Livros com desconto na Amazon!


E aí pessoal, hoje trago para vocês alguns anúncios de promoções que estão rolando na Amazon. Não percam tempo, pois a maioria termina hoje às 23h.

Livros da Intrínseca com até 70% de desconto AQUI.

Na compra de dois livros do link acima, vocês ganham um livro da coleção Como Lidar.

***

Livros com até 90% de desconto em comemoração ao Dia Mundial do Livro AQUI.

Ebook Gratuito - Excesso de Luz

E aí pessoal, hoje trago uma dica bem legal para vocês. Quem acompanha os lançamentos da Editora Intrínseca sabe que no dia 24 de abril eles irão publicar Bem vindo à vida real, de Christian McKay Heidicker.


Nele, o autor conta a história de Jaxon, um viciado em videogame que é levado para uma clínica de reabilitação. Nessa obra, Christian aborda uma temática delicada e super atual que merece ser lida por todos nós.

E para termos a oportunidade de conhecer melhor a sua escrita, a Intrínseca preparou um super presente, um ebook gratuito de um dos contos de McKay, chamado Excesso de Luz.

Confiram abaixo a capa, a sinopse o os links para fazerem o download do livro:


Baixe gratuitamente aqui: Amazon / Kobo

Sinopse: "Três crianças na faixa de 10 anos – a aventureira Jo e os gêmeos Isaac e Liza – decidem investigar uma casa misteriosa no fim da rua onde moram. Os moradores são conhecidos apenas por “sr. e sra. C.”, pois a letra é a única identificação na caixa de correio. Eles nunca foram vistos pelos outros moradores da rua. A casa tem andado estranha, está sendo revestida com materiais esquisitos, feito mantas de isolamento térmico, e olhando de fora mais parece uma embarcação pronta para zarpar pelo mar. Quando, certa noite, os três amigos tomam coragem e entram na casa, eles conhecem a sra. C. e acabam desvendando todo o mistério, mas precisarão tomar uma decisão muito, muito importante. Remetendo ao clima da série de sucesso Stranger Things, esse e-book gratuito é um presente da Intrínseca para os leitores, uma prévia da criatividade do autor de Bem-vindo à vida real, que estará nas livrarias a partir de 24 de abril."

Resenha - O Ceifador

Sinopse: "A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria… Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador — um papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a “arte” da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão — ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais —, podem colocar a própria vida em risco."
Era uma vez um mundo perfeito, em que não havia corrupção, violência, desigualdade social e agressão ao meio ambiente e no qual a morte havia sido vencida.

Agora, os humanos eram imortais e, caso falecessem, da causa que fosse, podiam ser revividos e ter a sua aparência rejuvenescida, se fosse de seu interesse. Eles também eram governados pela Nimbo-Cúmulo, uma nuvem virtual que havia adquirido consciência e, ao contrário do que todos previam, havia transformado o mundo em um lugar melhor.

O único porém é que com a imortalidade a população mundial não parava de crescer e simplesmente não havia lugar para todo mundo habitar o planeta. Por isso, a Ceifa foi criada logo após a Era da Mortalidade - como era chamada - acabar.

O trabalho dos ceifadores consistia em simplesmente coletar pessoas - ou matá-las - dependendo do ponto de vista; para manter o equilíbrio populacional da Terra. Os ceifadores eram vistos como senhores supremos e intocáveis, até pela Nimbo-Cúmulo. A maioria dos cidadãos os temia, outros os reverenciavam e os bajulavam, ansiando por receberem imunidade; os demais desejavam ser como eles.

Rowan e Citra não se encaixavam em nenhum desses perfis. Rowan era o garoto alface, aquele que não fedia e nem cheirava e que não fazia diferença alguma onde quer que fosse. Apesar de detestar sua posição, ela até que se tornava confortável por permitir que ele não se destacasse e não atraísse olhares demais para si.

Citra era uma garota exemplar, com ótimas notas e muito empenhada em tudo o que fazia. Nascida em uma pequena família que a amava muito, ela desejava um futuro glorioso para si.

Mas tudo mudou quando o destino de Rowan e de Citra cruzou com o ceifador Faraday, que decidiu treiná-los para serem um ceifador. De início, os jovens se horrorizaram com a ideia, pois nunca se imaginaram tirando vidas. Contudo, eles não podiam declinar da convocação. O máximo que podiam fazer era não darem o melhor de si, pois apenas um dos dois seria ordenado e receberia o anel de ceifador ao final.

Entretanto, Citra e Rowan não podiam imaginar que, mesmo sem querer, seriam enredados em artimanhas e intrigas políticas que poderiam custar as suas vidas e o futuro da nação.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler A MELHOR DISTOPIA DO ANO!

