Dica de leitura - Five Nights at Freddy's: Olhos Prateados

Sinopse: "No popular videogame criado por Scott Cawthon, o jogador assume o papel de um segurança contratado para tomar conta de uma pizzaria durante a noite, enquanto os animatrônicos perambulam e ganham ímpeto violento. Mas o mistério por trás dessas criaturas e dos assassinatos que ocorreram ali nunca foi desvendado... até agora. Olhos prateados extrapola o universo que conquistou fãs no mundo todo e traz à tona os medos mais obscuros que só brinquedos sinistros são capazes de provocar. O primeiro livro da trilogia Five Nights at Freddy's leva o leitor ao mundo de Charlie, uma adolescente que volta para sua cidade natal quando é convidada para participar de uma homenagem a um de seus amigos de infância, morto dez anos atrás, em circunstâncias misteriosas, dentro da pizzaria do pai dela. Tomados pela nostalgia e determinados a desvendar o crime jamais solucionado, Charlie e seus amigos acabam voltando à pizzaria, agora totalmente abandonada. Eles logo vão descobrir que as coisas lá dentro não são mais as mesmas. Os quatro animatrônicos mudaram. Os bonecos que antes encantavam as crianças agora guardam um segredo sombrio... e um plano mortal."
Adicione ao Skoob AQUI.

Compre aqui: Saraiva / Amazon

E aí pessoal, aproveitando que estou num clima bem dark nas minhas últimas leituras, decidi trazer a dica de Olhos Prateados, de Scott Cawthon e Kira Breed-Wrisley, que promete deixá-los com os cabelos da nuca em pé.

Resenha - Nimona

Sinopse: "A graphic novel protagonizada pela anti-heroína mais surpreendente, kick-ass e fora dos padrões que você vai conhecer. Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão. Até conhecer Nimona, Ballister fazia planos que jamais davam certo. Felizmente, a garota tem muitas sugestões para reverter esse quadro. Infelizmente, a maioria envolve explosões, sangue e mortes. Agora, Coração-Negro não só tem que enfrentar seu arqui-inimigo e ex-amigo, o célebre e heroico Sir Ambrosius Ouropelvis, mas também impedir que a fiel comparsa destrua todo o reino ao tentar ajudá-lo. Uma história subversiva e irreverente que mistura magia, ciência, ação e muito humor sobre camadas e mais camadas de reflexão; entre uma batalha e outra, é claro."
Lorde Ballister Coração-Negro é o maior vilão que você respeita. Antigamente, ele treinava para ser um herói, até ser sabotado por seu ex-melhor amigo e agora arqui-inimigo Sir Ambrosius Ouropelvis. Carregando um braço mecânico e uma bagagem repleta de ódio, Coração-Negro deseja derrubar a Instituição que tanto lhe prejudicou.

Contudo, os planos de Ballister não são conhecidos por sua eficácia. Isso até Nimona aparecer. A menina caiu de paraquedas na vida do vilão, determinada a tornar-se sua assistente. Com suas habilidades de metamorfa, Nimona quer ajudar Coração Negro a conquistar a cidade, mas seus planos envolvem muito sangue e destruição, coisas que o vilão tenta evitar.

A verdade é que Coração Negro não deseja ser rei ou destruir tudo. Ele quer apenas ser retratado pela injustiça que sofreu. Mas Nimona tem outra visão de como as coisas devem ser e vai envolvendo Ballister nos planos mais mirabolantes para mostrar seu poder àqueles que o menosprezaram. Só que, aos poucos, Ballister percebe que os poderes de sua pupila são imprevisíveis e que o mundo pode não estar preparado para lidar com uma vilã como ela.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Resenha - Quem era ela

Sinopse: "Tudo que é seu hoje, um dia já foi dela. Ela era como você. E, ao tentar fugir, você fará as mesmas escolhas e seguirá pelo mesmo caminho. É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Mas há um preço a se pagar para viver no lugar perfeito. Mesmo em condições tão peculiares, a casa atrai inúmeros interessados, entre eles Jane, uma mulher que, depois de uma terrível perda, busca um ponto de recomeço. Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, mas pouco depois de se mudar descobre a morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador. Enquanto tenta descobrir quem era aquela mulher que habitou o mesmo espaço que o seu, Jane vê sua vida se entrelaçar à da outra garota e sente que precisa se apressar para descobrir a verdade ou corre o risco de ter o mesmo destino. Com um suspense de tirar o fôlego e um clima de tensão do início ao fim, JP Delaney constrói um thriller brilhante repleto de reviravoltas até a última página. Uma história de duplicidade, morte e mentiras. O livro teve os direitos de publicação vendidos para mais de trinta e cinco países e sai no Brasil pouco mais de um mês depois de seu lançamento nos Estados Unidos. Com direitos já adquiridos para o cinema, Quem era ela está atualmente em fase de filmagens, dirigidas pelo vencedor do Oscar Ron Howard."
ANTES - Emma havia sido assaltada. Dois delinquentes encapuzados invadiram o seu apartamento enquanto seu namorado, Simon, não estava. Traumatizada até a raiz do cabelo, Emma só queria saber de se mudar, mas nenhum apartamento que visitavam lhe conferia a segurança que a jovem buscava. Até conhecerem a casa na Folgate Street nº 1.

