transformariam por completo.

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

Vem aí - Bela chama

Para aqueles leitores que são apaixonados pelos marrentos irmãos Maddox, trago novidades para vocês, Bela chama, o quarto volume da série, já está em pré-venda e será lançado no dia 17/10/2016.

Confiram abaixo os detalhes da capa, a sinopse e os links de compra:


Sinopse: "Ellison Edson chegou ao fundo do poço. Na casa de férias de sua família no Colorado, o comportamento de Ellie finalmente chama a atenção de seus pais, mas não da maneira que ela esperava. Por causa disso, ela é afastada da fortuna da família e obrigada a se virar sozinha. Mas o redemoinho em que Ellie se encontra fica fora de controle, e ela comete um erro grave, que não vai ser capaz de reparar. Assim como Taylor, seu irmão gêmeo, Tyler Maddox é membro da Equipe Alpina de Bombeiros de Elite, combatendo incêndios florestais na linha de frente. Tão arrogante quanto charmoso, o estilo de vida nômade de Tyler torna mais fácil restringir seus relacionamentos a uma única noite. Quando ele conhece Ellie em uma festa durante a baixa temporada de incêndios, a personalidade forte e a atitude indiferente da garota o deixam fascinado. Mas, conforme seus sentimentos começam a se tornar intensos, Tyler se dá conta de que os demônios interiores da mulher que ele ama podem ser o inimigo mais poderoso que qualquer Maddox já enfrentou. Em Bela chama, você vai acompanhar a história quente e chocante de Tyler, o gêmeo Maddox que faltava na sua coleção dos irmãos mais irresistíveis da literatura new adult. E vai entender por que um Maddox é capaz de tirar a mulher amada do fundo do poço e levá-la às alturas."

Compre aqui na pré-venda: Saraiva / Amazon

Resenha - Tá todo mundo mal

Sinopse: "Do alto de seus 25 anos, Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout, já passou por todo tipo de crise. De achar que seus peitos eram pequenos demais a não saber que carreira seguir. Em Tá todo mundo mal, ela reuniu as suas “melhores” angústias em textos tão divertidos e inspirados quanto os vídeos de seu canal no YouTube, “Jout Jout, Prazer”. Família, aparência, inseguranças, relacionamentos amorosos, trabalho, onde morar e o que fazer com os sushis que sobraram no prato são algumas das questões que ela levanta. Além de nos identificarmos, Jout Jout sabe como nos fazer sentir melhor, pois nada como ouvir sobre crises alheias para aliviar as nossas próprias!"
Com a febre dos livros de YouTubers, o mercado editorial está aproveitando para lançar um atrás do outro. Quando vi que a Companhia das Letras publicaria o livro da Jout Jout, fiquei bem intrigado a respeito. Confesso que não acompanho o canal dela, até hoje só assisti a uns três ou quatro vídeos, e pouco tempo atrás eu nem sabia quem era essa moça.

Porém, lendo a sinopse de Tá todo mundo mal, a curiosidade logo me bateu. O pouco que conheço do canal da Jout Jout já me fez gostar bastante dela, principalmente porque Jout Jout tem a habilidade de misturar assuntos sérios com coisas rotineiras da sua vida, fazendo com que o espectador se divirta e se conscientize ao mesmo tempo, o que não acontece com grande parte dos canais do YouTube afora.

Nessa obra, Jout Jout vai falar sobre crises. Quem nunca teve uma crise quando a insegurança bateu ou o papel higiênico acabou no banheiro? Pois é, eu mesmo tenho várias, quase que diariamente. Sabem quando a nossa vida parece fugir do nosso controle e passamos a enxergar só o lado ruim, tendo a certeza de que tudo vai terminar em desastre? Se sim, vocês, Jout Jout e eu temos muito em comum.