Dica de leitura - Melodia Mortal

Sinopse:  "Será que Mozart foi assassinado por Salieri? Tchaikovsky morreu de cólera ou envenenamento? Chopin morreu mesmo tuberculoso? E Beethoven, foi vítima do alcoolismo? A resposta, ou pelo menos algumas hipóteses plausíveis para essas perguntas, estão em Melodia mortal, estreia na ficção adulta de um dos maiores autores para o público juvenil do país. Escrito a quatro mãos por Pedro Bandeira com o médico Guido Levi, o livro examina, à luz dos conhecimentos da medicina contemporânea, os indícios possíveis sobre as mortes polêmicas de alguns grandes compositores da música clássica. E quem conduz a investigação é ninguém menos que Sherlock Holmes, auxiliado pelo seu fiel escudeiro, o doutor John H. Watson, que narra as aventuras do detetive na empreitada. Talvez não seja possível, tanto tempo depois, elucidar a causa dessas mortes que a medicina da época não foi capaz de precisar, mas a diversão é garantida neste romance cheio de teorias científicas e enigmas que formam um intricado quebra-cabeça, na tradição da melhor literatura policial."
Adicione ao Skoob AQUI.

Compre aqui: Saraiva / Amazon

E aí pessoal, hoje trago para vocês uma dica de leitura nacional perfeita para os fãs de livros policiais e investigativos. Conheçam Melodia Mortal, escrito por nada mais, nada menos, do que Pedro Bandeira, que depois de 20 milhões de obras vendidas estreia na ficção adulta em parceria com o médico Guido Carlos Levi.

Resenha - Para Continuar

Sinopse: "Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa de um coração defeituoso. Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade. A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento. O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram."
Cardiomiopatia dilatada idiopática, essa é a doença com a qual Leonardo precisa conviver pelo resto da vida, a menos que consiga um novo coração. Devido à enfermidade, ele não pode assimilar grandes esforços, e a chegada de Ayako em sua vida não parece cooperar nada para isso.

Conquistado pela delicadeza, simplicidade e beleza da garota desde a primeira vez que se viram, Leonardo não faz ideia do segredo que ela esconde, sendo responsável por ajudar o avô a proteger o porão de sua loja de luminárias, onde milhares de lanternas orientais pairam e guardam um grande mistério.

Leonardo também desconhece o perigo que Ho representa. Tendo sido criado pelo avô de Ayako como um filho, o jovem chinês se apaixonou pela garota, e poderá colocar em risco não só o futuro de Leonardo e Ayako, como também a vida dos dois.

Querem saber mais? Então corram para ler o livro!


Por que eu sumi?

Oi gente, quem é leitor e frequentador assíduo daqui do Blog deve ter reparado que fiquei vários dias sem publicar um post, e que não estou conseguindo trazer conteúdo todos os dias para vocês.

Por mais que a minha vida seja atribulada e eu tenha que me dividir entre vários empregos, tarefas e cuidados com a Úrsula, sempre me virei, com a ajuda dos meus fiéis escudeiros, Leo e Laplace.

Ocorre que faz mais de duas semanas que eu e a Úrsula estamos gripadas, e ao invés de melhorar, pioramos.


Na madrugada de segunda para terça corri com ela para o hospital, pois ela berrava muito de dor, e descobrimos que o tímpano dela estava quase rompendo, ou seja, além de todo quadro gripal, ela também estava com uma otite aguda, e claro que isso me desmontou.

Para piorar, na quinta ela acordou com placas de dermatite pelo corpo todo, pois reagiu ao antibiótico.

Não tem sido fácil por aqui e quem é mãe sabe como a gente fica maluca com filho doente. Então, não posso prometer para vocês assiduidade até tudo se resolver por aqui, que eu espero que seja logo.

Peço a compreensão de todos, votos de melhoras, e por favor, não nos abandonem :) hehe

Beijão e FELIZ PÁSCOA <3

Resenha - Sangue dos Deuses

Sinopse: "O sangue de Júlio César acaba de ser derramado sobre os degraus de Roma. Seus assassinos, autointulados Liberatores, são liderados por Marco Brutus — amigo próximo e antigo aliado de César. Por meio de artimanhas e por se julgarem responsáveis por livrar Roma do tirano imperador, estão confiantes de que serão aclamados no Senado. Porém ignoram a ameaça que Otaviano, filho adotivo de César, representa. O jovem, então, decide se unir ao cônsul Marco Antônio para garantir que o nome do pai seja devidamente vingado."
ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série. Leiam por sua conta e risco!
 
Júlio César está morto! Sem perder tempo, os Liberatores mostraram ao povo que foram os responsáveis pelo assassinato do pai de Roma, aquele que parecia intocado, colocando o fim em um governo tirano e restituindo a República.

O que eles não contavam era que Marco Antônio, antigo aliado e amigo de César, se voltaria contra o Senado e criaria uma guerra civil fazendo com que os órfãos do Grande Júlio buscassem vingança, virando o jogo mais uma vez.

Longe de todo esse tumulto, Augusto, o filho adotivo de César, recebe a notícia do assassinato de seu pai e parte para Roma buscando herdar o que é seu por direito e para declarar guerra contra todos os Liberatores.

Querem saber mais? Então corram para ler o livro!