Projetada por Edward Munkford, um renomado arquiteto, mundialmente premiado e conhecido por suas construções minimalistas, a residência não tinha nada de trivial, a começar por sua estrutura, que mais parecia um bunker e se destacava das demais, provocando os moradores locais.

Além disso, a moradia era um tanto quanto inteligente, possibilitando ao inquilino controlá-la por meio de aplicativos instalados no celular, lhe garantido um maior conforto e pessoalidade.

Mas para usufruir de tais peculiaridades havia um custo, e não estou falando de dinheiro, mas de sacrifícios pessoais. Para começo de conversa, o candidato a morador deveria preencher um enorme questionário e, se aprovado, seria pessoalmente entrevistado pelo construtor. Ao chegar na última etapa, deveria assinar um contrato composto de inúmeras cláusulas e proibições que seriam capazes de mudar o estilo de vida de qualquer um.

O que ninguém imaginava é que tal casa se tornaria o cenário de tantas mortes que marcariam e entrelaçariam a vida de tanta gente.

AGORA - Jane perdeu sua bebê. Após 9 meses de gravidez, Isabel nasceu morta. Sentindo-se completamente perdida na vida, sem ninguém com quem dividir a sua dor, Jane largou o emprego e decidiu se mudar, mas com o alto preço dos aluguéis, o único local que encontrou e que cabia em seu orçamento ficava na Folgate Street nº 1.

Desde que fora entrevistada por Edward, Jane se sentiu fisgada por aquele homem rígido e poderoso, e o interesse mostrou-se mútuo quando Monkford a procurou. Mas ele não era nada parecido com nenhum homem que Jane já havia conhecido. Edward era controlador e perfeccionista, e deixou claro que não queria se comprometer em nenhum relacionamento.

Aceitando as imposições do amante, as visitas de Edward à casa passaram a ser mais frequentes, e quanto mais Jane convivia com ele, mais se assustava com seu comportamento frio e distante. Quando soube que Emma havia namorado Monkford e tinha morrido de maneira misteriosa ao pé da escada, Jane decidiu investigar por conta própria o ocorrido na tentativa de desvendar o culpado, pois tinha receio de estar dormindo com o assassino. Será que Jane corre perigo? 
 
Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

Resenha - A Sala dos Répteis

Sinopse: "Lemony Snicket é um autor que não pode ser acusado de falta de franqueza. Sabe que nem todo mundo suporta as tristezas que ele conta e por isso - para que depois ninguém reclame - faz questão de avisar: "Se você esperava encontrar uma história tranqüila e alegre, lamento dizer que escolheu o livro errado. A história pode parecer animadora no início, quando os meninos Baudelaire passam o tempo em companhia de alguns répteis interessantes e de um tio alto-astral, mas não se deixem enganar...".Os Baudelaire têm mesmo uma incrível má sorte, mas pode-se afirmar que a vida deles seria bem mais fácil se não tivessem de enfrentar o tempo todo as armadilhas de seu arquiinimigo: o conde Olaf, um homem revoltante, gosmento e pérfido. Em Mau começo ele deu uma pequena amostra do que é capaz de fazer para infernizar a vida de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire - e aqui as coisas só pioram."
ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers do livro anterior da série. Leiam por sua conta e risco!

Após Violet quase ser forçada a se casar com o Conde Olaf, que queria a todo custo tomar para si a fortuna dos Baudeleire, os irmãos se viram mais uma vez sozinhos, depois que ele fugiu para não ser preso por seus crimes. Após isso, os órfãos foram para o interior, onde foram apresentados ao seu novo tutor, seu tio Montgomery Montgomery.

O Dr. Montgomery é um conhecido herpetologista e dedica a sua vida ao estudo das cobras. Ele viaja por todo o mundo em busca de novas espécies e sua mais recente descoberta, a Víbora Incrivelmente Mortífera, uma serpente extremamente dócil, vai torná-lo um profissional ainda mais respeitado.

A vida dos Baudeleire com o seu novo responsável não poderia ser melhor. Eles ajudam o tio em suas funções e estão com uma viagem para o Peru marcada para os próximos dias, para acompanhar o doutor em mais uma expedição. Violet, Klaus e Sunny adoram aprender sobre os ofídios e pela primeira vez, desde a morte dos pais, se sentem felizes.

Contudo, é claro que essa alegria não vai durar muito tempo. O Conde Olaf ainda não desistiu de seu plano de arrancar a fortuna dos irmãos e irá atrapalhar a vida deles mais uma vez. Disfarçado como Stefano, o novo assistente do Dr. Montgomery, Olaf não medirá esforços para desgraçar a vida dos Baudeleire novamente. Mas será que dessa vez eles conseguirão escapar?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Dica de leitura - Irmãos de sangue

Sinopse: "A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca. Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra. Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa, Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade. Em Irmãos de sangue , Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal."
Adicione ao Skoob AQUI.

Compre aqui: Saraiva / Amazon

E aí pessoal, hoje trago para vocês uma super dica de leitura para os fãs de Nora Roberts e para quem gosta de livros sobrenaturais e com uma pegada maligna. Conheçam Irmãos de sangue, o primeiro volume da trilogia A Sina dos Sete, que foi trazida ao Brasil pela Editora Arqueiro

Assim que eu li a sinopse me apaixonei. Sim, eu amo histórias macabras e que envolvam pactos e nossa, o fato de termos protagonistas crianças deve deixar tudo ainda mais tenso e mal posso esperar para ler esta obra.