Uma das coisas das quais mais gostei nessa leitura foi a escrita da autora, que é super leve e descontraída. Assim como em seus vídeos, ela fala o que vem na cabeça e trata de temas tabu - como o tal coletor menstrual - com uma irreverência e graça que só ela tem. Jout Jout nos mostra que não nada demais em falar sobre assuntos que fazem parte do nosso cotidiano e que muitas vezes nos faz sentir desconfortáveis. Não precisamos nos sentir ridículos, muito menos devemos deixar que a sociedade oprima as nossas opiniões.

"O que é noção de ridículo? Eu nunca soube. Quem define esses ridículo? Como os seres humanos todos podem ter a mesma noção do que é ridículo e do que não é? Ninguém pode definir o que é fútil para mim, ninguém decide o que posso ou não fazer. Afinal é o meu corpo. Assim como eu decido se vou cortar ou não o cabelo da minha Barbie. Não importa, de verdade, se a minha prima acha que é uma má ideia. A boneca é minha, o corpo é meu, eu decido."

Confesso que me identifiquei demais com algumas situações vividas por Jout Jout no decorrer de sua trajetória, a citar a escolha de que graduação fazer e as complicações do primeiro amor. Tenho um lado meio dramático e me senti tão feliz em ver que eu não era o único que fazia tempestade em copo d'água por questões que na visão dos outros não eram relevantes, enquanto que para mim não era nem um pouco simples. Aliás, nem para mim e nem para a Jout Jout. Então aceitem isso. Obrigado, de nada!

Dica de filme - Tô Ryca!

Sinopse: "Selminha é uma frentista que tem a chance de deixar pra trás seus dias na pobreza. Um dia, ela recebe a notícia de que um tio que ela nem sabia existir lhe deixou de herança uma grande fortuna. Mas para ganhá-la, ela precisa cumprir um desafio: gastar R$ 30 milhões em 30 dias, sem acumular nada Se conseguir, ela finalmente será a herdeira de 300 milhões. Mesmo com a ajuda de sua melhor amiga, Luane, Selminha vai descobrir que gastar essa fortuna em tão pouco tempo não é tarefa fácil. Até que ela encontra uma ótima solução: gastar tudo numa campanha milionária para se tornar a primeira “prefeita do povo” do Rio de Janeiro, enfrentando nas urnas o almofadinha Falácio Fausto."
Direção: Pedro Antônio.

Elenco: Samantha Schmutz, Katiuscia Canoro, Marcos Majella, Marcelo Adnet e Fabiana Karla.

E aí pessoal, hoje trago para vocês uma dica de comédia nacional que está nos cinemas de todo país e que os fará rir e pensar ao mesmo tempo. Conheçam Tô Ryca!

Apesar de aparentar ser um pouco clichê, trazendo em seu contexto uma jovem pobre que acaba herdando uma fortuna inimaginável, o longa trabalha em seu roteiro elementos diferentes e interessantes, a começar pelo desafio proposto à protagonista para colocar as mãos na grana.

Além disso, também retrata a situação lastimável na qual o Brasil se encontra, levantando a bandeira de que precisamos fazer algo se quisermos mudar a nossa condição de vida, principalmente a da maioria dos brasileiros que sua a camisa diariamente e não enxerga um tostão no final do mês.

Confiram o trailer e já garantam os seus ingressos.

TRAILER


Resenha - George

Sinopse: "Um livro emocionante sobre a importância de ser quem realmente é. O primeiro livro juvenil com um personagem trans no Brasil. Seja quem você é. Quando as pessoas olham para George, acham que veem um menino. Mas ela sabe que não é um menino. Sabe que é menina. George acha que terá que guardar esse segredo para sempre: ser uma menina presa em um corpo de menino. Até que sua professora anuncia que a turma irá encenar “A teia de Charlotte”, e George quer muito ser Charlotte, a aranha e protagonista da peça. Mas a professora diz que ela nem pode tentar o papel porque... é um menino. Com a ajuda de Kelly, sua melhor amiga, George elabora um plano. E depois que executá-lo todos saberão que ela pode ser Charlotte — e entenderão quem ela é de verdade também."
George é uma menina. Sim, ela nasceu em um corpo masculino e vive nele desde então, com as pessoas sempre lhe dizendo o que ela deve ou não fazer por fisicamente aparentar ser um menino. Só que George não gosta de nada disso. Ela tem uma bolsa onde guarda revistas adolescentes, que adora folhear e ver dicas de roupas e maquiagem, e esse é seu segredo e ninguém pode saber.

Na escola, George está no quarto ano e certo dia a professora leu para a turma A Menina e o Porquinho. A garota se identificou demais com a aranha Charlotte e não conseguiu evitar de se emocionar no final da história, quando o inseto morreu e se despediu do porquinho Wilbur. Ninguém mais chorou, só ela, o que fez com que fosse zoada pelos colegas, que não sabem que ela é diferente.

Os alunos do quarto ano vão encenar a peça A Menina e o Porquinho e George quer muito ser Charlotte. Ela sabe todas as falas da personagem e ensaiou muito com sua melhor amiga, Kelly, para conseguir o papel. Mas a professora disse que ela não pode ser Charlotte, mesmo que tenha atuado melhor do que todos, porque é um menino.

Desolada, George não sabe muito bem como lidar com a situação. Aos dez anos, é um tanto complicado entender a frustração. Tudo fica pior ainda quando Kelly consegue o papel que George tanto desejava, enquanto ela própria precisará ficar de fora, ajudando na produção do espetáculo. Vendo a tristeza de George, Kelly resolve armar um plano com a amiga para que ela possa ser Charlotte na encenação e talvez assim fazer o mundo - ou pelo menos a mãe e as pessoas da escola - perceber o seu verdadeiro eu. Mas será que vai dar certo?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Vem aí - Filme Animais Noturnos, baseado no livro Tony & Susan

E aí pessoal, hoje trago para vocês uma dica de filme perfeita para quem curte thrillers violentos. Conheçam Animais Noturnos, adaptação cinematográfica do livro Tony & Susan, de Austin Wright, lançado pela Intrínseca em 2011, que deve chegar aos cinemas brasileiros em novembro deste ano.

Contando com um elenco de peso, pelo trailer percebi que o que não faltará são fortes emoções, intrigas e segredos revelados.

Sou fã inveterada de Amy Adams desde que ela fez Encantada. Me apaixonei pela beleza da atriz, pela sua delicadeza e seu carisma e, depois de assisti-la em outros longas, pela sua versatilidade. E o que falar de Jake Gyllenhaal? Apesar de ter começado como apenas um rostinho bonito em Hollywood, fazendo papeis bem medianos, ele me conquistou de vez com O Abutre, e agora tenho gosto de prestigiar todas as suas atuações.

TRAILER TEASER



Para comemorar o lançamento da película, a Editora Intrínseca irá publicar uma nova edição de Tony & Susan que deve estar disponível à venda a partir do dia 21 de outubro de 2016.

Enquanto isso, confiram a capa e a sinopse do livro, bem como fiquem de olho em seus links de venda:

Vem aí - Filme Animais Noturnos, baseado no livro Tony & Susan
Sinopse: "Há vinte e cinco anos, Susan Morrow deixou Edward Sheffield, seu primeiro marido. Certo dia, em sua nova casa, no subúrbio, onde mora com o segundo marido e os três filhos, ela recebe, pelo correio, um embrulho que contém o manuscrito do primeiro romance de Edward. Ele lhe pede que leia seu livro: Susan sempre foi sua melhor crítica, justifica. Ao iniciar a leitura, Susan é arrastada para dentro da vida do personagem Tony Hastings, um professor de matemática que leva a família de carro para a casa de veraneio no Maine. Quando a vida comum e civilizada dos Hastings é desviada de seu curso de forma violenta e desastrosa, Susan se vê às voltas com seu passado, obrigada a encarar a própria escuridão e a dar um nome para o medo que corrói seu futuro e que vai mudar sua vida. Publicada pela primeira vez em 1993, esta obra de Austin Wright teve nova edição, dezessete anos depois de seu lançamento, por se tratar, segundo seus editores americanos, da "mais impressionante obra de arte da ficção americana desde Revolutionary Road, de Richard Yeats", publicado no Brasil como Foi apenas um sonho."

Compre aqui: Saraiva / Amazon 

Vem aí - Box de Os Instrumentos Mortais com capas novas

E aí pessoal, olhem só que novidade bacana está vindo por aí: A Editora Galera Record está relançando a série de Os Instrumentos Mortais, de Cassandra Clare, em uma edição de luxo

Este box é perfeito tanto para os fãs, que adoram ter diversas versões de suas obras favoritas na estante, quanto para aqueles que nunca leram TMI e sempre tiveram vontade de se jogar nesse universo de fantasia.

O box edição de luxo será lançado no dia 24/10/2016. Confiram as capas abaixo e os links de pré-venda:


Compre na pré-venda aqui: Amazon / Saraiva

Neste box de luxo, a série completa de fantasia urbana Os Instrumentos Mortais ganha novas capas e novo conteúdo. Além do acabamento diferenciado com capas metalizadas, cada um dos títulos apresenta um conteúdo extra. São cenas deletadas, cenas estendidas, mapas, cartas e até um HQ, tudo para o universo dos Caçadores de Sombras ficar ainda mais interessante. Além disso, as lombadas dos livros formam, juntas, uma bela imagem com os personagens da trama. 

Imperdível, né?

Semana Jojo Moyes - Dica de leitura - Nada mais a perder - Dia 5

Semana Jojo Moyes - Dica de leitura - Nada mais a perder - Dia 5
Sinopse: "Na juventude, Henri Lachapelle foi um cavaleiro de raro talento, entre os poucos admitidos na academia de elite do hipismo francês, o Le Cadre Noir. Contudo, reviravoltas da vida o levaram da França a Londres, onde ele agora vive em um simples conjunto habitacional. Sem nunca abandonar o amor pela antiga carreira, aos trancos e barrancos Henri ensina a neta, Sarah, a montar o cavalo Boo, na esperança de que o talento da dupla seja o passaporte para uma vida melhor e mais digna para todos. Mas um grande golpe muda mais uma vez os planos de Henri Lachapelle, e Sarah se vê entregue à própria sorte, lutando para, além de sobreviver, cuidar de Boo e manter os treinamentos. Natasha é uma advogada especializada em representar crianças e adolescentes envolvidos com crimes ou em situação de risco. Abalada emocionalmente e em dúvidas quanto a seu futuro profissional depois de um caso terrível, Natasha ainda tem de lidar com as feridas do fim de seu casamento. Um fim, diga-se de passagem, bem inusitado, já que ela se vê forçada a morar com o charmoso futuro ex-marido enquanto esperam a venda da casa da família. Quando Sarah cruza o caminho de Natasha, a advogada vê na menina a oportunidade de colocar a vida de volta nos trilhos e decide abrigar a adolescente sob o próprio teto. O que ela não sabe é que Sarah guarda um grande segredo que lhes trará sérias consequências."
Adicione ao Skoob AQUI.

Compre aqui: Saraiva / Amazon

E aí pessoal, hoje encerramos a nossa Semana tão especial. Para fechar com chave de ouro, trago uma super dica de leitura para vocês, amantes de Jojo, ou leitores curiosos que estão doidos para conhecer uma de suas histórias. Lançado originalmente em 2009, na Inglaterra, está chegando hoje, nos mercados brasileiros, Nada mais a perder, trazido pela Editora Intrínseca, com essa belíssima capa que super combina com as outras publicações da autora.

Pelo que pude perceber ao ler a sinopse, esta trama aparenta ser forte e delicada, contendo algum tipo de segredo. Novamente teremos mais de uma protagonista em que os destinos se cruzam. Já estou louca para saber o que vai acontecer e como tudo vai terminar.

Leiam um trecho de Nada mais a perder para já irem entrando no clima: